Coxinha sem glúten, sem lactose e sem ovo

coxinha 008b

Preparem-se, intolerantes, pois hoje temos a receita mais incrível para vocês: COXINHA!!! Isso mesmo, chega de passar vontade e cobiçar a coxinha dos outros (quem nunca? :D) nas festas alheias. Agora você vai poder fazer a sua própria coxinha deusa e comer sem medo de ser feliz (e sem medo de passar muito mal depois…). Essa receita é incrível, ganhou o primeiro lugar nos nossos corações, fica idêntica à coxinha original, nunca você dirá que é sem glúten, sem lactose ou sem ovo. E o melhor, essa coxinha fica excelente se você a assar, com a casquinha beeeem crocante, até parece que foi frita. Eu fritei uma e assei as demais, não tem erro, ficam muito parecidas (claro que a frita tem o sabor do óleo, da fritura, mas fora isso ficaram iguais, mesma crocância maravilhosa). Você pode fazê-las e congelar, depois só ir assando aos poucos a quantidade desejada. Bora aprender a preparar essas coxinhas, pessoal!

Ingredientes (massa)

½ litro caldo do frango que você vai usar para o recheio (não é caldo pronto) – se você quiser uma massa vegana, basta fazer um caldo de legumes e usar tais legumes para o recheio

1 colher de sopa margarina sem lactose ou ghee

Sal a gosto

250g de batatas cozidas e amassadas

230 g de farinha de arroz

Temperos a gosto

Modo de fazer (massa)

Numa panela coloque o caldo do cozimento do frango, a margarina sem lactose ou ghee, o sal, as batatas amassadas e temperos a gosto; leve ao fogo e deixe ferver. Aos poucos vá acrescentando a farinha de arroz, sempre mexendo até desgrudar da panela. Coloque num refratário e deixe esfriar. Quando já fria, comece a sovar a massa (se necessário, adicione um pouquinho mais de farinha de arroz). Agora é hora de moldar suas coxinhas: abra um punhado da massa na palma da mão, fazendo um círculo. Coloque um pouco do recheio no centro da massa, feche e modele na forma de coxinha (molhe as mãos com água, não grudará e facilitará para moldar). Depois, passe as coxinhas na farinha de rosca sem glúten ou pelo fubá. Você pode congelar, assar ou fritar as suas coxinhas.

Ingredientes (recheio)

200 g frango (usamos apenas o filé de peito) – se você quiser uma receita vegana, recheie com legumes.coxinha 011b

1 litro de água para cozinhar

Sal a gosto

Azeite a gosto para refogar

1 cebola picada

1 tomate sem pele e sem sementes

1 caldo de frango sem glúten

1 colher (sopa) de tempero verde

Modo de fazer (recheio)

Cozinhe o frango com sal e o desfie. Reserve ½ litro do caldo do cozimento desse frango para usar na massa. Numa panela refogue a cebola, o tomate, o tempero verde e o caldo de frango.

Redimento: 15 coxinhas médias.

Bom demais, né gente? Confiram o vídeo com o passo a passo dessa receita:

Aqui nós congelamos as coxinhas e fomos assando aos poucos, quando queríamos comer. Assei congelada mesmo, só coloquei numa fôrma antiaderente em forno a 200 ºC por cerca de 30 minutos. Fica deliciosa, recomendo assar pois fica tão crocante que você vai jurar que foi frita. 😉

Beijos, Letícia e Regina

Anúncios

25 comentários sobre “Coxinha sem glúten, sem lactose e sem ovo

  1. MA-RA-VI-LHA!!!! Este ano minha filha vai ter festinha de níver!!!! KKKKKKK
    Coxinha, pastel, empadinha, sem esquecer dos bolos, é lógico….. Este site é mesmo divino!! Parabéns pelo belo trabalho!!!
    Só lembrando que quem tem intolerância ao fermento biológico, deve fazer a farinha de rosca de pão feito com fermento químico.
    Obrigada por tudo!!

    Curtir

    • Cybelle, esse ano também farei uma festinha cheia de delícias aprovadas para intolerantes. Tomara que a sua filha goste a se delicie!
      Bem lembrado, nós fizemos a farinha de rosca com o pão feito com fermento químico. Também vale usar fubá no lugar da farinha de rosca.
      Beijão

      Curtir

  2. Pingback: 100 receitas sem lactose para refeições saudáveis e saborosas - Mega Buzz

  3. Pingback: 100 receitas sem lactose para refeições saudáveis e saborosas

  4. Pessoas como vocês trazem de forma saborosa, alegria pra vida de muita gente. Acho que fazem 3 anos que não como coxinha, mas vou experimentar a receita. Muito obrigada! Só uma dúvida, se eu tiver a farinha preparada da marca “ammina” posso substituir a de arroz? Beijos no coração.

    Curtir

  5. Bom dia, sabe se eu usar mandioca no lugar da batata se terá problema?provavel vc nao ter feito, mas qro sua opinião, sera q pode dar certo? É pq hj so tenho mandioca em cs e gostaria de usar. Ibrigada

    Curtir

  6. Olá, seu eu quiser trocar a farinha de arroz pela farinha de trigo normal qual a quantidade? E se eu quiser colocar óleo invês da margarina pode?e qual a quantidade de óleo necessária?
    Obrigada!!!
    Amei o blog.

    Curtir

    • Olá! Não dá pra fazer essa receita com farinha de trigo, não funciona. O óleo seria q mesma quantidade que a margarina, mas por ele ser mais “líquido” talvez amoleça a massa e você precise ajustar com um pouquinho a mais de farinha de arroz. Beijão

      Curtir

  7. Pingback: SOS Intolerante: 2 anos! | SOS Intolerante

  8. A coxinha fica ótima e muito parecida com a coxinha comum. Meu filho está ha pouco tempo nessa dieta e ainda estou me adaptando e testando receitas. Muito obrigada

    Curtir

  9. Pingback: Rissoles de carne | SOS Intolerante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s