“Pão” doce

IMG_1417b

Oi, pessoal! Receita maravideusa no ar: Pão doce! Na verdade, como vocês que nos acompanham há tempo já sabem, esse é aquele clássico pão-bolo. Como não posso consumir fermento biológico (que é o fermento de pão), pois é uma de minhas alergias, a gente vai adaptando e criando nossos “pães” como podemos. Eu AMO pães doces, muito mais que os salgados, e às vezes bate aqueeeeela vontade de comer um pãozinho no café da manhã, então eu me esbaldo nesse aí, que, além de ser sem fermento biológico, é também sem glúten, leite e ovos. Ah, e ainda é vegano! 🙂

Ingredientes

3 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha, receita aqui)
4 colheres (sopa) de açúcar mascavo
2 colheres (sopa) de óleo vegetal
1 e ½ xícaras de leite de arroz (receita aqui)
1 xícara de farinha de arroz
½ xícara de farinha de amêndoas
½ xícara de farinha de amendoim
½ xícara de aveia sem glúten em flocos finos (usamos da linha Suply, da Jasmine)
1 pitada de sal
1 pitada de bicarbonato de sódio
1 colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer

Comece batendo na batedeira os “ovos” de linhaça, o óleo vegetal e o açúcar até obter uma massa homogênea. Em seguida, adicione o restante dos ingredientes (fermento por último) e bata bem muito bem. Dispusemos em uma fôrma tipo para bolo inglês (nossa fôrma tinha 20 cm de comprimento, 10 cm de largura e 5 cm de altura) e levamos a assar em forno a 180 ºC por cerca de 20-30 minutos.

Rendimento: dois pães feitos em fôrmas tipo de bolo inglês (medidas acima)

IMG_1406b

Muuuuuuuuito fácil de fazer, né gente? Só juntar tudo e pronto, vapt-vupt seu pãozinho estará pronto! 🙂

Esse pão também pode ser congelado. Uma ideia bacana é já congelar fatiado, aí você pode tirar fatia a fatia, caso consuma pouco, e não correr o risco de estragar. Ah, uma dica é: se você achar que o pão ressecou, é só dar uma esquentadinha antes de consumir que fica macio e fofinho como feito na hora. 😉

IMG_1416b

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Regina e Letícia

Anúncios

Pãozinho recheado com chocolate

IMG_1128b

Receita pura gostosura no ar: pãozinho recheado com chocolate!!! Muitamô e deliciosidade sem glúten, leite, ovos e vegan. ❤ A gente chamou de “pão”, mas não tem fermento biológico, na verdade é uma massinha, mais consistente/durinha, como se fosse uma massinha de empadão ou biscoito, sabe? O nome ficou “pão” só pelo formato mesmo. Zero criatividade em nome, sim… kkk 😛 Mas o importante é que a receita ficou boa demais, então bora prepará-la!

Ingredientes

1 “ovo” de linhaça (substituto do ovo de galinha – receita aqui)IMG_1141b
1 xícara de leite de arroz (receita aqui)
3 colheres (sopa) de óleo de girassol
1 xícara de polvilho doce
½ xícara de farinha de amêndoas
3 xícaras de farinha de arroz
1 colher (sopa) de fermento químico
1 colher (chá) de bicarbonato
Cerca de 100 g de chocolate sem glúten/leite em pedaços (usamos o amargo da marca Harald/Melken)

Modo de fazer

Junte todos os ingredientes (exceto o chocolate) em um bowl, com as mãos, misture muito bem até obter uma massa homogênea. Pegue pequenas porções, abra na mão e recheie com um pedaço de chocolate; molde no formato de bisnaguinha (ou como preferir), disponha em uma fôrma forrada com papel-manteiga, untada e enfarinhada com farinha de arroz e leve a assar em forno a 200 ºC (que já deve estar preaquecido) por cerca de 25-30 minutos. Depois de assados, fizemos alguns risquinhos com chocolate derretido sobre os pãezinhos, apenas para “enfeitar”.

