Empadão de frango (massa tipo “podre”)

IMG_8435b

Oi, gente! A receita de hoje foi eleita como o melhor empadão de frango dos últimos tempos! E, sim, ele é sem glúten, lactose, ovo e soja! Uhuuul! A massa desse empadão é simplesmente perfeita, ela fica tipo massa podre, porém bem menos (beeeeem menos mesmo) engordurada. É muitíssimo saborosa! Ah, e ela é vegana, então se você não consumir carne pode substituir o recheio por outro de sua preferência. Vamos dar algumas opções de recheio aos amigos veganos. 😉 Mas chega de enrolar e bora à receita!

IngredientesIMG_8437b

1 xícara de polvilho doce
½ xícara de farinha de grão-de-bico
½ xícara de farinha de arroz integral
½ xícara de farinha de arroz branco
½ xícara de óleo de girassol
1 caixa de creme de leite de arroz (usamos o Isolabio, mas pode usar de soja ou sem lactose)
1 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) rasa de fermento químico

Recheio: ½ kg de filé de peito de frango (cozido e desfiado) refogado com 1 tomate sem pele e sem casca, 1 cebola grande, sal, salsinha e cebolinha a gosto. Acrescente, a gosto também, extrato de tomate para dar uma encorpada.

Modo de fazer

Junte todos os ingredientes em um bowl e misture muito bem, até obter uma massa homogênea. Enrole a massa em plástico-filme e leve-a à geladeira por 30 minutos. Depois, abra a massa entre plásticos ou entre plástico-filme e forre o fundo de um refratário (pode ser também uma fôrma de fundo removível, caso você queira desenformar) com a massa. Adicione o recheio e cubra com o restante da massa, fechando bem o seu empadão. Leve a assar em forno a 200 C por 25 a 30 minutos.

IMG_8438b

Caso você opte por um recheio sem frango, sugerimos alguns legumes (porque já fizemos e fica delicioso)! Temos 3 opções bacanas de recheio que já apareceram no blog, mas que vocês podem utilizar para rechear esse empadão, como este recheio de legumes que usamos em canelone, este usado em uma quiche ou estes legumes ao molho branco sem lactose.

É bem simples de fazer e não tem segredo! Esperamos muito que vocês gostem e se deliciem com esse empadão maravideuso! ❤

Beijos, Letícia e Regina

 

Bolacha Maria de chocolate

IMG_8583b

Oi, gente! A receita de hoje é maravideusa demais!!! Quem nos acompanha, já deve ter conferido a receita de bolacha Maria que fizemos e ficou igualzinha à original (receita aqui). Mas dessa vez resolvemos fazer também as bolachas Maria de chocolate, que ficam simplesmente divinas! Além disso, são uma ótima opção para preparar a massinha de tortas ou até mesmo comer puras, nhami! 🙂

Ingredientes

½ xícara de farinha de amêndoas
½ xícara de polvilho doce
¾ xícara de amido de milho
3 xícaras de farinha de arroz
2 “ovos” de linhaça (substituto do ovo de galinha – receita aqui)
2 xícaras de açúcar demerara
1 colher (sopa) cheia de achocolatado sem lactose
3 colheres (sopa) de manteiga ghee + 1 colher (sopa) de creme vegetal
1 xícara de leite de amêndoas gelado
1 colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer

Em um bowl, junte todos os ingredientes e misture-os muito bem os as mãos, até obter uma massa homogênea. Embrulhe a massa em um plástico-filme e leve à geladeira por 30 minutos. Depois, abra a massa entre plásticos (usamos aqueles saquinhos de congelar) com auxílio de um rolo de macarrão, corte redondo (usamos uma tampa de pote para que todas as bolachas ficassem do mesmo tamanho) e faça furinhos (exatamente como na bolacha Maria industrializada) com um garfo. Leve a assar em uma fôrma forrada com papel-manteiga, que também deve ser untado e enfarinhado (com farinha de arroz) – isso facilitará muito na hora de retirar as bolachas prontas – em forno a 200 C por 10-15 minutos (as nossas ficaram em média 13 minutos assando). Deixe esfriar em uma grade para não amolecer.

IMG_8579b

Agora vamos à dicas…

 O ideal é usar achocolatado (nós usamos aquele Dois Frades, o famoso “chocolate do padre”, da Nestlé. O cacau 100% deixa a receita muito ressecada e mais endurecida.
 O leite utilizado deve ser o de alguma oleaginosa (usamos o de amêndoas), pois contém a gordura natural. Com o leite de arroz não funciona, testamos e a bolacha fica dura e seca. Não testamos com leite de coco, mas acredito que também funcione, mas não deve ser aquele light, o com teor reduzido de gordura, precisa ser o normal.
Você pode usar só manteiga ghee ou só creme vegetal (usamos a Becel azul, que é sem leite), mas foi o mix dos dois que deu a textura perfeita à bolacha. Creme vegetal não é nada saudável, todo mundo sabe que é muito trash, mas a bolacha Maria industrializada também passa loooooonge de ser saudável, então eu não tenho problema em consumir uma vez em uma ocasião como essa (afinal, faz 3 anos que não como uma bolacha Maria, pra mim vale a pena). Então, se você optar por usar apenas a manteiga ghee, também dará certo, mas não ficará tão crocante. Não testamos com nenhum óleo.
É necessário usar polvilho e amido de milho, essa mistura também levou à consistência perfeita.
 Essa medida de 2 xícaras de açúcar fica perfeita com o açúcar demerara, se você usar outro tipo de açúcar terá de mudar a medida. Testamos com o açúcar refinado, por exemplo, e não ficou bom, parece que ficou menos doce, teria de ser mais.
Conserve em um pote bem vedado, se não amolece. Conservamos as nossas por uma semana em um pote de vidro bem fechado e ficaram perfeitas.

