Bolo de banana de micro-ondas

IMG_9870b

Oi, genteeee! Hoje viemos compartilhar com vocês o Bolo de Banana mais fácil de fazer dessa vida! Sabe aquele dia em que você tá morrendo de fome e quer comer um bolo gostoso e saudável, mas não tem tempo de preparar? Então se joga nessa receita que é moleza e só leva ingredientes do bem e livres de glúten, leite e ovo, além de ser vegana! ❤ Bora aprender a fazer essa gostosura!

Ingredientes

½ banana amassada ou 1 banana pequena (usei banana-branca/banana-prata)
½ colher (sopa) de melado
¼ xícara de farinha de aveia sem glúten (só liquidificar a aveia sem glúten até virar farinha)
1 colher (sopa) de coco ralado
½ colher (chá) de fermento químico

Modo de fazer

Misture todos os ingredientes em uma caneca e leve ao micro por 1 a 2 minutos. Para cobertura, derreti chocolate 85% cacau e salpiquei coco em fitas.

IMG_9879b

Sim, só isso, pode acreditar!!! Mais fácil impossível, gente! Eu tenho feito bastante para levar de lanche nos dias em que tenho aula à tarde e quero comer algo gostoso, mas sem enfiar o pé na jaca. Faço de manhã, coloco num potinho e levo na bolsa para comer na hora do lanche. Fica a ideia para preparar de lanchinho para a criançada também, elas vão amar.

Um dica é substituir a cobertura e colocar um quadradinho de chocolate 85% picado (ou gotas de chocolate) no meio da massa. Fica deliciosooooooo!!! Façam, please, vocês não vão se arrepender! É apenas o melhor bolo de caneca das galáxias! 🙂

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Arraiá SOS Intolerante: Paçoca

Paçoca

Último post do nosso Arraiá SOS Intolerante 😦 Mas vamos fechar com chave de ouro com essa receita maravideusa de Paçoca. Paçoca é amor real-oficial! Meu deus, que coisa boa e viciante! Nada como uma paçoquinha para animar, não é mesmo? Sim, eu gosto demais de paçoca, já deu para perceber, né?! kkkk 😀 Essa receita é da minha querida amiga Formiguinha Fit, eu apenas adaptei para que rendesse mais e eu pudesse consumir, mas a criação dessa delícia é dela (ela agora também tem um perfil maravilhoso de confeitaria, vê só: formiguinha.confeiteira). Essa versão que fiz é sem glúten, leite, ovos, soja e ainda é vegana! Bora já pra receita dessa delícia!

IMG_1106b

Ingredientes

1 xícara de amendoim torrado e moído (comprei pronto, da marca Santa Helena)
½ xícara de açúcar
½ xícara de farinha de aveia sem glúten
2 colheres (sopa) beeeem cheias de pasta de amendoim integral (se for preciso, adicione mais para dar o ponto – receita aqui)
1 pitadinha de sal

Modo de fazer

No processador, junte todos os ingredientes e bata até misturar bem. Cuidado para não bater por muito tempo e ficar mole demais, como uma pasta. Deve-se bater apenas para misturar os ingredientes e deixá-los mais “fininhos”. Se preferir, pode misturar à mão, mas a paçoca ficará com um pouquinho mais de pedaços (o processador ajuda a deixar mais homogêneo), porém também funciona. Aí é só moldar as paçocas (nós usamos um aro para que todas ficassem iguais e com o formato bem certinho de paçoca rolha, mas você pode usar forminhas de silicone ou até de gelo, fazer em bolinha ou como preferir), deixar uns minutinhos na geladeira para firmar bem e, pronto, atacar!

Fica boa demais, genteeee! Paçoca viciante! E você não precisa mais pagar um absurdo na Paçoquita com aveia, já pode fazer a sua em casa… 😛 Quer deixar ainda mais parecida? Substitua o açúcar por adoçante e, voilà, igual à Paçoquita diet com aveia! 😉

IMG_1108b

Para obter farinha de aveia sem glúten eu bati os flocos de aveia até eles virarem farinha (usei da marca Jasmine – você encontra facilmente em supermercados e lojas de produtos naturais).

Quanto ao açúcar (qualquer um que você usar), é bacana liquidificá-lo bem, até virar um pó, para não ficar pedaços. Nos nossos testes, açúcar demerara ou branco deixam o sabor da paçoca MUITO parecido com original. Já o mascavo fica bem marcado, mas também bastante saboroso, se você gostar. Dá para fazer com mel/melado, mas aí aumente a quantidade de amendoim até dar ponto (serão cerca de 2 a 3 xícaras de amendoim torrado e moído, mas vá colocando as poucos e sentindo a consistência).

