Croquete de frango com batata

img_6479b

Oi, gente! Tudo bem? Hoje compartilho com vocês uma receita suuuuuuuuper prática e fácil de fazer, além de deliciosa e sem glúten, sem lactose, sem ovo e sem soja: croquete de frango com batata-doce. Vejam só como é fácil de fazer.

Ingredientesimg_6485b

500 g de frango (limpo e cru)
500 g de batata-doce
Sal a gosto (usei 1 colher chá)
Temperos a gosto (pimenta, salsinha, cebolinha etc.)

Farinha de linhaça dourada para empanar (acrescentei uma pitadinha de sal e pimenta para dar um sabor à farinha de linhaça, fica ótimo)

Modo de fazer

Cozinhe a batata até ficar bem macia. Depois, junte todos os ingredientes no processador e bata até obter uma mistura homogênea. Molde os croquetes (ou o formato que você preferir), passe na farinha de linhaça para empanar e estão prontos para serem assados, fritos ou congelados. Asso em forno preaquecido a 180 ºC por cerca de 20-25 minutos ou na air fryer a 180 ºC por cerca de 15 minutos. Para congelar, disponho os croquetes em uma fôrma e levo ao freezer até que eles endureçam; depois, transfiro para um pote ou sacos de congelar e armazeno no freezer por até 3 meses. Eu asso no forno ou air fryer congelado mesmo.

img_6486b

Bem simples e delicioso! Super prático para ter em casa naqueles dias de pressa. Ainda fica mara de petisco para acompanhar uma cerveja sem glúten! 😉

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Anúncios

Bolacha Maria

FullSizeRenderb

Oi, genteeee! A receita mais maravideusa dos últimos tempos está no ar: Bolacha Maria!!! Isso mesmo, fizemos uma versão própria para intolerantes, todinha sem glúten, lactose, ovo e soja! Eba! 🙂 A receita é muuuuuuuito fácil de fazer, muito fácil mesmo, mas ela tem alguns detalhes que fazem com que fique muito parecida com a bolacha industrializada. Tentamos algumas substituições, fizemos testes variados, mas apenas esta receita aqui foi a que ficou a mais idêntica à bolacha Maria original. No final do post, vamos dar mais algumas explicações e informar substituições que não dão certo, então leiam tudinho. 😉 Mas agora vamos à receita tão esperada. ❤

IngredientesIMG_8544b

½ xícara de farinha de amêndoas
½ xícara de polvilho doce
¾ xícara de amido de milho
3 xícaras de farinha de arroz
2 “ovos” de linhaça (substituto do ovo de galinha – receita aqui)
1 e ½ xícaras de açúcar demerara
3 colheres (sopa) de manteiga ghee + 1 colher (sopa) de creme vegetal
1 xícara de leite de amêndoas gelado
1 colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer

Em um bowl, junte todos os ingredientes (com o “ovo” de linhaça previamente preparado) e misture-os muito bem com as mãos, até obter uma massa homogênea. Embrulhe a massa em um plástico-filme e leve à geladeira por 30 minutos. Depois, abra a massa entre plásticos (usamos aqueles saquinhos de congelar) com auxílio de um rolo de macarrão, corte redondo (usamos uma tampa de pote para que todas as bolachas ficassem do mesmo tamanho) e faça furinhos (exatamente como na bolacha Maria industrializada) com um garfo. Leve a assar em uma fôrma forrada com papel-manteiga, que também deve ser untado e enfarinhado (com farinha de arroz) – isso facilitará muito na hora de retirar as bolachas prontas –, em forno a 200 ºC por 10-15 minutos (as nossas ficaram em média 13 minutos assando). Deixe esfriar em uma grade para não amolecer.

IMG_8546b

Muito fácil de fazer, né gente? Só ingredientes básicos, nada diferentão, tudo muito tranquilo de achar. Aí é só juntar tudo, moldar as bolachas e se jogar! Impossível não amar essa receita! ❤ Ah, e rende bastante! Acho que rende igual a um pacote da bolacha Maria industrializado, deve render em torno de 30 bolachas (o pessoal atacou, não deu nem tempo de contar hehehe).

Agora vamos à dicas…

O leite utilizado deve ser o de alguma oleaginosa (usamos o de amêndoas), pois contém a gordura natural. Com o leite de arroz não funciona, testamos e a bolacha fica dura e seca. Não testamos com leite de coco, mas acredito que também funcione, mas não deve ser aquele light, o com teor reduzido de gordura, precisa ser o normal.
Você pode usar só manteiga ghee ou só creme vegetal (usamos a Becel azul, que é sem leite), mas foi o mix dos dois que deu a textura perfeita à bolacha. Creme vegetal não é nada saudável, todo mundo sabe que é muito trash, mas a bolacha Maria industrializada também passa loooooonge de ser saudável, então eu não tenho problema em consumir uma vez em uma ocasião como essa (afinal, faz 3 anos que não como uma bolacha Maria, pra mim vale a pena). Então, se você optar por usar apenas a manteiga ghee, também dará certo, mas não ficará tão crocante. Não testamos com nenhum óleo.
É necessário usar polvilho e amido de milho, essa mistura também levou à consistência perfeita.
→ Essa medida de 1 e ½ xícaras de açúcar fica perfeita com o açúcar demerara, se você usar outro tipo de açúcar terá de mudar a medida. Testamos com o açúcar refinado, por exemplo, e não ficou bom, parece que ficou menos doce, teria de ser mais.
Conserve em um pote bem vedado, se não amolece. Conservamos as nossas por uma semana em um pote de vidro bem fechado e ficaram perfeitas.

IMG_8549b

Nós fizemos também a Bolacha Maria de chocolate, porque aqui ninguém brinca em serviço, rá!!! Postaremos em breve, porque ainda precisa de alguns testes para ficar mais parecida com a industrializada. 😉

Pra quem não viu, postamos no instagram e no facebook um vídeo em que é possível sentir a crocância deliciosa das nossas bolachas, dá play e confere só:

Esperamos que tenham gostado dessa receita. Fizemos e compartilhamos de coração, porque sabemos o quanto faz a diferença na vida dos intolerantes. Esperamos de verdade que se deliciem e aproveitem muito as nossas bolachas Maria.

Beijos, Letícia e Regina