Essa bolacha fica deliciosa demais, genteee! Façam sim, vale a pena demais. E é super bacana para levar de lanche para o trabalho ou escola das crianças. 😀 Esperamos que tenham gostado!

Beijos, Letícia e Regina

Especial Dia dos Namorados: Tortinhas

Oi, gente! Hoje tem receita dupla no blog com ideias de sobremesas fáceis, rápidas e práticas especiais para preparar no Dia dos Namorados. Pensamos em algo que fosse bem prático e tranquilo de fazer e delicioso, aí surgiram essas tortinhas. Uma feita com a massa da bolacha Maria (receita aqui) e recheio de chocolate com pasta de amendoim e outra com casquinha de chocolate e recheio de pudim. Huuuum!!! Todas sem glúten, sem lactotose e com opção vegan, oba! 🙂

IMG_8586n

Tortinha de bolacha com chocolate e pasta de amendoim

IngredientesIMG_8596b

Bolachas Maria (cerca de 10 a 15 para duas tortinhas – receita aqui. Fizemos uma com a nossa versão de bolacha Maria “tradicional” e outra com a versão de chocolate, que vai ao ar em breve porque ainda tá em testes)
Manteiga ghee ou creme vegetal (o quanto baste para dar liga)
50 g de chocolate sem glúten/lactose
2 colheres (sopa) de pasta de amendoim (receita aqui)

Modo de fazer

Comece triturando as bolachas no liquidificador até que virem uma farinha. Misture essa farinha com a manteiga ghee ou creme vegetal até obter uma massa homogênea e moldável, que não grude nas mãos. Nós usamos forminhas de silicone em formato de coração, mas você pode usar qualquer outra de sua preferência – forre as forminhas com a massa e leve a assar em forno a 200 ºC por 10 minutos. Espere esfriar bem para desenformar. Enquanto isso, prepare o recheio. Derreta o chocolate e misture com a pasta de amendoim. Aí é só rechear as tortinhas e deixá-las na geladeira até a hora de servir.

IMG_8619b

Tortinha pudim de chocolate

Ingredientes

50 g de chocolate sem glúten/sem lactose para casquinhaIMG_8631b
15 g de chocolate sem glúten/sem lactose para o recheio
2 e ½ xícaras de leite de coco (receita aqui)
¼ de xícara de cacau em pó
¼ de xícara de melado (ou mel, agave)
Uma pitadinha de sal
3 colheres (sopa) de polvilho doce (ou amido de milho)
1 colher (chá) de extrato ou essência de baunilha

Modo de fazer

Esquente 2 xícaras do leite de coco com o sal, o cacau e o melado. Enquanto isso, dissolva o polvilho doce com a ½ xícara de leite de coco restante. Quando a mistura ferver, ainda em fogo alto, acrescente o restante do leite de coco com o polvilho doce dissolvido e mexa bem por uns 2 minutos; depois, abaixe o fogo e mexa por mais um minuto. Desligue o fogo e acrescente a baunilha e os 15 g de chocolate, mexa até o chocolate derreter. Reserve e espere esfriar. Agora é hora de fazer as casquinhas. Para isso, derreta os 50g de chocolate e espalhe nas forminhas de silicone (usamos a de coração), atente para que pegue tanto o fundo como as laterais da forminha. Deixe na geladeira ou no freezer de cabeça para baixo (assim vai escorrer o excesso) em um recipiente forrado com papel-manteiga até  o chocolate endurecer. Faça mais uma vez o processo para que fique com uma casquinha mais grossa e não corra o risco de quebrar quando rechearmos. Volte à geladeira e deixe até endurecer. Aí é só rechear as tortinhas com o pudim, ralar um chocolate e colocar por cima para decorar e deixar na geladeira até a hora de servir.

IMG_8617b

Se você não quiser fazer as casquinhas de chocolate, pode servir o pudim numa taça sem problemas. Ele é delicioso!!! Nós enchemos só duas casquinhas com pudim, o que sobrou coloquei nessa taça e ficou lindo. 😉

IMG_8632b

Prontinho! Duas receitas deliciosas e muito fáceis de fazer para os intolerantes curtirem o dia dos namorados sem problemas! ❤

Feliz dia dos namorados a todos, esperamos que tenham gostado das receitas.

Beijos, Letícia e Regina