Bolo de cenoura vegano e sem glúten

020b

Oi, oi! A receita de hoje é daquelas para guardar para a vida toda: bolo de cenoura vegano, sem glúten, sem lactose, sem ovo, sem soja!!! Macio, fofinho e muito saboroso! Essa receita já era para ter aparecido aqui há muito tempo, mas a gente sempre comia o bolo todo antes de tirar foto, vamos confessar! kkkkk Ele é muito fácil de fazer e não tem erro. Minha mãe nunca fazia bolo de cenoura “normal” antes de eu descobrir minhas intolerâncias, ela dizia que nunca ficava 100% bom. Até que ela resolveu adaptar a receita dela para a versão intolerante, fez alguns ajustes e saiu simplesmente o melhor bolo de cenoura que ela já fez na vida! Aqueles que dizem que comida de intolerante nunca dá certo vão se morder de inveja ao saber que a receita na versão intolerante ficou muito melhor que na versão “normal”. Beijinho no ombro dos intolerantes! hahahaha

Ingredientes

2 cenouras médias (158 g)

2 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha – receita aqui)

½ xícara de óleo de girassol

1 xícara de açúcar demerara025b

1 xícara de farinha sem glúten (Aminna)

½ xícara de farinha de amêndoas (ou outra sem glúten)

½ xícara de fécula de batata

1 colher (sopa) de fermento químico

Cobertura

1 xícara de açúcar demerara

½ xícara de cacau em pó

½ xícara de água

1 colher (sobremesa) de amido de milho

Em uma panela, misture bem todos os ingredientes e leve-os em fogo baixo até engrossar.

Modo de fazer

Primeiro, bata no liquidificador as cenouras, os “ovos” de linhaça e o óleo. Em seguida adicione o açúcar e bata bem. Na batedeira, junte a massa do liquidificador com as farinhas, misture bem e por último acrescente o fermento, batendo até ficar uma massa homogênea. Leve a assar em forno preaquecido a 200 ºC por cerca de 30 minutos. Depois é só colocar a cobertura e se deliciar!

Sem título

Muito fácil de fazer, né gente? Não tem erro! Fica uma delícia e todo mundo adora – a criançada principalmente!

Beijos, Letícia e Regina

Anúncios

Nhoque vegano e sem glúten

013b

Oi, genteee! A receita de hoje conquistou o coração da intolerante (e de todo mundo que experimentou) e ganhou o lugar de melhor receita salgada vegana e sem glúten que já fizemos. Nosso nhoque de batata ficou simplesmente MARAVILHOSO! Você vai jurar que tem trigo e ovo, ficou igualzinho ao nhoque original. Esse nhoque a minha mãe adaptou da receita que ela via a minha vó, que era a mestre do nhoque, fazendo. Minha vó fazia a receita “de olho”, um pouquinho disso, um pouquinho daquilo, e saía o melhor nhoque do mundo. De tanto vê-la fazendo, minha mãe acabou aprendendo e resolveu adaptá-lo às minhas intolerâncias. E saiu perfeito de primeira!!! Tão gostoso, mas tãooo gostoso! E nada complicado de fazer, bem simples e fácil, bora colocar a mão na massa!

Ingredientes

1/2 quilo de batata (usamos a batata-inglesa porque queríamos a receita original, mas você pode usar outra de sua preferência)015b

2 colheres (sopa) de azeite de oliva (ou manteiga ghee, no caso de uma receita não vegana)

1 “ovo” de linhaça (receita aqui)

1 xícara de farinha de arroz

1 xícara de fécula de batata

1 colher (sopa) de sal

Modo de fazer

Cozinhe as batatas sem sal até ficarem bem macias. Essa era uma dica da minha vó, cozinhar as batatas sem sal dá uma liga muito melhor ao nhoque. 😉 Amasse-as e junte o azeite de oliva (ou ghee), misture e espere esfriar. Adicione o ovo de linhaça e misture. Em seguida, acrescente a farinha e a fécula e comece a mexer bem a massa com as mãos até que fique bem homogênea. Polvilhe uma superfície com fécula de batata, faça cobrinhas com a massa e corte os pedacinhos do nhoque. Em uma panela à parte, adicione água e o sal. Assim que levantar fervura, coloque uma porção dos nhoques; quando boiarem, estão prontos. Aí é só retirá-los com a ajuda de uma escumadeira; dispor em um refratário e cobrir com o molho de sua preferência.

