Docinho Brigacoco

IMG_0080b

Oi, gente! Receita nova no ar e boa para fazer no feriado e comer de sobremesa: docinho de chocolate com coco, brigadeiro de coco, brigacoco! hahaha O nome não sei, mas o importante é que ficou delicideuso!!! Eu fiz sem querer e sem a menor pretensão, o resultado foi tão incrível que tive de repetir outras vezes e dividir com vocês também essa gostosura. Esse docinho é sem glúten, sem leite, sem ovo e vegano. Anota djáááá essa receita.

Ingredientes

3 colheres (sopa) de manteiga de coco (receita aqui)
50 g de chocolate sem glúten/lactose (usei 85% da marca Cachet)
1 colher (sobremesa) de melado (opcional)

Modo de fazer

Derreta o chocolate em micro-ondas ou banho-maria e misture à manteiga de coco (caso ela esteja endurecida, é só aquecê-la para voltar à consistência molinha). Se quiser, adicione o melado. Misture muito bem, faça bolinhas e leve à geladeira até endurecer. Sirva gelado ou retire apenas alguns minutos antes de servir, pois derretem um pouco.

IMG_0086b

Molezíssima, né gente? É um docinho saudável, prático, rápido e você pode deixar guardado no congelador porque dura um tempão, aí vai comendo quando der aquela vontade de doce.

Eu coloquei o melado só porque o pessoal aqui acha o chocolate 85% muito amargo (e era o único chocolate que eu tinha em casa), mas pro meu paladar não precisa não. Se você quiser, pode usar um chocolate com menos teor de cacau, aí ficará mais doce e também não será necessário adicionar melado. 😉

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Bolinho tipo Ana Maria (chocolate recheado com pasta de amendoim)

IMG_0409b

Oieee! Receita nova marideusa no ar! Bolinho tipo Ana Maria – sabor chocolate com recheio de pasta de amendoim! Isso mesmo, fizemos aquele bolinho recheado que vende no supermercado e ficou megaparecido, porém numa versão muuuuuuuuuito mais saudável, além de ser sem glúten, leite e ovos – ainda pode ser vegano, é só substituir a manteiga ghee por creme/óleo vegetal. Nós procuramos fazê-lo mais saudável mesmo, ele não é tão doce, e o recheio é sem açúcar (a pasta de amendoim usada é 100% integral).

A grande característica desses bolinhos Ana Maria é serem muuuuito macios e fofinhos (além de serem cheios de açúcar, gordura hidrogenada e ter um monte de ingrediente que a gente nem sabe o que é, ops), então criamos uma receita de bolo extremamente fofo. Acertamos em cheio, esse quesito ficou IGUALZINHO!!! É o bolinho mais macio do mundo, você jura que tem glúten. ❤

O recheio você pode fazer como preferir. A gente AMA pasta de amendoim, então bolo de chocolate com pasta de amendoim foi a nossa combinação perfeita. Mas você adapta ao seu paladar, é claro. 😉

IMG_0421b

Para dar o formato mais parecido possível, usamos forminhas de papel/papelão (como estas) de 10 cm de comprimento X 7 cm de largura. Você encontra em lojas de embalagens, de artigos para festa ou lojas que vendem fôrmas/panelas (eu encontrei numa loja de fôrmas no Mercado Público da minha cidade), mas pode usar forminha de cupcake também, sem problemas.

IngredientesIMG_0410b

2 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha – receita aqui)
1 xícara de farinha de arroz
½ xícara de fécula de batata
½ xícara de polvilho doce
1 xícara de açúcar demerara
2 colheres (sopa) de manteiga ghee
½ xícara de cacau em pó
1 xícara de leite vegetal
1 colher (sopa) de fermento químico

Pasta de amendoim integral para rechear (receita aqui)

Modo de fazer

Comece batendo, na batedeira, o açúcar, os “ovos” de linhaça e a manteiga ghee. Após obter um creme homogêneo, acrescente as farinhas, o leite e, por último, o fermento químico. Coloque nas forminhas e adicione, com auxílio de uma colher de chá, a pasta de amendoim como recheio (vá colocando uma “faixa” apenas no meio e afundando um pouco com a colher). Leve a assar em forno a 180 ºC por cerca de 20 minutos. Espere esfriar bem para desenformar.

Rendimento: 11 bolinhos.

