Mousse de Pitaya sem lactose e sem ovo

075b

Hoje tem a receita marrrr linda do mundo nesse blog, minha gente: mousse de pitaya rosa! Pensa numa fruta linda por natureza, dispensa filtros. Ela nos rendeu uma mousse maravilhosa, sem lactose, sem ovo e sem glúten! Fica simplesmente divino, é aquela mousse que impressiona os convidados, linda demais mesmo. E melhor: molezinha de fazer!

Ingredientes020b

1 pitaya rosa
1 lata de leite condensado de soja ou sem lactose
1 envelope de gelatina sem sabor
1 lata de creme de leite sem lactose, de soja ou de arroz (usamos o Isola Bio, que é à base de arroz)

Modo de fazer

 No liquidificador, bata a polpa da pitaya, o leite condensado de soja, a gelatina sem sabor (preparada conforme as instruções do envelope) e o creme de leite de arroz. Disponha em um recipiente e leve a gelar por pelo menos 6 horas antes de servir. Prontinho!

064b

No vídeo você confere o passo a passo da receita e confirma que é facílima de fazer!

Demais, não é mesmo? Essa cor é incrível! Todo mundo aqui em casa ficou encantado! Você também pode fazer com a pitaya branca, caso não encontre a rosa, também fica muito bacana. Esperamos que tenham gostado, até a próxima! 🙂

Beijos, Letícia e Regina

Anúncios

Quiche de legumes vegana e sem glúten

032b

Oi, gente! Hoje tem #segundasemcarne no blog com uma receita simplesmente deliciosa: quiche de legumes! Tudo sem leite, sem ovo, sem lactose, sem soja, sem glúten! Essa é uma versão de quiche, claro, já que a quiche de verdade leva muito ovo, glúten, lactose. Nós adaptamos e criamos uma receita vegana e muito saborosa. Já esteve nos almoços de domingo diversas vezes, foi 100% aprovada e hoje compartilhamos com vocês essa maravilha. Fizemos também essa receita sem a massa, seguindo o mesmo passo a passo apenas com os legumes e fazendo legumes cozidos deliciosos! Acho que essa receita tá no meu Top 5 de receitas deliciosas para intolerantes, huuuuuum ADORO! Ah, e o recheio você faz da sua preferência, aqui demos apenas uma sugestão, mas você pode fazer com outros legumes ou carne, frango, tofu, fica a seu critério! Separei a receita por partes (massa, recheio, montagem) para facilitar, confiram! 🙂

Ingredientes (massa)045b

1 xícara de farinha de arroz (branca ou integral)
1 xícara de farinha de grão-de-bico
1/2 xícara de farinha de trigo sarraceno (é sem glúten)
1 colher (café) de sal
4 colher (sopa) de azeite de oliva extravirgem
1/2 colher (café) de fermento químico
1 xícara de água gelada

Modo de fazer (massa)

Coloque todos os ingredientes numa tigela, a água vá acrescentando aos poucos por último, e mexa muito bem a massa com as mãos até que fique lisa, homogênea e não grude nas mãos. Deixe-a descansando por 30 minutos na geladeira. Molde a massa numa fôrma de fundo removível; não deixe nem muito fino nem muito grosso, se não não irá assar igualmente toda a quiche, procure forrar toda a sua fôrma de modo igual.

Ingredientes (recheio)040b

2 berinjelas pequenas cortadas em rodelas
1 colher (sopa) de sal grosso
2 colheres (sopa) de vinagre de álcool
Água (cerca de 1 litro)
2 abobrinhas pequenas cortadas em rodelas
3 cebolas-roxas pequenas fatiadas
1 tomate grande fatiado
Azeite de oliva extravirgem
Temperos a gosto

Modo de fazer (recheio)