IMG_1138b

Uma dica é comê-lo quentinho, porque assim o chocolate do recheio fica bem derretido. Sempre que íamos comer esquentávamos alguns segundinhos no micro-ondas, recomendo, fica perfeito. 😉

IMG_1139b

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

 

Pão tipo Sírio – Flatbread

067b

Oiii, gente! Receita nova e superbacana no ar: pãozinho tipo Sírio/Árabe, o famoso flatbread dos gringos, só que numa versão sem glúten, leite, ovos, soja e fermento biológico!!! 100% própria para os intolerantes, uebaaaa! 🙂 Além disso, é vegano e muuuuuito saudável. Leva pouquíssimos ingredientes e é fácil demais de fazer. Confere só:

Ingredientes 069b

2 xícaras de farinha de aveia sem glúten*
1 e ½ xícaras de leite vegetal (usamos leite de arroz – receita aqui)
Sal a gosto (usamos 1 colher de chá, ficou bem suave)
1 colher (chá) cheia de fermento químico

Modo de fazer

Em um bowl, junte todos os ingredientes e misture bem até obter uma massa homogênea. Espalhe em uma frigideira untada e leve a cozinhar em fogo baixo até dourar dos dois lados.

*Se você não encontrar farinha de aveia sem glúten, basta triturar no liquidificador a aveia sem glúten até que ela vire farinha. 😉

Gravamos essa receita em vídeo mostrando o passo a passo detalhado:

Essa receita rende 4 pães tipo Sírio.

Você pode armazenar em geladeira por até 5 dias ou congelar (eu congelei em saquinhos plásticos próprios para freezer); na hora de consumir basta aquecer seu pãozinho em uma frigideira que ele volta a ficar delicioso, macio e fofinho como novo.

071b

E, claro, se você puder consumir glúten, pode fazer com aveia comum. Seu pão Sírio, além de muuuuito prático, vai ficar super baratinho. Fica a dica, hein! 🙂

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Pão de batata-doce com aveia

img_9121b

Oi, gente! Bora começar a semana com mais um “pão” saindo do forno, dessa vez fizemos um de batata-doce com aveia que ficou DELICIOSO!!! Ele é sem glúten (usamos aveia sem glúten, claro), sem lactose, sem ovo, sem soja, sem fermento biológico e vegano. Tuuudo de bom e moleza de fazer! 🙂

Ah, muitas pessoas me perguntar por que não consumo fermento biológico. Para quem é seguidor mais recente e não sabe, eu tenho intolerância também a certos fermentados e leveduras, incluindo aí o fermento biológico, utilizado em pães, pizzas e em outras massas. Essa intolerância é moderada, então consigo consumir o fermento de vez em quando, mas no meu dia a dia não o consumo, deixo para ocasiões especiais, em que queira comer um pão de hambúrguer (que é sem glúten e sem lactose, mas tem fermento), por exemplo, ou algo diferente (isso acontece geralmente 1x por mês ou menos, não é muito comum, só mesmo quando bate aquela vontade). Vale ressaltar que consegui consumir o fermento após o tratamento que fiz com a minha nutricionista e essa liberação partiu dela, não consumo por livre e espontânea vontade, foi tudo sob orientação de uma especialista.

Agora chega de blá-blá-blá e vamos à receita! 😉img_9125b

Ingredientes

1 xícara de açúcar mascavo
2 “ovos” de linhaça (substituto do ovo de galinha – receita aqui)
3 colheres (sopa) de óleo de girassol
2 xícaras de farinha de arroz integral
½ xícara de farinha de amendoim
½ xícara de polvilho doce
1 xícara de aveia em flocos sem glúten (hidratada em ½ xícara de água por 10 minutos)
½ xícara de batata-doce cozida e amassada
1 e ½ xícaras de água
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (sopa) cheia de fermento em pó

Modo de fazer

O primeiro passo é hidratar a aveia por 10 minutos. Na batedeira, bata o açúcar, o óleo e os “ovos” de linhaça. Acrescente a batata-doce, a água, as farinhas e a aveia hidratada. Bata muito bem. Por último, adicione o fermento e o bicarbonato e misture delicadamente. Leve a assar em fôrma de pão untada e enfarinhada (usamos fubá fino para enfarinhar) e leve a assar em forno a 200 ˚C por cerca de 30 minutos (faça o teste do palito para confirmar se está assado).