O bolinho fica super macio por pelo menos 5 dias – foi o máximo que consegui guardar para testar, o pessoal queria devorar tudo -, mas acho que dura bem por uma semana. Ele também pode ser congelado, porém depois de descongelar ele resseca um pouco, aí é só você aquecer uns segundinhos no micro-ondas que ele volta a ficar bem macio e fofinho como novo. 🙂

IMG_0423b

Uma dica é não exagerar demais no recheio. Como vocês podem ver nas fotos, em alguns nós colocamos muuuuita pasta de amendoim, e acabou aparecendo do outro lado do bolo (quase vazando); em outros colocamos a quantidade ideal para ficar só de recheio mesmo. É só colocar, afundar de leve com a colher e pronto. Mas colocar muito também não é problema, afinal, recheio nunca é demais! hahaha 😀

Moleza de fazer, né gente? Nada de complicação, é muito prático. Depois é só se deliciar com essas gostosuras!!! 🙂 Nós ainda vamos fazer outro numa versão, digamos, menos saudável para deixar o sabor mais parecido com o industrializado. Também será sem leite, glúten e ovo, porém queremos fazer com cobertura de chocolate e com um recheio mais doce. Aguardem! hehehe

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Colomba Pascal

IMG_0322b

Oi, gente! Receita especialíssima de Páscoa para nossos intolerantes queridos: Colomba Pascal! 🙂 E tem para todos os gostos: de chocolate com uva-passa e cobertura de glacê, bem estilo clássico, mas também fizemos outra com massa branca, gotas de chocolate e cobertura de chocolate, porque sei que muita gente torce o nariz para as uvas. O sabor você escolhe! O que importa é que ambas são sem glúten, leite, ovo e podem ser veganas (basta substituir a manteiga ghee por creme vegetal, por exemplo).

IMG_0330b

Ei, vale lembrar que a Colomba Pascal é bem diferente do Panetone, ok? Muita gente acaba os confundindo. Enquanto o Panetone tem a sua essência característica e as frutas cristalizadas, a Colomba Pascal tem aroma de laranja, além de muitas vezes levar amêndoas e a cobertura de glacê. Ambos são feitos com fermento biológico, mas como é uma das minhas restrições, fizemos sem – virou praticamente um bolo maravideuso sabor Colomba Pascal. 😉

IngredientesIMG_0342b

2 colheres (sopa) de manteiga ghee
2 xícaras de açúcar demerara
3 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha – receita aqui)
2 xícaras de farinha de arroz
1 xícara de farinha de amêndoas
½ xícara de fécula de batata
1 e ¼ de xícara de suco de laranja natural
Raspas da casca de 1 laranja média
1 colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer

Na batedeira, bata os “ovos” de linhaça, o açúcar e a manteiga ghee até obter um creme homogêneo. Acrescente as farinhas, o suco e as rapas da laranja e bata bem. Por último, incorpore o fermento à massa. Dividimos em duas fôrmas de papel para Colomba Pascal (a maior, que usamos para fazer a massa branca com gotas e cobertura de chocolate, tem 23 cm de comprimento X 16 cm de largura; e a menor, usada para a colomba de chocolate com uva-passa e glacê, tem 19 cm de comprimento e 14 cm de largura). Em IMG_0340buma das porções da massa acrescentamos as gotas de chocolate. Na outra porção, misturamos ½ xícara de cacau em pó + ½ xícara de uva-passa branca.

Leve a assar em forno preaquecido a 180 °C (colocamos as fôrmas de papel dentro de uma fôrma bem grande de alumínio para assar ambas de uma vez só) por cerca de 35 minutos. Retire, espere esfriar e faça as coberturas.

Para a cobertura de chocolate apenas derretemos cerca de 150 g de chocolate (usamos o da marca Harald/Melken) sem glúten/sem lactose e espalhamos sobre a Colomba. Por fim, salpicamos amêndoas laminadas para decorar.

Para a cobertura de glacê usamos 1 xícara de açúcar de confeiteiro dissolvido em 2 colheres (sopa) de água (se precisar, adicione mais água, mas vá aos poucos para que a cobertura não fique muito rala) e espalhamos por sobre toda a Colomba, finalizando com algumas uvas-passas.

IMG_0319b

Peeeeeeensa numa coisa boa, minha gente! Eu nunca era muito fã de Colomba quando mais nova, porém estou apaixonada. Essa nossa versão parece um bolo fofinho, com aroma de laranja, suave, viciante. SEM PALAVRAS!!!

IMG_0333b

Todo mundo que provou, aprovou! Chamamos os intolerantes e não intolerantes quase todos da família para provar (e olha que tem intolerante nessa família, hein, ô se tem) e todo mundo amou!!! Podem fazer essa Colomba que é satisfação garantida! kkkkk 😛

E não precisa ser só na Páscoa não, fica aí uma ideia muito saborosa de bolo para você preparar quando quiser.

Esperamos que tenham gostado dessa receita e uma feliz e abençoada Páscoa a todos! ❤

Beijos, Letícia e Regina