Deixe as berinjelas fatiadas de molho na água com o sal grosso e o vinagre por 30 minutos. Escorra a água e seque as berinjelas com papel-toalha. Leve a berinjela a assar em fôrma untada com azeite de oliva, por cima polvilhe temperos a gosto (usamos orégano e pimenta), em forno a 250 °C por 10 minutos. Cubra a fôrma com papel-alumínio. Depois, tire a berinjela do forno e, na mesma fôrma, disponha as abobrinhas fatiadas. Adicione mais uma pitada de sal e um fiozinho de azeite de olive. Volte ao forno por mais 20 minutos (fôrma coberta com papel-alumínio). Num wok ou numa frigideira grande, frite o tomate, a cebola-roxa e um punhado de alho-poró com 1 colher (sopa) de azeite de oliva e temperos (usamos sal, pimenta e orégano); deixe cozinhar até que fiquem bem macios, quase desmanchando.

048b

Montando a quiche

Sobre a massa já moldada na fôrma de fundo removível, comece espalhando uma camada de molho de tomate por todo o fundo da quiche para que fique bem molhadinha. Nós fizemos o nosso molho com 1 cebola branca, 1 tomate, 1 colher (café) de sal e 1 colher (sopa) de extrato de tomate, mas você pode usar molho pronto se preferir. Em seguida coloque os legumes e finalize com temperos a gosto e um fiozinho de azeite de olive. Leve a assar por 20 minutos em forno a 250 °C e está pronta a sua quiche.

Para que vocês não fiquem com nenhuma dúvida, resolvemos filmar o passo a passo da receita para que vocês pudessem ver de pertinho como fizemos. Assim facilita bastante, vejam só:

E aí, quem ficou com água na boca? Só de fazer o post já me deu vontade de comer essa quiche deliciosa novamente! Os legumes ficam saborosos DEMAIS, é incrível, e a massa fica macia, nada quebradiça ou esfarelenta, boa demais. Nós até congelamos para testar e fica ok! Depois de descongelada, a massa dá uma leve ressecada, normal, mas continua saborosíssima. 🙂

Beijos, Letícia e Regina

Granola caseira sem glúten

035b

Oi, gente! O post de hoje devia ser classificado como “utilidade pública”, porque essa granola caseira sem glúten é divina e molezinha de fazer! E ela sai por um preço bem mais camarada que as granolas sem glúten que encontramos por aí em pacotes minúsculos e preços absurdos! Essa você faz do seu gosto, com as coisas que aprecia, do seu jeitinho e gastando bem menos. Essa receita rende o vidro cheio da foto, esse vidro é aquele de 500g, tipo de pepino em conserva, bem grandão.

Ingredientes

1 xícara de flocos de milho sem açúcar037b
1/2 xícara de flocos de arroz sem glúten
2 colheres (sopa) de quinoa em flocos (ou aveia sem glúten)
2 colheres (sopa) de amaranto em flocos
2 colheres (sopa) de semente de chia ou linhaça
3 colheres (sopa) de coco ralado sem açúcar
2 colheres (sopa) de fruta seca/desidratada de sua preferência (pode ser uva passa, banana passa, damasco, tâmara etc. Usei cranberry)
2 colheres (sopa) de oleaginosa de sua preferência (usei castanha-do-pará, mas pode ser castanha-de-caju, amêndoas, nozes, pistache, avelã, macadâmia etc.)
2 colheres (sopa) de óleo de coco
2 colheres (sopa) de mel ou melado (opcional, você pode fazer sem adoçar se preferir)

Modo de fazer

Em um refratário, junte os flocos de milho, o de arroz, o óleo de coco e o mel. Leve ao forno preaquecido a 180 ºC por 10 minutos. Depois, junte os demais ingredientes, misture e volte ao forno por mais 10 minutos. Deixe esfriar bem e conserve sua granola em um recipiente de vidro bem vedado.