Esse “pão” é bom demais, genteee!!! Experimentem, fica delicioso e bastante saudável. 🙂 Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Pão recheado

064b

Bom dia, pessoal! Hoje compartilhamos com vocês essa receita maravideusa de Pão Recheado! Booooom demais! Já fizemos esse pão um tanto de vezes, mas demorei para dividir a receita aqui no blog porque nós a filmamos, mas estava sem tempo para editar e não queria postá-la sem o vídeo. 😦 Mas agora vaaaai! Receita em vídeo para vocês conferirem todo o passo a passo detalhado.

Ingredientes

1 ½ xícaras de farinha de arroz
1 xícara de farinha de arroz integral
1 xícara de polvilho doce
½ xícara de fécula de batata
½ xícara de farinha de grão-de-bico
1 “ovo” de linhaça (substituto do ovo de galinha – receita aqui)
1 colher (chá) de sal
2 colheres (sopa) de óleo vegetal
1 colher (sopa) de fermento químico
1 colher (cafezinho) de bicarbonato de sódio
1 ½ xícaras de leite de arroz (receita aqui)

Modo de fazer

Em um bowl, junte todos os ingredientes e misture muito bem (com as mãos) até obter uma massa homogênea. Depois, abra a massa em cima de uma superfície polvilhada com farinha de arroz, coloque o recheio no centro da massa e feche moldando o formato de pão. Sobre o pão, pincele azeite de oliva (para dar um “bronze”) e polvilhe orégano. Leve a assar em uma fôrma forrada com papel-manteiga em forno a 200 ºC por 40-45 minutos.

Recheio: 250 g de linguiça calabresa picada, meia cebola (escaldada em água quente para tirar a acidez) picada, 1 tomate pequeno picado, orégano. Não colocamos sal porque a linguiça já possui, bem como a massa do pão, que já leva sal.

067b

Confiram a seguir o vídeo com o passo a passo detalhado da receita:

Bacana, né gente? O recheio nós fizemos do nosso gosto, é apenas uma ideia, você pode fazer como preferir. Como a massa do pão é vegana, você pode mudar o recheio e deixar essa receita 100% vegana também! 😉

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Pão com castanha

IMG_6671b

Oi, gente! Mais uma receita no ar, dessa vez fizemos um pão de castanha maravilhoso! Sem glúten, lactose, ovo, soja e também sem fermento biológico, é uma opção deliciosa para o café da manhã. Nele usamos castanha-do-Pará, que deu um toque especialíssimo, a harmonia dos sabores ficou 10! Além disso, é muito simples e prático de fazer, confere só!

Ingredientes

1 ½ xícara de farinha de arroz
1 xícara de farinha de arroz integral
½ xícara de polvilho doce
½ xicara de farinha de amêndoas
1 xícara de castanha-do-Pará triturada (beeem triturada, fica quase uma farinha)
½ colher (chá) sal
3 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1 colher (sopa) de fermento químico
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (sopa) de fubá
2 ½ xícaras de leite de arroz (receita aqui)
2 substitutos do ovo (“ovos” de linhaça – receita aqui)

Modo de fazer

Em um bowl, junte todos os ingredientes (fermento por último) e misture bem até obter uma massa homogênea, que terá consistência semelhante à massa de bolo. Coloque a massa na fôrma de pão, que deve estar untada e polvilhada (usamos fubá, também salpicamos por cima), e leve a assar em forno a 200º C por cerca de 30-40 minutos (faça o teste do palito: se você espetar e sair limpo, estará pronto seu pão).

IMG_6667b

Moleza de fazer, né gente? E fica saborosíssimo! Não deixem de experimentar. 😉

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Pão de inhame

IMG_8336b

Bora começar a semana com um pão de inhame quentinho saindo do forno! Huuuum, deliciosamente sem glúten, lactose, ovo, soja e ainda vegano e usando fermento químiico em vez do biológico. Pensa num pãozinho saboroso! Eu adoro comer quentinho, bom demais. Todo dia pela manhã o esquento na sanduicheira, fica saboroso, quentinho e com a casquinha crocante, eu adoro! Café da manhã dos deuses! hahahaha 🙂