É isso aí, o Arraiá SOS Intolerante chegou ao fim! 😦 Mas nada de ficar triste, ano que vem tem mais! Até lá, bora fazer e refazer essas receitas o ano todo! A vida é muito curta para comermos esses quitutes apenas nas festas juninas! hahaha 🙂

Beijos, Letícia e Regina

Torta integral de carne e legumes (sem massa)

IMG_0955b

Oie, receita diferentona por aqui! Minha queria uma torta diferente para fazer no almoço, algo saudável, sem massa e que fosse leve, eis que sai essa torta integral de carne moída e legumes MARAVILHOSA!!! Pensa numa torta saborosa, macia, fofinha e leve! Sem palavras, melhor da vida. Apenas façam na casa de vocês e confirmem essa gostosura! 😛

Ingredientes

3 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha – receita aqui)
IMG_0966b2 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de farinha de amaranto
2 colheres (sopa) de farinha de aveia sem glúten (só trituramos a aveia sem glúten até virar farinha)
2 colheres (sopa) de farinha de grão-de-bico
1 xícara de farinha de arroz integral
2 e ½ xícaras de leite vegetal (usamos leite de arroz – receita aqui)
1 colher (sopa) de fermento químico
½ kg de carne moída (usamos Patinho)
1 cebola-roxa picadinha
1 xícara de cenoura ralada
2 xícaras de abobrinha picadas
2 colheres (sopa) de salsinha, cebolinha e alho-poró
Sal e pimenta a gosto

Modo de fazer

Comece fritando a cebola-roxa, acrescente a carne moída, a cenoura relada, a abobrinha, a salsinha, cebolinha, alho-poró, pimenta e sal. Refogue tudo muito bem. Reserve.

Misture os “ovos” de linhaça com o azeite, até homogeneizar. Em seguida, acrescente o leite de arroz e as farinhas, misturando bem. Por fim, incorpore o fermento químico à mistura. Acrescente a carne moída refogada com os legumes à massa e misture. Disponha em uma fôrma de fundo removível ou em um refratário e leve ao forno a 200 ºC por cerca de 25-30 min.

IMG_0957b

Fica boa demais, genteee! Dá para congelar também. Eu já congelei em porções menores, assim fui descongelando aos poucos, apenas o que iria comer naquela refeição. Deixei descongelar em geladeira durante a noite e apenas esquentei no micro-ondas na hora de consumir. Fica uma delícia da mesma forma! 🙂 Gostei bastante dessa ideia para levar na marmita do dia a dia, apenas incluo mais uma porção de salada e tá pronto meu almoço.

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Manteiga de coco caseira

como-fazer-manteiga-de-coco-3b

Oi, gente! Receita novinha em folha no blog, e, além de ser sem glúten e lactose, ainda é muito saudável, deliciosa e vegana: Manteiga de coco! Eu digo que é a prima da manteiga de amendoim, porque é igualzinha para preparar, o passo a passo é o mesmo, e você só precisa de coco e um processador. Vamos já para a receita e depois passo as informações importantes. 😉

Ingredientes

300 g de coco ralado seco/desidratado (usei este aqui, da Sococo)

Modo de fazer

Disponha o coco ralado em um processador de alimentos e processe até obter consistência mais líquida (como a pasta de amendoim). Você vai batendo e parando para mexer, tirar das bordas e deixar o processador dar uma “descansada”, se bater direto é capaz de queimá-lo, então cuidado. O processo demora cerca de 40-50 minutos (esse é o tempo no meu processador, que não é dos melhores, se você tiver um processador potente vai levar metade do tempo). Prontinho!

No vídeo a seguir mostramos o passo a passo e a consistência da manteiga de coco:

É muito fácil de fazer, né gente? Só precisa de um pouquinho de paciência. 😉 Seguem algumas receitas deliciosas que fizemos utilizando manteiga de coco:

011b

Importante:

 Dá certo apenas com o coco ralado seco/desidratado; ele não pode ser úmido, adoçado e nem desengordurado, muita atenção na hora de comprar porque as embalagens são quase iguais.

Nunca fiz com coco in natura, sempre utilizo os já prontos; não sei dizer o processo exatamente para fazer com a fruta, mas você terá de ralar o coco e secá-lo para depois processar e transformar em manteiga.