Moleza, não é mesmo? Você pode variar o molho e fazer de diversas formas. Nós optamos pelo clássico molho vermelho, combina demais!!!

030b

Nós também temos a receita de nhoque de arroz (confiram AQUI), fica delicioso e é uma boa opção para quem não pode consumir batata. 🙂

Esperamos que tenham gostado! Não deixem de experimentar, esse nhoque é bom demais!!!! Até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Creme de avelã com chocolate sem lactose

image1bHoje tem receita sucesso no blog: creme de avelã com chocolate lacfree! E antes que perguntem: não, não é Nutella. Gente, se tem uma coisa que me irrita é esse povo fit que fica inventando receita de creme de avelã e chama de Nutella. Nutella é única, inigualável, idolatrada, amada! hahaha Desde quando um creme de avelã fit vai ser Nutella, mô filho? NUNCA! Eu já vi receita de Nutella fit com abacate. Em que mundo um creme de avelã com abacate vai ficar parecido com Nutella? NÃO VAI. Pare de chamar creme de avelã fit de Nutella, pare de blasfemar a Nutella em vão! hahahaha Assistam ao vídeo e entendam a revolta da intolerante, além de conferir essa receita deliciosa.

Ingredientesimage4b

1 xícara de avelãs sem pele

1 colher (sopa) de manteiga ghee

1 colher (chá) de extrato de baunilha

2 colher (sopa) de cacau ou achocolatado em pó

50g de chocolate derretido

3 colheres (sopa) de açúcar demerara

200 ml de leite vegetal (usei o de arroz, receita aqui)

Modo de fazer

Primeiro você precisa tirar a pele das avelãs (ou pode comprá-las já sem pele), para isso deixe-as no forno a 180 ºC por 15 minutos. Depois é só tirar a pele com as mãos ou com um pano úmido (assista ao vídeo e veja como fizemos). Coloque as avelãs no processador deixe bater bem, até virar uma pasta. Em seguida, acrescente a manteiga ghee derretida e processe mais até ficar uma pasta homogênea. Depois é só acrescentar os demais ingredientes (exceto o leite vegetal) e bater bem. Enquanto você deixa batendo seu creme de avelã, ferva o leite vegetal e só então vá o adicionando aos poucos e batendo até adquirir a consistência desejada. Se você achar que já está muito mole, pare de acrescentar leite. Mas lembre-se de que, quando for à geladeira, vai ficar mais consistente, então procure deixar mais molinho. Aí é só deixar processar até ficar bem homogêneo, colocar em um recipiente e conservar em geladeira. Prontinho!

Assista ao vídeo e confira o passo a passo desse creme de avelã delicioso:

Tudo de bom, né gente? Fica ótimo com pão, biscoito de arroz, tapioca ou pra comer puro mesmo! hahaha Nós preparamos cookies recheados com creme de avelã, hmmmmmm, ficaram deliciosos! A receita estará em breve aqui no blog, fiquem ligadinhos. 😉

image6b

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Pãozinho de ervas finas

image2b Oi, gente linda! Hoje vamos ensiná-los a preparar um pãozinho DE-LI-CI-O-SO!!! Eu sou a maior fã de pão, acho que é o que mais me faz falta nesse mundo intolerante. Dentre as minhas intolerâncias estão leite, glúten, ovo e fermento químico… impossível fazer pão sem esses ingredientes, certo? ERRADO! O SOS Intolerante coloca a mão na massa e, com muita criatividade da mãe da intolerante, saiu o pãozinho de ervas finas. Hmmmm, bom demais, beeem fofinho! A única diferença é que, como vocês podem ver nas fotos, esses pãezinhos não crescem muito, afinal não têm fermento biológico. Mas é tão delicioso que comemos até puro, saboroso demais! É perfeito para servir de entrada com patês (receitas de patês: de abobrinha, de ervilha e maionese). Anotem essa receitinha!