Ingredientes

3 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha – receita aqui)IMG_8340b
1 colher (sobremesa) de sal
1 colher (chá) de açúcar mascavo
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 xícara de farinha de arroz integral
1 1/2 xícara de farinha de arroz
1 xícara de farinha de grão-de-bico
½ xícara de polvilho doce
½ xícara de leite de coco (usamos o industrializado, mas tem receita do caseiro aqui)
1 xícara de água
½ xícara de inhame (cozido, amassado e já frio)
1 colher (sopa) cheia de fermento químico
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio

Modo de fazer

Na batedeira, comece batendo os “ovos” de linhaça, o sal, o açúcar e o azeite. Em seguida, adicione o restante dos ingredientes (exceto fermento e bicarbonato) e bata bem, até obter uma massa homogênea. Por fim, incorpore o fermento químico e o bicarbonato à massa. Leve a assar em fôrma untada e enfarinhada (com farinha de arroz) em forno a 200 C por cerca de 25-30 minutos (faça o teste do palito).

IMG_8338b

Mais uma receita de pão MUUUUUUUITO fácil de fazer, hein? Não tem desculpa, é só juntar tudo, assar e pronto. 😉 Ele fica muito gostoso com manteiga ghee ou até mesmo regado com azeite de oliva, nham!

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Pão de batata

IMG_8167b

Oi, genteee! Há algumas semanas postamos uma receita de pão se batata-doce (confira aqui) que foi o maior sucesso. Hoje trazemos a versão salgada, e usando batata-inglesa (já que nem todos gostam da doce). E surgiu o nosso delicioso pão de batata! Sem glúten, lactose, ovo, soja e também é vegan. 🙂 Confere só esse pão:

Ingredientes

2 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha IMG_8169breceita aqui)
1 colher (chá) de sal
1 colher (cafezinho) de açúcar demerara (para realçar o sabor)
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 xícara de farinha de arroz integral
2 xícara de farinha de arroz
1 xícara de farinha de grão-de-bico
½ xícara de polvilho doce
3 xícaras de leite de arroz (receita aqui)
½ xícara de batata-inglesa (cozida, amassada e já fria)
1 colher (sopa) cheia de fermento químico
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio

Modo de fazer

Na batedeira, comece batendo os “ovos” de linhaça, o sal, o açúcar e o azeite. Em seguida, adicione as farinhas e o leite e bata bem, até obter uma massa homogênea. Acrescente as batatas e misture. Por fim, incorpore o fermento químico e o bicarbonato à massa com uma espátula. Leve a assar em fôrma untada e enfarinhada (usamos fubá) em forno preaquecido a 200 ºC por cerca de 30-35 minutos (faça o teste do palito).

IMG_8187b

Com a chegada do frio, estou fazendo muito pão tostadinho, bem quentinho! Hmmm, no café da manhã fica delicioso. Eu só coloco a fatia na sanduicheira (pode ser na torradeira também) até ficar bem crocante, depois passa manteiga ghee e me delicio! 🙂

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Onde comer: Beppler hamburgueria

IMG_7923b

Hoje voltamos com mais um post da série Onde comer, já que vocês gostaram tanto e pediram novas dicas. No primeiro post nós contamos como foi nossa experiência no Alameda Gourmet Bistrô e Creperia, confira aqui. Hoje vamos contar o que achamos da Beppler hamburgueria, que abriu recentemente um novo restaurante no bairro Santa Mônica, onde fomos, mas também conta com outra hamburgueria, já mais antiga, em Itaguaçu/Coqueiros.

Descobri a Beppler por acaso na internet, na minha saga por hamburguerias em Forianópolis com a opção de pão sem glúten e lactose. Quem me conhece sabe que eu absolutamente AMO esses hambúrgueres gourmet, poderia comer infinitamente! hahaha Depois de todo meu tratamento, já consigo comer ovo e fermento uma vez por semana, então o hambúrguer foi o escolhido para esse fim, jamais poderia escolher outra coisa. 😀

Chegamos cedo, umas 18h30, pois já tinha visto que lá enche rápido. Foi ótimo, pois pudemos escolher nosso lugar tranquilamente. Os garçons foram muito atenciosos e nos deram todas as informações necessárias sobre os pães e tudo que eu poderia comer dentro do cardápio. Os pães, inclusive, são feitos lá mesmo – amei mais ainda, nada como um pãozinho caseiro novinho.