 Você conserva exatamente como pasta de amendoim, não precisa conservar em geladeira. Eu guardo em um pote de vidro bem vedado longe de calor e umidade. Já ficou 1 mês em perfeito estado. Quando acho que vou demorar demais para comer acabo colocando na geladeira, aí pode deixar meses.

Na geladeira ou em dias muito frios sua manteiga ira solidificar. Mas não tem problema, basta aquecê-la em banho-maria (ou até no micro-ondas) que ela volta a ficar líquida.

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Onde comer – Mac Fit

img_9815b

Oi, gente! Hoje viemos com mais um post da série Onde comer. Fazia tempo que não trazíamos uma dica dessas, né? O lugar de hoje é 100% voltado aos intolerantes e alérgicos, chama-se Mac Fit. Estava em Balneário Camboriú (Santa Catarina) e encontrei o local sem querer, acabei passando em frente e vi que tudo era sem glúten, lactose, soja e com uma pegada funcional, saudável, fit. A ideia deles foi justamente criar um fast food saudável de verdade. Resolvi jantar ali para experimentar e conto tudin para vocês.

O local abriu há pouco tempo (em dezembro de 2016), mas já está fazendo o maior sucesso. O ambiente é muito legal, amplo, espaçoso e tudo faz remeter aos fast foods que conhecemos. No cardápio há opções de hambúrguer de carne, frango orgânico, salmão e vegetariano. As batatas são assadas (nada de fritura por lá); não há refrigerante, e sim sucos naturais (deliciosos!) e sem açúcar. Há ainda opções de saladas variadas, uma inclusive com nuggets funcionais, assados, empanados com gergelim e quinoa (na próxima quero muito experimentar). E, claro, fast food de verdade deve ter milkshake e sundae! Os milkshakes são de chocolate, morango ou açaí e tem também o sundae de chocolate (com pasta de amendoim e cookies, nhami) – tudin sem glúten e lactose, os sorvetes são sorbets à base de água, deliciosos!!!img_9821b

Vamos aos escolhidos! Eu optei pelo hambúrguer de frango orgânico, que estava delicioso! Tive de tirar o queijo de búfala e a maionese funcional de parmesão por causa das minhas alergias. Acabei não me ligando na hora, mas podia ter pedido ketchup funcional. O pão é sem glúten e leite, leva poucos ingredientes, mas contém ovo (como posso consumir de vez em quando, tudo ok, mas se você for alérgico não rola). As batatas eram boas, o sabor era gostoso, mas estavam um pouco amolecidas. Quanto ao suco, que é bem grandão, estava ótimo. Pedi o de frutas vermelhas e nele tem gengibre e beterraba, além das frutas vermelhas. Todos os sucos são funcionais, o de laranja, por exemplo, tem também cenoura, linhaça etc., bem bacana!

Quanto aos preços, a gente já sabe que vão ser mais caros que o normal, mas achei bem razoáveis. Eu pedi o combo hambúrguer de frango + batata + suco e saiu R$35,00. O suco é enoooorme, a batata é muito bem servida e o hambúrguer tem tamanho padrão. Mas você pode pedir o hambúrguer sozinho, aí sairia R$25,00.

Para finalizar, escolhi o sundae de chocolate. BOM DEMAIS!!!! Eles usam um sorbet de chocolate sem leite, pasta de amendoim integral e cookies de chocolate sem glúten e lactose. É muitíssimo bem servido, vem bastante sorvete. E sai muito mais barato que os sorbets em gelaterias. Pagamos R$12,00 no sundae enorme, e geralmente pago esse valor nas gelaterias por um potinho pequeno, com pouco sorbet.

img_9830b

Resumindo: adorei o local, o atendimento foi excelente (quando questionei se havia ovo no pão a atendente foi muito atenciosa e leu a lista com os ingredientes para mim), a ideia é incrível e acho que vale muito a pena conhecer. Quero muito voltar para experimentar a salada com nuggets, os milkshakes e outros hambúrgueres.

img_9810b

Mac Fit
Avenida Brasil, esquina com a rua 2700
Balneário Camboriú
Página no Instagram