No vídeo mostramos o passo a passo detalhado dessa granola para vocês:

Fácil demais de fazer, não é mesmo? Já fiz diversas vezes aqui em casa e foi 100% aprovada! Mesmo se você não for intolerante, vale a pena fazer também, pode usar a aveia normal, vai sair ainda mais em conta. Receita boa e que funciona para todo mundo! 🙂

034b

Beijos, Letícia e Regina

Pão de liquidificador (vegano e sem glúten)

paes 015b

Bom dia, gente! Hoje a segunda é maravilhosa, já que amanhã é feriado, ebaaaa! Por aqui rolou feriadão, então estamos na folga prolongada, às vezes é bom, né? 🙂 Resolvemos compartilhar com vocês mais um pão sem glúten, sem lactose e sem ovo. É uma receita que fazíamos há tempo (já que estou sem poder comer fermento desde janeiro e ficarei assim por mais 30 dias #contagemregressiva!!! hahaha) e tínhamos nos esquecido de colocar no blog. Ela é facílima de fazer, prática, rápida e o melhor: suja pouca louça! Coloca tudo no liquidificador e seja feliz!

Ingredientespaes 013b

2 ½ xícaras de água morna

1 “ovo” de linhaça (receita aqui)

1 ½ colheres (sopa) de açúcar mascavo

1 colher (café) de sal

3 colheres (sopa) de óleo vegetal

1 colher (sopa) de fermento para pão (um envelope)

½ kg de farinha sem glúten (usamos Aminna, encontre aqui)

Modo de fazer

No liquidificador, bata muito bem a água morna, o “ovo” de linhaça, o açúcar mascavo e o óleo. Depois, acrescente a farinha sem glúten, o sal e o fermento e misture muito bem. Deixe crescer até dobrar de volume e leve a assar em forno a 180 oC por cerca de 35 minutos.

Simples demais, não é mesmo? Esse é pra não ter desculpa de não fazer, nada de sabotar as intolerâncias e comer um pão francês, hein? Bora se cuidar que o lance é sério; a saúde agradece! 😉

Bom feriado a vocês! Aproveitem!

Beijos, Letícia e Regina

Bolo de cacau com café – sem glúten, sem lactose, sem ovo e sem soja

020b

Oi, gente! Como vão? Hoje preparamos um bolo de cacau com café! Huuuum, perfeito para o lanche da tarde, só de lembrar já dá água na boca! 🙂 Esse bolo nós fizemos com mais ingredientes “do bem”, numa versão mais funcional e saudável, para comer com menos culpa. Ele é sem glúten, sem lactose, sem ovo e sem soja. Você ainda pode transformá-lo num bolo vegano, basta substituir a manteiga ghee por um creme vegetal. Facinho de fazer, vê só…023b

Ingredientes

1 1/2 xícaras de açúcar demerara
2 “ovos” de linhaça (receita aqui)
2 colheres (sopa) de manteiga ghee
1 xícara de trigo sarraceno
1/2 xícara de farinha de arroz
1 xícara de farinha de amaranto (ou amaranto em flocos)
1/2 xícara de cacau em pó ou achocolatado sem lactose
1 colher (chá) de essência de café (opcional)
1 xícara de nescafé forte
1/3 xícara de água
1 colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer

Inicialmente, bata na batedeira o açúcar, os “ovos” de linhaça e a manteiga ghee. Depois, adicione os demais ingredientes (exceto o fermento e a água). Quando a massa já estiver homogênea, acrescente o fermento e a água aos poucos. Bata novamente até homogeneizar bem. Leve a assar em fôrma untada e enfarinhada em forno a 200 C por 30min.

Cobertura
1/2 xícara de açúcar demerara
2 colheres (sopa) de cacau em pó
1/2 xícara de água
1/2 colher (sopa) de manteiga ghee
Leve ao fogo, mexendo sempre, até levantar fervura. Depois, basta colocar sobre o bolo já pronto.

Filmamos a receita com todos os detalhes para vocês conferirem de “pertinho” o passo a passo:

Esse bolo fica delicioso!!! Ele é levinho, saboroso e cheio de ingredientes bacanas. Esperamos que tenham gostado e até a próxima.

018b

Beijos, Letícia e Regina

Broa de fubá (sem glúten, sem lactose, sem ovo, sem soja)

044b

Bom dia, pessoal! A receita de hoje tem sabor de casa de vó: broas de fubá! Huuuum, biscoitinho delicioso para comer no lanche da tarde com um café bem gostoso. Esse nós fizemos numa versão sem ovo, sem leite, sem glúten e sem soja. Ele só não é vegano porque nós usamos a ghee, mas você pode substituir por um creme vegetal e tornar sua broa de fubá vegana facilmente. Mas se você não for vegano, recomendamos a ghee, além de mais saudável ela deixa um sabor delicioso na broa. E o melhor: é bem tranquilo de fazer, confiram!

Ingredientes036b

½ xícara de açúcar demerara
1 “ovo” de linhaça (receita aqui)
2 colheres (sopa) manteiga ghee
1 xícara de fubá (use um sem glúten)
1 xícara de amido de milho
1 colher (chá) de fermento químico
¼ xícara de leite de coco

Modo de fazer

Inicialmente, misture o açúcar, o ovo de linhaça e a ghee. Mexa com um fouet ou com as mãos até que fique homogêneo; então acrescente os demais ingredientes e misture muito bem a massa. Então, pegue porções da massa com as mãos e faça bolinhas, achate-as com auxílio do garfo (você pode ver esse passo no vídeo abaixo) para que fique bem no formato de broa. Leve a assar numa fôrma untada e forrada com papel-manteiga em forno preaquecido a 180 °C por 35 minutos. Tire do forno e deixe esfriar em uma grade de confeiteiro (se não tiver, use o descanso de pratos de inox, como nós usamos no vídeo).

Redimento: 33 broas

Confiram no vídeo o passo a passo dessas broinhas deliciosas 🙂

Muito bacana, né gente? Broa de fubá é tudo de bom, melhor ainda poder comer sem passar mal ou ter alergia. Os intolerantes aqui agradecem! 😉 Esperamos que tenham gostado, até a próxima!

038b

 

Beijos, Letícia e Regina

Crepioca “gourmet”

011b

Oi, gente! Hoje o post é bem especial! A Natue mais uma vez preparou uma receita bem legal especialmente para o SOS Intolerante, ficamos bem animados e foi 100% aprovada por aqui, já a fizemos várias vezes! Rolou uma crepioca “gourmet”! hahaha Sim, gourmetizei a crepioca porque essa é top! Foge um pouco daquela crepioca mais simples que vai apenas ovo+tapioca na base, essa é cheia de ingredientes bacanas e deliciosos! Beeeem fácil de fazer, não tem erro, e fica lindona! Confiram!

Ingredientes

1 ovo017b
2 colheres (sopa) de tapioca (encontre aqui)
1 colher (chá) de chia (encontre aqui)
½ banana picada

Recheio
Creme de amendoim (usamos um com alfarroba e açúcar mascavo, encontre aqui)
4 pedaços de chocolate amargo sem glúten/sem lactose

Modo de fazer

Para a crepioca, bata todos os ingredientes no liquidificador. Aqueça uma frigideira antiaderente e coloque a massa, dourando os dois lados. Ainda na frigideira, espalhe o creme de amendoim e coloque o chocolate. Feche e aguarde o chocolate derreter um pouco. Sirva em seguida.

Preparamos um vídeo com o passo a passo dessa receita maravilhosa, confiram:

Moleza, não é mesmo? Fica lindona! O Marcel, nosso expert em crepiocas, adorou e já fez vááárias vezes. E vocês, gostaram? Se fizerem, contem pra gente!