Ingredientes

1 xícara de farinha de arroz

1 xícara de farinha de arroz integralimage5b

½ xícara de farinha de grão-de-bico

½ xícara de polvilho doce

½ xícara de fécula de batata

1 colher (chá) de sal rosa

½ colher (chá) de açúcar

½ colher (chá) de goma xantana

1 ½ xícara de leite de arroz (receita aqui)

3 colheres (sopa) de azeite de oliva extravirgem

1 colher (sobremesa) de ervas finas

1 colher (sopa) de fermento químico

2 ovos de linhaça (Receita aqui)

Modo de fazer

Em uma bacia, misture todos os ingredientes. Amasse bem até formar uma massa homogênea. Molde os pães no formato que desejar (nós fizemos minipães arredondados) e leve-os a assar em forno preaquecido a 200 °C por 30 minutos. Prontinho, pães deliciosos e fofinhos para saborear!

Rendimento: 13 pãozinhos

Muito fácil de fazer, né gente? Só juntar todo e está pronto, moleza demais. Receita rápida, prática e gostosa! Os intolerantes amam!!! 🙂

Beijos, Letícia e Regina

Bolo toalha felpuda

003b

Oi, gente! A receita de hoje é o bolo mais delicioso do mundo não intolerante agora numa versão própria para quem não pode comer glúten, leite e ovo! Além disso, pode ser feita numa versão vegana, damos a dica lá em baixo, na receita. Intolerantes em ação!!! Hoje trazemos para vocês a receita do bolo toalha felpuda! Delicioso!!! A versão original é feita, além de trigo e ovo, muuuuuito leite condensado, mas nesta aqui nós adaptamos para os intolerantes de plantão. E, olha, não perdeu absolutamente NADA para a receita original. Ficou beeeeeeeem molhadinho e fofinho, vocês precisam provar, minha gente! Foi 100% aprovado por aqui, todo mundo provou e aprovou! Bora lá aprender!

Ingredientes

2 xícaras de açúcar demerara011b

2 ovos de linhaça (receita aqui)

2 xícaras de farinha de arroz (usamos a farinha da RisoVita)

1/2 xícara de farinha de amêndoas

1/2 xícara de amido de milho

1/2 xícara de fécula de batata

1 colher (sopa) de fermento químico

3 colheres (sopa) de óleo de coco OU creme vegetal OU manteiga ghee (no caso de um bolo não vegano)

1 xícara de leite de arroz (usamos o leite saborizado de coco da RisoVita)

Ingredientes cobertura

100 ml de leite de coco

100 ml de leite de arroz (usamos o leite saborizado de coco da RisoVita)

2 colheres (sopa) de açúcar demerara

Coco ralado seco para polvilhar

Modo de fazer

Comece batendo o ovo de linhaça, a manteiga ghee e o açúcar na batedeira. Depois, acrescente o restante dos ingredientes e bata muito bem até que fique uma  massa homogênea. Leve a assar em forno preaquecido a 200 C por cerca de 30minutos. Depois de assado e ainda quente, faça furos com uma faca por todo o bolo (isso fará com que a cobertura penetre por toda a massa, deixando o bolo bem molhadinho #FicaDica). Feito isso, espalhe a cobertura por todo bolo e, por fim, polvilhe coco ralado.

005b

Dica: conserve esse bolo em geladeira, pois fora ele estraga rápido. Se quiser deixar em temperatura ambiente, faça e sirva no mesmo dia ou no seguinte. Mas na geladeira ele continua molhadinho e fofinho, não resseca e fica bom demais! 😉

Prontinho, bolo toalha felpuda para os intolerantes formiguinhas se deliciarem! Bom demais, né gente?! Façam e nos contem o que acharam!

Beijos, Letícia e Regina

Farinha de coco caseira

018b

Oi, gente! No nosso último post ensinamos a fazer leite de coco caseiro (não viu? clica AQUI para conferir), que sai muito mais em conta que comprar o leite de coco industrializado. E com o resíduo do leite vegetal você faz a tão famosa farinha de coco, que também tem um preço beeeem salgado quando comprada pronta. Então hoje você vai aprender a fazê-la em casa e gastando menos da metade do preço. Intolerantes econômicas, rá! 😉 E é tão fácil, mas tãoooo fácil, que chega a ser até um abuso esse preço tão alto que nos cobram. Vejam só como fazer!