Há dois tipos de pão sem glúten, porém um deles tem queijo parmesão, então optei pelo pão sem glúten clássico. Cada hambúrguer tem 130g e acompanha, além do pão à sua escolha, queijo (cheddar, muçarela ou prato), molho (maionese da casa, maionese verde, maionese pura, maionese de wasabi, barbecue, geleia de menta ou de pimenta), alface-americana, tomate, cebola-roxa, especiarias e batata frita ou onion rings. Você pode escolher entre hambúrguer simples ou duplo, e as opções de carne são: mignon, picanha, fraldinha, costela bovina ou suína, frango, cordeiro, linguiça blumenau, vegetariano ou salmão.

Eu fui com o de mignon, simples (uma só carne), sem queijo, batatas fritas e pedi molho barbecue (porém nunca como molho, pedi para o Marcel).

IMG_7926b

Não tenho palavras, apenas amor. Quando mordi o hambúrguer arregalei o olho e disse ao Marcel: vamos voltar sempre!!! Que saudades eu estava de um pão de hambúrguer! Era beeeeem fofinho, macio, gente, que delícia! Amei o pão, um dos melhores que já comi fora de casa.

IMG_7928b

Apenas observem a lindeza desse pãoooo!!! A carne também estava muito saborosa, no ponto perfeito, muito bem feita! O meu hambúrguer foi R$26, achei o preço muito justo! O Marcel pediu um duplo de costela bovina com maionese da casa e onin rings, foi R$30, porém nos esquecemos de tirar foto.

O lugar é lindo, além da área interna, um charme, há uma área externa super gostosa e aconchegante. Outra coisa de que gostamos foi que você pode ver a cozinha e tudo que está acontecendo por lá através de um vidro. Era tudo bem limpo e higiênico, achei muito bacana! Como fomos na primeira semana de abertura, os garçons demoraram um pouco para nos atender, tivemos de esperar um tempinho até conseguir chamá-los, mas quando nos atendiam eram sempre muitíssimo educados e solícitos. Acredito que tenha sido um problema porque estava na correria de abertura apenas.

Resumindo: adoramos o atendimento, os preços e os hambúrgueres. Voltaremos em breve! Aprovadíssimo e recomendadíssimo! 🙂

Beppler hamburgueria
Av. Madre Benvenuta, 686 – Santa Mônica
ou
Rua Desembargador Pedro Silva, 3146 – Itaguaçu
Florianópolis/SC
Fone: (48) 3209-1559
Página no facebook

Pão de abóbora

IMG_8196b

A receita com a cor mais linda está desfilando no blog hoje! hahaha Como lidar com esse pão de abóbora mais lindo da vida? Olhem essa cor, zero filtro, zero corante, tudo real! Comida de verdade, gente, é maravilhosa assim. ❤ E também é sem glúten, lactose, ovo, soja e vegano! Impossível não amar, né? Então chega de blá-blá-blá e vamos logo à receita.

IngredientesIMG_8207b

2 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha – receita aqui)
3 colheres (sopa) de azeite de oliva ou outro óleo vegetal
1 colher (chá) cheia de sal
1 colher (cafezinho) de açúcar demerara (apenas para realçar o sabor)
2 xícaras de leite vegetal (ou água)
3/4 de xícara de abóbora cozida e amassada (já fria) – usamos abóbora japonesa
1 xícara de polvilho doce
2 xícaras de farinha de arroz 

1/2 xícara de farinha de grão-de-bico

1 colher (sopa) de sarraceno
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer

Comece batendo na batedeira os “ovos” de linhaça, o azeite, o sal e o açúcar. Em seguida acrescente a abóbora e o leite e bata bem. Na sequência, adicione as farinhas e continue batendo. Por fim, adicione o fermento e o bicarbonato e bata apenas para incorporá-los à massa. Por cima, polvilhamos linhaça dourada. Leve a assar em forno preaquecido a 200 ºC por 40-45 minutos em fôrma untada e polvilhada com alguma farinha sem glúten (usamos fubá, para continuar amarelinho).

IMG_8200b

Fica ou não fica uma lindeza? Completamente apaixonada! E é tão lindo quanto saboroso. Esse pão tostadinho com manteiga ghee fica simplesmente perfeito, vocês precisam experimentar!

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina