Mousse de pêssego

017b

Receita delícia hoje no blog! Uma ideia muuuuuito rápida e fácil de sobremesa para fazer e impressionar: mousse de pêssego. Fica aerada e macia como mousse mesmo, nem parece sem lactose. E é bem simples de preparar, você não vai perder tempo e pode fazer num dia em que as visitas apareceram de surpresa ou quando estiver sem tempo de preparar algo muito elaborado.

Ingredientes016b

½ lata de leite condensado de soja

1 caixinha de creme de leite de soja

2 caixas gelatinas de pêssego

1 lata de pêssego em calda

Modo de fazer

No liquidificador bata os pêssegos em calda (sem a calda), o leite condensado de soja e o creme de leite de soja. Adicione ao liquidificador as gelatinas de pêssego (preparadas com metade da água) e o caldo da lata de pêssego em calda. Coloque essa mistura em um refratário e leve para gelar até que fique consistente (cerca de 8 h). Decore com os pêssegos em calda.

Fácil demais, né? Vale a pena experimentar essa delícia, que tem tudo a ver com o verão!

Beijos, Letícia e Regina

Clube do zero

mian pic

Hoje viemos com uma dica bem bacana aos intolerantes ou a quem se interessa por uma alimentação diferenciada: o Clube do Zero. É um sistema muito bacana, e até então só conhecia empresas que faziam na área de beleza, alimentação comum ou light, mas nada especializado para o público com intolerâncias alimentares ou até mesmo diabéticos. O Clube do Zero é um sistema de assinatura mensal (como se fosse assinatura de revista mesmo) para009b quem possui algum tipo de restrição alimentar. Então todo mês você vai receber na sua casa (ou no endereço que você desejar) uma caixinha recheada de produtos. Agora pensa se não é a coisa mais linda você receber, no conforto do seu lar, uma caixa cheia de comida? É o paraíso!!! hahaha

O Clube do Zero trás cinco opções de assinaturas: zero açúcar, zero glúten, zero lactose, zero glúten & zero lactose, mix do zero (sem açúcar, glúten e lactose). Tem para todos os gostos, não é? A minha caixinha é a zero glúten & zero lactose. Eu a assino há alguns meses (acho que desde julho) e até hoje não me decepcionei com nenhuma. Mesmo sendo intolerante ao ovo, consigo consumir quase tudo da caixa, às vezes um ou dois produtos contêm ovo, mas em geral eu posso experimentar tudinho, adoro! 043bO que mais gosto é que através do Clube do Zero acabo conhecendo diversos produtos novos e bacanas para intolerantes, todo mês tem novidade, foi justamente por esse motivo que resolvi assinar, estava em busca de alimentos diferentes e gostosos.

Eu conheci o Clube do Zero na internet, fiz uma pesquisa e vi um alto grau de satisfação dos clientes, então resolvi assinar. Nunca tive problemas, minhas caixas sempre chegam antes do prazo que eles me passam, todo mês me enviam código de rastreio para acompanhar a entrega e sempre me respondem aos e-mails com rapidez e atenção.012b Além disso, todo mês você tem a opção de responder à pesquisa de opinião; respondendo-a, você ganha mais um produto extra na caixinha do mês seguinte.

Outra ideia muito legal deles foi colocar na tampa de cada caixa uma tabela nutricional de todos os produtos de modo comparativo, assim você pode observar todos os detalhes nutricionais dos produtos.

015b

Em novembro tivemos uma caixinha especial, em comemoração ao final de ano, ela veio extremamente recheada, cheíssima da produtos, bom demais!!!

Estou adorando o Clube do Zero, por isso resolvi fazer esse post para compartilhar com vocês, afinal é uma forma bem interessante de conhecermos marcas e produtos voltados para a nossa intolerância alimentar.

A assinatura de qualquer uma das caixas sai por R$59,90 mensais, que podem ser debitados no cartão de crédito ou pagamento feito via boleto bancário. Você pode pausar ou cancelar sua assinatura a qualquer momento sem problema algum, sem multa ou cobrança. Todas as informações podem ser obtidas no site do Clube do Zero: http://www.clubedozero.com.br ou pelo e-mail contato@clubedozero.com.br 🙂

Legal, não é mesmo? Estou bastante satisfeita com a minha assinatura, todo mês fico aguardando ansiosamente minha caixinha chegar.

Beijos, Letícia e Regina

*Este post NÃO é um publieditorial, não estou recebendo nada por esse post, eu mesma assino e pago pelas caixas, apenas estou compartilhando com vocês pois estou muito feliz com a assinatura e achei super bacana essa novidade.

Pão de forma (sem glúten, sem leite, sem ovo, vegano)

012bMais uma receitinha de pão sem glúten, sem leite e sem ovo (pãozinho vegano, oba) no blog. Esse, diferente do anterior (receita aqui), é um pouco mais tranquilo de fazer, a massa não é tão sensível. Ele tem alguns diferenciais, você vai ter de preparar uma farinha especial para essa receita, mas é bem tranquila de fazer, com ingredientes básicos. Fica parecendo mesmo um pão de forma, desses comuns que a gente compra no supermercado, nem parece sem glúten. Além disso, fica muito fofinho ainda nos dias seguintes, não precisa esquentar, bom demais. Ah, pode congelar, depois de descongelado é bom mantê-lo em geladeira (apesar de assim acabar dando uma ressecadinha no pão, basta colocar alguns segundos no micro-ondas ou na sanduicheira que ele volta a ficar bem macio).

Antes de iniciar, você deve fazer uma farinha preparada para pão, que nada mais é que a junção de várias farinhas específicas, confiram:

Ingredientes da farinha preparada para pão

2 xícaras de farinha de arroz011b

1 xícara de fécula de batata

1 xícara de creme de arroz

2 colheres (sopa) de goma xantana

Ingredientes do pão

1 ½ xícara de água

1 envelope de fermento de pão

3 colheres (sopa) de açúcar

1 ½ xícara de farinha preparada para pão

1 ¼ xícara de farinha de arroz (pode ser farinha de arroz integral)

½ xícara de óleo

½ colher (chá) de sal

½ colher (chá) de melhorador de farinha

Modo de fazer

Unte uma fôrma 22 X 11 cm e a polvilhe com farinha de arroz. Em uma tigela, inicialmente coloque apenas ½ xícara da água morna, o fermento, o açúcar e 2 colheres (sopa) da farinha preparada para pão. Misture e deixe crescer por 15 minutos até formar uma “esponja”. Coloque o restante da farinha preparada, a farinha de arroz, o restante da água, o óleo, o sal e o melhorador de farinha. Bata até obter uma massa cremosa e grossa. Transfira para a forma de pão e deixe crescer novamente por 15 minutos. Preaqueça o forno a 200o por 10 minutos e asse por 50 minutos ou até dourar.

Prontinho, só isso. Mais simples, não é mesmo? E fica uma delícia! Se fizerem, contem o que acharam. Não fizemos vídeo dessa receita, mas se vocês acharem necessário e que irá ajudar, escrevam nos comentários que nós gravaremos para vocês.

Beijos, Letícia e Regina

Cuca de goiaba vegana sem glúten

052b

A melhor cuca do mundo é vegana, sem glúten, sem lactose e sem ovo!!! 🙂 Pessoal, essa cuca de goiaba é uma delícia, pensa numa cuca macia e molhadinha, ninguém diz que é sem glúten. Nossa melhor invenção nesse mundo intolerante. Se fosse para eleger um bolo, seria com certeza essa cuca, estou para achar (mesmo com glúten) outra mais fofinha. Nós fizemos de goiaba, mas você pode mudar o sabor e fazer o da sua preferência. Confiram como é simples a receita.

Ingredientes massa

2 xícaras de açúcar

3 “ovos” de linhaça (receita aqui)

1 xícara de farinha sem glúten053b

2 xícaras de farinha de arroz

½ xícara de farinha de amêndoas (veja aqui como preparamos a farinha de amêndoas para deixá-la ainda mais saborosa)

1 colher (sopa) de fermento para bolo

3 colheres (sopa) de margarina (ou manteiga ghee)

2 xícaras de leite de arroz (receita aqui)

1 xícara de doce de goiaba (cremoso, tipo geleia)

Modo de fazer

Bata primeiro na batedeira o açúcar, os “ovos” de linhaça e a margarina sem lactose. Acrescente o resto dos ingredientes e bata até que fique bem homogêneo. Coloque a massa em forma untada e polvilhada com farinha de arroz. Distribua sobre a massa pequenas colheradas de doce de goiabada. Por cima, salpique a farofa e leve a assar.

Ingredientes farofa

1 xícara de açúcar

½ xícara de farinha de arroz

3 colheres (sopa) de margarina sem lactose ou 1 colher (sopa) de óleo

1 colher (chá) de canela em pó

½ colher (chá) chocolate em pó sem glúten/sem lactose

Modo de fazer farofa

Na batedeira (ainda suja com um pouco de massa), adicione todos os ingredientes e mexa inicialmente com a ajuda de uma colher; quando obtiver consistência, misture com a mão até que a farofa fique bem soltinha.

No vídeo mostramos com detalhes como preparar essa cuca deliciosa:

Muito fácil, não é? Façam e depois nos contem o que acharam.

Beijos, Letícia e Regina

Pastel

pastel 014b

Para tudo que hoje tem PASTEL no blog! Sim, pastel, esse mesmo que você, intolerante, vê todo mundo comendo nas festinhas e fica só na vontade. Hoje trazemos a receita de um pastelzinho sem glúten, sem leite e sem ovo!!!! Acreditem, ele fica parecidíssimo com o pastel original. Todo mundo que provou, comprovou, engana fácil. Quem criou foi minha prima Karine (muuuuuito obrigada, os intolerantes agradecem muito, prima!), e desde que ela nos ensinou já fizemos três vezes. Já recheamos com frango ou carne, mas essa massa é vegana, então você pode fazer seu recheio de acordo com sua preferência.

Ingredientes

1 colher (café) de fermento químicopastel 017b

2 xícaras de farinha de arroz

1 colher (café) de vinagre

2 colheres (sopa) de amido de milho

1 colher (chá) de goma xantana

1 colher (chá) de sal

3 colheres (sopa) de óleo vegetal

1 colheres (sopa) de cachaça ou álcool (para deixar crocante)

10 a 20 colheres (sopa) de água

Modo de fazer

Coloque todos ingredientes em uma bacia (exceto a água). Acrescente a água aos poucos e mexa com as mãos até que a massa fique bem homogênea. Pegue pequenas porções da massa e a abra entre um saco plástico, sem o contato direto das mãos. Utilize um rolo de macarrão ou uma garrafa para abrir bem a massa. Utilize uma xícara ou um pote redondo para fazer a marcação do seu pastel (quanto maior a circunferência, maior o pastel). Corte os excessos da massa e fique apenas com a circunferência. Recheie (nosso recheio foi de carne moída), dobre ao meio feche as pontas com o auxílio do garfo (mesmo procedimento que se faz na massa de pastel comum). Depois de preparar todas as massas, frite os pastéis normalmente.

Essa receita rendeu 10 pastéis médios e 4 pequenos.

Acompanhem no vídeo o passo a passo certinho dessa receita maravilhosa:

Muito fácil, não é mesmo? É o mesmo processo que se faz com o pastel comum. Fica tão parecido, gente do céu, fiquei feliz da vida, acho que os intolerantes entendem a minha emoção, né? hahaha Façam e nos contem o que acharam. 🙂

Beijos, Letícia e Regina

Docinhos de aniversário

023b

Há algumas semanas coloquei no blog a receita do Naked Cake (clique aqui para ver) e prometi colocar também a receita dos docinhos que fizemos para o aniversário da intolerante. Como prometido, hoje trago a vocês a receita de cinco tipos de docinho de festa diferentes. Eles ficam lindos, e são muito bacanas para fazer em festinha de aniversário, reuniões de final de ano, festas com amigos, todo mundo vai amar. É o que sempre digo: o intolerante não come o que todo mundo come, mas todo mundo como o que o intolerante come. 🙂

Aqui em casa a preferência ficou bem dividida. O meu favorito foi o de batata-doce, o rosinha, imitamos aquele docinho de gelatina, sabe? Adoro!!! Gostei muito também do brigadeiro feito com casca de banana. Já o de mamão verde foi o favorito da minha cunhada; minha mãe amou o de abóbora; meus irmãos gostaram muito do brigadeiro de soja (que eu não curti, acho o gosto do leite condensado de soja esquisito), e por aí vai. Cada um teve o seu favorito, vai do gosto individual mesmo, por isso vou passar a receita de todos para vocês.

Brigadeiro de soja034b

Ingredientes

1 lata de leite condensado de soja

2 colheres (sopa) de creme de leite de soja

2 colheres (sopa) de chocolate em pó

 

Modo de fazer

Junte o leite condensado de soja e o chocolate em pó em uma panela e leve ao fogo até obter ponto de brigadeiro. Depois de atingir o ponto de brigadeiro, acrescente as colheres de creme de leite de soja e misture bem. Deixe esfriar em um prato, enrole-os e passe nos confeitos (usamos granulado sem leite e sem glúten). Esse é o mais fácil, você fará exatamente da mesma forma que faria um brigadeiro comum.

 

Docinho de batata-doce028b

Ingredientes

2 1/2 xícara de batata-doce (cozido e amassada)

1 1/2 xícaras de açúcar

1 1/2 colheres (sopa) de gelatina de morango (dissolvida em 2 colheres de sopa de água)

Açúcar cristal para enrolar

Modo de fazer

Depois de amassar as batatas-doces, coloque em uma panela de fundo grosso e adicione o açúcar e a gelatina. Mexa até soltar da panela (ponto de brigadeiro). Coloque em um prato, deixe esfriar e faça as bolinhas. Passe no açúcar cristal e, pronto,  só colocar nas forminhas. Fica bom demais, muito parecido com docinho de gelatina!!!

 

Docinho de abóbora031b

Ingredientes

3 xícaras de abóbora (cozida e amassada)

2 1/2 xícaras de açúcar

2 canelas em pau

Modo de fazer

Depois de cozinhar e amassar a abóbora, coloque-a em uma panela com o açúcar e a canela. Mexa até dar ponto de brigadeiro. Coloque em um prato, deixe esfriar, enrole as bolinhas e passe no açúcar cristal. Esse eu achei que ficou com um sabor leve de abóbora, mas nada forte e muito marcante.

Docinho de mamão verde033b

Ingredientes

1 kg de mamão verde (tem de ser verde mesmo, nada maduro) cozido e amassado

1/2 kg de açúcar

1 pacote de coco ralado

Modo de fazer

Em uma panela de fundo grosso, coloque o mamão já cozinho e amassado e o açúcar. Deixe cozinhar alguns minutos e acrescente o coco ralado. Mexa até soltar da panela (ponto de brigadeiro). Deixe esfriar, faça as bolinhas e passe no açúcar cristal ou no coco ralado. O mamão verde, por não ter muito gosto, fica ótimo para servir de base a qualquer docinho. Nós optamos por fazê-lo de base ao nosso beijinho, mas um brigadeiro com base de mamão verde também ficará delicioso!

Brigadeiro de casca de banana029b

Ingredientes

Cascas de 6 bananas nanincas

2 xícaras de açúcar

1 xícara de água

1 colher (sopa) de suco de limão

2 canelas em pau

2 colheres (sopa) de chocolate em pó

Modo de fazer

Numa panela, junte as cascas de banana e cubra com água. Leve ao fogo médio até ficarem macias. Escorra e corte-as em pedaços. Bata no liquidificador até obter um purê. Ponha novamente na panela e junte os demais ingredientes. Leve ao fogo médio mexendo até que a mistura solte do fundo da panela (ponto de brigadeiro). Deixe esfriar, enrole-os e passe nos confeitos (utilizamos um feito de farinha em arroz).

Oba, diversas opções de docinhos para todos os gostos! É só escolher o seu favorito e se deliciar. São excelentes opções para crianças, como ficam coloridos, elas adoram!

Beijos, Letícia e Regina

Filé de frango à milanesa

078b

Hoje é dia de uma receita unanimemente amada por todos: bife à milanesa! Como não amar? Eu acredito na teoria de que, frito, até chinelo é bom. Agora imagina um filé de frango à milanesa sem glúten, sem lactose e sem ovo? Huuuuuuum, delicioso! Os intolerantes piram!!! É super tranquilo de fazer, o processo praticamente igual ao comum, apenas adaptamos os ingredientes. Chega de passar vontade e ficar sofrendo ao ver os outros comerem esse monte de gostosura. Intolerante pode comer quase tudo que as pessoas habitualmente comem, basta adaptarmos os ingredientes de forma correta. 🙂

Ingredientes (a quantidade vai  variar dependendo do números de bifes que você fizer)

Filés de peito de frango temperados a gosto073b

2 “ovos” de linhaça (receita aqui)

½ copo de leite de arroz (receita aqui)

Farinha de arroz (cerca de 3 xícaras)

Farinha de rosca sem glúten (receita aqui)

 Modo de fazer

Antes de começar, misture bem os “ovos” de linhaça com o leite de arroz.  Passe os filés de frango primeiro na farinha de arroz, em seguida na mistura dos “ovos” de linhaça e leite de arroz e por fim na farinha de rosca sem glúten. Quando for passar na farinha de rosca sem glúten, aperte firme com os dedos para que grude bem; isso fará com que a “casquinha” não caia quando você for assar ou fritar os bifes. Feito esse processo com todos os bifes, é só leva-los para assar ou fritar.

Gravamos um vídeo bem rapidinho para vocês conferirem o passo a passo mais detalhado de como preparar o seu filé à milanesa.

Você pode fazer o mesmo processo com o bife de carne ou, se você for vegano, pode utilizar para empanar beringela, abobrinha etc., tudo fica bom!

Beijos, Letícia e Regina

Fique fit: bolo funcional de caneca

078b

Mais um Fique Fit no blog, e hoje com uma receita maravilhosa. Prática, rápida e funcional (ah, ainda suja pouquíssima louça! hahaha), melhor impossível. A receita de hoje é do Marcel, que será o nosso maior colaborador do Fique Fit, ele tem várias receitas interessantes e iremos compartilhar todas elas aqui com vocês. Quem foi que disse que bolinho de caneca tem de ser cheio de porcaria industrializada? Hoje provamos que é possível comer com qualidade mesmo na correria. Quando você quiser um lanchinho bacana, pode apostar nesse bolo funcional de caneca.

Ingredientes076b

1 banana de sua preferência (usamos branca)

2 colheres (sopa) de aveia (se você for intolerante ao glúten, utilize a aveia sem glúten)

1 colher (sobremesa) de óleo de coco

1 colher (sobremesa) de mel

1 colher (chá) de fermento

1 ovo

Modo de fazer

Amasse uma banana e despeje na caneca em que fará o bolinho. Em seguida, adicione todos os ingredientes e mexa bem, pode ser na própria caneca mesmo. Quando a massa estiver bem homogênea, leve ao micro-ondas por 2 minutos. Cuidado ao tirar do micro-ondas, pois a caneca estará bem quente. Retire o bolinho da caneca e polvilhe canela em pó e, se quiser, um fiozinho de mel também.

Confiram no vídeo como preparamos essa receita:

Beijos, Letícia, Regina e Marcel

Pizza de liquidificador

pizza 014b

Hoje é dia de PIZZA!!! E pizza sem glúten, sem lactose e sem ovo (a massa é vegana). Melhor de tudo: prática de fazer, você vai colocar todos os ingredientes no liquidificador e levar para assar. E são ingredientes fáceis, nada muito complicado, assim que é bom. Receita boa é receita fácil de fazer. O seu maior trabalho vai ser decidir qual sabor de pizza você vai querer! hehehe

A receita original dessa pizza não é minha, é da Fabi Santina (clique aqui para ver a receita dela). A receita da Fabi é com glúten, lactose e ovo, mas como eu achei tão prática e fácil de fazer, resolvi adaptar para as minhas intolerâncias. Deu tão certo que tive de compartilhar aqui com vocês. Mas caso você não seja intolerante ou tenha outros tipos de intolerância, confira a receita original da Fabi.

Ingredientes

1 colher de sopa de azeite de oliva (pode usar margarina sem lactose)pizza 020b

1 xícara de leite vegetal  (usei leite de arroz – receita aqui)

1 ½ xícara de farinha sem glúten (usamos a da marca Aminna)

1 colher (sopa) de fermento em pó (para bolo)

1 “ovo” de linhaça (receita aqui)

Sal a gosto

Modo de fazer

No liquidificador, bata primeiro o ovo de linhaça, o azeite de oliva e o leite vegetal. Vá acrescentando farinha sem glúten aos poucos e batendo (se for preciso, vá mexendo a massa com a colher para ajudar a bater). Por fim, acrescente o sal e o fermento e bata até obter uma massa bem homogênea.

Despeje a massa em forma de pizza untada e leve ao forno (preaquecido) a 200 oC por cerca de 10-15minutos apenas. Tire do forno, coloque a cobertura da pizza e volte ao forno por mais 30 minutos até que a massa fique bem assada.

pizza 011b

Confira no vídeo como preparamos essa pizza maravilhosa!!!

Beijos, Letícia e Regina.