Ingredientes

Resíduo do leite de coco (aprenda a fazer AQUI)

Modo de fazer

Após fazer o seu leite de coco, sobrará uma massa, é ela que vai se transformar na nossa farinha de coco. Basta levar essa massa ao fogo baixo (numa fôrma, panela, frigideira, wok), mexendo sempre por cerca de 20 minutos (eu fiz com dois cocos, então foi o dobro do tempo, 40 minutos). Ela vai secar bem e mudará de cor: ficará dourada, numa cor de coco queimado (veja no vídeo a seguir). Depois você pode batê-la no liquidificador para que fique uma farinha bem fininha, como as que compramos prontas. Isso é opcional, eu nem sempre faço, não me importo de usar a farinha mais grossa, com pedacinhos, mas vai do gosto de cada um. Se você quiser uma farinha bem fininha, basta batê-la no liquidificador aos poucos e pronto. Aí é só armazenar em um pote de vidro (não precisa ser em geladeira) por até 3 meses.

Confira no vídeo a seguir o passo a passo rapidíssimo de como preparar a sua farinha de coco:

Moleza, né gente? E você pode adicionar essa farinha em panquecas, pães, bolos etc. Ela é muito saudável e saborosa! Vale a pena tentar.

020b

Esperamos que tenham gostado!

Beijos, Letícia e Regina

Leite de coco caseiro

Leite-de-Coco-Caseiro_post1

Oi, gente! A receita de hoje é mais uma da série: pra que pagar caro se você pode fazer em casa pela metade do preço? E dessa vez trouxemos a vocês o passo a passo de como preparar leite de coco caseiro. Moleza de fazer, rápido, fácil e prático. Além disso, fica puro, já que muitos leites de coco no mercado contêm um tantão de aditivos químicos totalmente desnecessários. Bora fazer o nosso próprio leite vegetal caseiro e se deliciar sem gastar a mais por isso.

Ingredientes

1 coco marrom

700 ml de água mineral morna

Modo de fazer

Primeiro você deve retirar a casca do coco. Você pode deixar o coco inteiro no forno por uns 15 minutos, dar uma batidinha e a casca solta fácil ou fazer o método clássico (que foi o que fizemos): dá-lhe umas marteladas de bife no coco, quebra e tira a casca. Não é difícil, sai facinho. Você não precisa tirar aquela pele marronzinha, pode fazer o leite com ela. Porém isso deixa o leite um pouco mais amarelinho; se você quiser um leite beeeem branquinho, aí retire essa pele com a faca (aí já dá um pouco de trabalho, nós nunca tiramos, não interfere no sabor).

No liquidificador (ou processador), adicione os cocos (pique-os em pedaços menores, para facilitar a bater no liquidificador) e a água mineral morna (se você gostar de um leite mais leve, coloque até 1 litro de água) e deixe bater bem, por uns 5 minutos. Depois é só coar em uma peneira fininha ou em um tecido de voile (foi o que usamos, veja no vídeo a seguir). E prontinho, leite de coco caseiro e puro para você consumir!

220x220_7101850_orig2

O ponto negativo é a validade: nosso leite de coco caseiro dura cerca de quatro dias em geladeira. Aí você já vai desanimar? Não! Basta colocá-lo em copos ou vidrinhos e congelá-lo. Eu sempre faço uma grande quantidade de uma vez só para poupar trabalho e congelo em potinhos de vidro por uns 2 meses. Assim, vou usando aos poucos.

Confiram no vídeo a seguir o passo a passo detalhado de como preparar:

Ah, vale a pena falar que com essa quantidade de água que usei, o leite ainda fica bem leve, sem aquele sabor forte que os leites de coco comprados prontos têm. Eu geralmente diluo o leite de coco pronto antes de usar, mas esse caseiro não precisa. Caso você goste do leite de coco bem forte, use 400 ou no máximo 500 ml de água. Quanto menos água, mais concentrado ficará.

E fiquem ligadinhos que ensinaremos a fazer farinha de coco caseira com o resíduo do leite de coco. Nada de desperdícios!!! 😉

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos Letícia e Regina

Filé com legumes

049b

A receita de hoje é daquelas bem simples e até bobinhas de fazer, mas fica simplesmente deliciosa! Fizemos um dia desses para o almoço e tivemos de fotografar e dividir com vocês. Porque comida boa é comida de verdade, simples, rápida, prática e própria para intolerantes, foi aí que fizemos: filé com legumes! Claro que é tudo sem lactose, glúten, soja etc. Nada de manteiga, só se for ghee, hein? E se você não curte muito legumes, taí um bom jeito de consumi-los. O sabor da carne e dos temperinhos mascara o sabor mais marcante de alguns legumes, se você fizer uma massa para acompanhar vai ficar ainda mais delicioso.

Ingredientes045b

500g de filé mignon cortado em tiras
1 cebola
2 xícaras de água quente
Alho-poró
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
Sal, pimenta, salsa e cebolinha a gosto
Legumes: abóbora, abobrinha, brócolis, couve-flor

Modo de fazer

Em uma panela, coloque o azeite de oliva e refogue os filés, acrescente os temperos a gosto e deixe fritar. Adicione a água quente e deixe cozinhar bem. Coloque os legumes já cozidos do jeito que preferir e deixe apurar. Sirva a seguir. Acompanha muito bem uma massa penne. A intolerante recomenda! hahaha 🙂

Fácil demais, né gente? Ficou tão gostoso que nós quisemos muito dividir com vocês, mas é algo bem simples, sem mistério ou mimimi.

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Bolo funcional de cacau

033b

Oi, gente! Hoje temos uma receita incrível para compartilhar com vocês: bolo funcional de cacau – sem glúten, sem lactose, sem ovo, sem soja, vegano, fit e muito saudável! Essa receita foi criada pelo time de nutricionistas da Natue especialmente para o SOS Intolerante. Nós testamos, aprovamos e viemos dividir com vocês essa delícia! Nada como um bolinho com chá nesse inverno, né gente? Melhor ainda se ele tiver ingredientes do bem e para os intolerantes.

Ingredientes

3 ovos de linhaça (receita aqui)038b
1 ½ xícara de açúcar de coco (encontre aqui)
2 colheres (sopa) de óleo de coco (encontre aqui)
1 xícara de fécula de batata
2 ½ xícara de farinha de arroz (encontre aqui)
1 xícara de cacau em pó (encontre aqui)
2 xícaras de leite vegetal (usamos leite de arroz da RisoVita)
1 colher de sopa fermento químico

Modo de fazer

No liquidificador ou processador, bata os ovos de linhaça, o açúcar e o óleo de coco. Acrescente as farinhas aos poucos, o cacau, o leite e o fermento e bata até ficar homogêneo. Despeje a mistura numa forma untada e enfarinhada (usei cacau em pó para enfarinhar, veja no vídeo abaixo) e leve ao forno preaquecido a 200 ºC para assar por cerca de 30 minutos.

Cobertura (opcional): misture 1 colher (chá) de amido de milho em ¾ de xícara de leite vegetal, acrescente 1 colher rasa (chá) de óleo de coco, 2 colheres (sopa) de açúcar de coco e 1 colher (sopa) de chocolate em pó. Misture bem e deixe ferver até se tornar uma calda. Espalhe sobre o bolo.

040b

Confiram o vídeo com o passo a passo detalhado dessa receita que a Natue preparou pra gente!

Bom demais, pessoal! Esperamos que vocês tenham gostado de mais essa receita. Por aqui nós adoramos e nos deliciamos, a Natue mandou muito bem nesse bolo de cacau, hein! E fiquem ligadinhos que em breve tem mais receita da Natue para o SOS Intolerante. Só digo que: vai ser de banana! Hmmmm, incrível! Fiquem de olho que já, já estará no ar.

044b

Beijos, Letícia e Regina