Nuggets de frango com batata-doce

img_9298b

Oi, gente! A receita de hoje é especial para começar a semana saudável, com nuggets de frango e batata-doce. 😀 Estou fazendo uma dietinha, então essa foi uma delícia criada pela mãe da intolerante usando o que posso consumir e transformando em algo diferente, para não ficar na mesmice. AMEI!!! Os nuggets foram de frango e batata-doce porque assim já inclui a proteína e o carboidrato necessários de um jeito que deu um novo sabor ao tradicional frango com batata-doce das dietas. Mesmo com a batata-doce, achamos que ficou tão parecido com os nuggets que resolvemos chamar dessa forma. Mas em breve faremos a receita de nuggets só de frango, sem a batata, aguardem! 😉

Ingredientesimg_9305b

2 e ½ xícaras de batata-doce (cozida e amassada)
½ quilo de filé de peito de frango (cozido, temperado a gosto e desfiado bem miudinho)
½ colher (sopa) de azeite de oliva
Sal, salsinha e cebolinha (e outros temperos) a gosto
Farinha de linhaça para empanar

Modo de fazer

Em um recipiente, junte todos os ingredientes e misture bem, até obter uma massa homogênea. Modele os nuggets e passe-os na farinha de linhaça. Leve-os a assar em uma fôrma untada em forno a 200 ºC por cerca de 15 a 20 minutos ou até dourar (é rápido, pois o frango e a batata já estão cozidos).

Moleza de fazer, né gente? Minha mãe sempre desfia o frango na mão, é o jeito que ela prefere, mas quem, assim como eu, tiver preguiça de ficar desfiando, pode processá-lo ou bater no liquidificador para deixar em pedaços bem pequenos. Ou ainda você pode cozinhá-lo na panela de pressão para desfiar na panela mesmo, como mostramos AQUI.

img_9300b

Se você não gostar de batata-doce, pode usar a inglesa sem problemas ou até mesmo misturar um pouco de cada (já fizemos misturando, usamos a proporção 1 xícara de batata-inglesa e 2 e 1/2 de batata-doce, deu super certo). 😉

Se você preparar um molho, pode servir os nuggets de aperitivo, tenho certeza de que farão o maior sucesso entre os adultos e as crianças. Fica bom demais, genteee!

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Verrine cookies and cream

fullsizerenderb

Oi, gente! A receita de hoje é maravideusa: verrine cookies and cream! Peeeeensa numa coisa boa demais. E que fica ainda melhor porque é insanamente fácil de fazer, não precisa ter habilidade nenhuma praticamente para preparar! hahaha É aquela sobremesa que a pessoa olha e pensa que você levou hoooooras preparando. 😉

Ingredientes

200 ml de leite de coco (um vidrinho)
1 colher (sopa) de biomassa de banana verde
50g de chocolate sem glúten e sem lactose
Cookies da sua preferência, qualquer um sem glúten e lactose

Modo de fazer

Derreta o chocolate em banho-maria, em seguida adicione o leite de coco e a biomassa e misture muito bem até que fique um creme homogêneo; deixe esfriar. No liquidificador triture os biscoitos para que fiquem em pedacinhos bem pequenos. Agora é só montar seu verrine: uma camada de biscoito, outra de creme e assim por diante. Leve para a geladeira por pelo menos 3 horas e sirva gelado.

verrineb

Molezíssima, né? Não tem erro! Essa receita rende duas taças como a da foto. O chocolate já adoça bem, mas se você quiser algo mais docinho, é só acrescentar açúcar ou melado a seu gosto.

Quanto aos cookies, vocês podem usar qualquer um que tiverem em casa. Se quiserem fazer os seus, aqui no blog temos diversas opções, só clicar AQUI e ver todos os que já ensinamos.

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

 

Fudge de pasta de amendoim com banana

img_8645b

Oi, gente! A temperatura por aqui no Sul tem variado bastante, ainda temos dias frios, mas de vez em quando faz um calorão. E quando começa o calor, começa aquela vontade de comermos algo mais leve e refrescante. Foi aí que surgiu esse fudge de pasta de amendoim com banana. Uma DELÍCIA!!! Facílimo de fazer, muito rápido e prático, além de ser bem saudável e uma ótima opção para ter no freezer para aqueles momentos em que bate a maior vontade de comer doce. Vejam só!