Beijos, Letícia e Regina

Patê de abobrinha vegano

060b

Oi, gente! Como passaram de feriado? Muita comilança? Por aqui foi muito tranquilo, zero chocolate, Páscoa clean! Se eu senti vontade? Até senti, mas o fato de não passar mal pelo resto da semana faz passar qualquer vontade de comer chocolate. Mas ganhei umas balinhas, doce de banana, barrinha de alfarroba e creme de avelã de alfarroba (que eu estou curiosíssima para testar, depois conto para vocês).

Bom, mas como muita gente acaba enfiando o pé na jaca no feriado – ainda mais sendo feriado de Páscoa -, a receita por aqui é leve. Leve, saborosa e facílima de fazer: patê de abobrinha! No post anterior ensinamos a preparar abobrinha recheada, agora você vai utilizar a polpa que não usou na receita anterior, afinal, nada de desperdícios, vamos aproveitar tudinho e transformar em uma opção deliciosa de aperitivo.

Ingredientes061b

1 cebola
Polpa de uma abobrinha grande
1/2 colher (chá) de sal
1/2 colher (chá) de pimenta branca moída
1 colher (chá) de alho-poró desidratado
1 colher (chá) de orégano
1 colher (sobremesa) de mostarda
1 colher (sopa) de cebolinha
1 colher (spbremesa) azeite de oliva extravirgem

Modo de fazer

Refogue a cebola com um fio de azeite de oliva extravirgem, em seguida acrescente a polpa da abobrinha, e deixe cozinhar até que seque o caldo que a abobrinha soltará e fique bem molinha. Depois, bata os ingredientes no liquificador com a mostarda, o azeite e a cebolinha para que adquira consistência de patê. Leve à geladeira para firmar e retire na hora de servir.

Assista ao passo a passo dessa receita no vídeo que preparamos para vocês:

Fácil demais, não é mesmo? E fica deliciosa! Você pode servir com bolachas de arroz, torradas sem glúten, minicenouras etc. É uma opção bem legal de aperitivo para servir para amigos e familiares! Esperamos que tenham gostado!

Beijos, Letícia e Regina

Abobrinha recheada

074b

Hoje tem uma receita moleza de fazer e que fica uma delícia, além de ser muito versátil: Abobrinha recheada! Eu simplesmente adoro abobrinha, é um legume que passei a gostar depois de mais velha e acho delicioso. Foi aí que a minha mãe, a nossa mestre-cuca mór aqui do blog, teve a ideia de fazer um patê de abobrinha (receita em breve aqui, aguaaaardem) e, para não jogarmos as cascas fora, preparamos essa abobrinha recheada. Bacana, né? Nada de desperdício de comida, minha gente! Nós resolvemos rechear com carne moída refogada, mas você pode fazer o recheio que quiser: frango, presunto e queijo lacfree, legumes ou algum molho gostoso, são várias opções. Vamos mostrar a vocês como nós fizemos essa abobrinha recheada, bora lá!

Ingredientes080b

1 abobrinha média

Azeite de oliva extravirgem

250g de carne moída (patinho), que foi refogada com azeite de oliva extravirgem, cebola, tomate, alho-poró, sal e pimenta-branca

Modo de fazer

Corte a abobrinha ao meio, retire toda polpa e semente (essa polpa vai virar patê, aguardem os próximos posts), regue a parte interna da aborbinha com um fio de azeite de oliva extravirgem e leve ao forno 2oo °C por 30 minutos em uma fôrma forrada e coberta com papel-alumínio. Depois, basta rechear (nós usamos carne moída). Colocado o recheio, polvilhe óregano e farinha de rosca sem glúten (receita aqui) ou, se não for intolerante, queijo ralado. Volte ao forno por mais 10 minutos e estará pronto para servir.

Moleza, não é mesmo? Vejam só como é fácil de fazer:

Tão simples e delicioso! É uma ideia bacana para uma refeição diferente, algo gostoso e fácil de fazer. É só colocar a criatividade para trabalhar e inventar diversos recheios saborosos.

Beijos, Letícia e Regina