Ingredientes

½ xícara de pasta de amendoim sem açúcar (receita aqui)
1 banana grande ou 2 pequenas
2 colheres (sopa) de óleo de coco (ou manteiga de coco)
2 colheres (sopa) de melado (opcional)
Pitadinha de sal

Modo de fazer

Bata todos os ingredientes no processador até obter um creme homogêneo. Despeje em uma fôrma de silicone ou em uma fôrma qualquer forrada com papel-manteiga (isso ajudará a desenformar) e leve ao freezer por pelo menos 2 horas ou até firmar bem. Aí é só desenformar, cortar em pedacinhos e se deliciar.

img_8646b

Ah, uma dica, mantenha sempre no freezer quando não estiver comendo, pois por causa do óleo de coco, esse fudge derrete facilmente. A manteiga de coco dá um pouco mais de firmeza, mas também derrete com o tempo, então mantenha sempre refrigerado. 😉

Esperamos que tenham gostado dessa opção saudável de docinho para se deliciar quando bater aquela vontade de um docinho e você não quer enfiar o pé na jaca. Esse fudge fica gostoso demais, experimentem!

Beijos, Letícia e Regina

Bombom de coco e chocolate

Biscoito de cocob

Oiiie! Receitinha doce na área! Não sabia como nomear, então escolhi bombom de coco com chocolate. Não tem farinhas, é bem natural, usando poucos ingredientes e todos do bem. Claro, tudin sem glúten, lactose, ovo, soja e ainda vegan. Ficou um doce, maravilhoso, super saudável e perfeito para passar a lombriga louca de comer doce.

Ingredientes

1 xícara de coco chips/em fitas
1 colher (sopa) de melado
2 colheres (sopa) de óleo de coco
30g de chocolate amargo (sem glúten e sem lactose) para cobertura

Modo de fazer

Junte todos os ingredientes (exceto o chocolate) no liquidificador ou processador de alimentos e bata muito bem, até obter uma mistura homogênea. Faça bolinhas com essa mistura e achate-as um pouquinho. Disponha em um recipiente forrado com papel-manteiga e leve ao congelador por 1 hora. Derreta o chocolate e passe nos bombons, um a um. Coloque-os novamente no prato com papel-manteiga e volte ao freezer por mais 30 min. Aí é só se deliciar com seus bombons de coco chips e chocolate!

IMG_7861b

Ah, as fitas de coco eu comprei numa loja de produtos naturas, já prontinhas assim. Mas você pode fazer em casa: basta “fatiar” o coco in natura com um descascador de legumes, fazendo essas fitas, e levar a assar em uma fôrma forra com papel-alumínio em forno baixo por cerca de 15 minutos (não sobreponha as fitas, coloque uma ao lado da outra). Fica uma delícia!!! Mas acho que dá um trabalhinho, então sempre acabo comprando pronta em lojas que vendam por quilo, acho que vale a pena porque me dá preguicinha de fazer. hehehe 😀

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Lasanha de abobrinha

078b

Oi, gente! Bora começar a semana fazendo uma segunda sem carne? Vai ficar facílimo com essa lasanha maravideusa! A massa foi substituída por fatias de abobrinha, huuuum, amo-amo-amo! Aí é só preparar um molho bem gostoso (optamos pelo molho vermelho) e rechear como preferir (nós usamos queijo vegano da marca Superbom). Gente, fica boa demais essa “lasanha”, e é tão fácil de fazer, confere só! 😉

Ingredientes096b

2 abobrinhas médias fatiadas bem finas
250g de queijo vegano

Molho vermelho: 1 cebola, 1 tomate sem pele e sem semente, alho a gosto, 1 colher (sopa) de extrato de tomate e temperos a gosto (sal, pimenta, salsinha, cebolinha e alho-poró).

Modo de fazer

Comece pelo molho vermelho: basta refogar a cebola e o alho em azeite de oliva até dourar bem, aí acrescente o tomate, deixe murchar um pouco e então adicione os demais ingredientes. Coloque água e deixe apurar até obter mais consistência e sabor suave.

Na sequência, fatie as abobrinhas em tiras bem fininhas (usamos um fatiador de queijo para isso). Em seguida, leve as fatias de abobrinha em uma frigideira untada com azeite de oliva, em fogo baixo, e dê uma selada nelas para que fiquem mais sequinhas e saborosas. Aí é só montar sua lasanha: comece com uma camada de molho (para que ela não grude no refratário), uma camada de abobrinha, uma camada de molho, uma camada de queijo vegano; abobrinha-molho-queijo e vá intercalando até finalizar o refratário. Então, leve ao forno médio por 20-30 minutos para esquentar e gratinar o queijo vegano.

080b

Sem palavras para descrever essa delícia, boa demais!!! Fica um prato bem diferente e muito saboroso! É uma refeição super bacana, com pouco carbo, mas se você quiser acrescentar um carboidrato, sugiro um arroz, combina perfeitamenteee, dupla deliciosa! hahaha ❤

097b

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina