Manteiga de coco caseira

como-fazer-manteiga-de-coco-3b

Oi, gente! Receita novinha em folha no blog, e, além de ser sem glúten e lactose, ainda é muito saudável, deliciosa e vegana: Manteiga de coco! Eu digo que é a prima da manteiga de amendoim, porque é igualzinha para preparar, o passo a passo é o mesmo, e você só precisa de coco e um processador. Vamos já para a receita e depois passo as informações importantes. 😉

Ingredientes

300 g de coco ralado seco/desidratado (usei este aqui, da Sococo)

Modo de fazer

Disponha o coco ralado em um processador de alimentos e processe até obter consistência mais líquida (como a pasta de amendoim). Você vai batendo e parando para mexer, tirar das bordas e deixar o processador dar uma “descansada”, se bater direto é capaz de queimá-lo, então cuidado. O processo demora cerca de 40-50 minutos (esse é o tempo no meu processador, que não é dos melhores, se você tiver um processador potente vai levar metade do tempo). Prontinho!

No vídeo a seguir mostramos o passo a passo e a consistência da manteiga de coco:

É muito fácil de fazer, né gente? Só precisa de um pouquinho de paciência. 😉 Seguem algumas receitas deliciosas que fizemos utilizando manteiga de coco:

011b

Importante:

 Dá certo apenas com o coco ralado seco/desidratado; ele não pode ser úmido, adoçado e nem desengordurado, muita atenção na hora de comprar porque as embalagens são quase iguais.

Nunca fiz com coco in natura, sempre utilizo os já prontos; não sei dizer o processo exatamente para fazer com a fruta, mas você terá de ralar o coco e secá-lo para depois processar e transformar em manteiga.

 Você conserva exatamente como pasta de amendoim, não precisa conservar em geladeira. Eu guardo em um pote de vidro bem vedado longe de calor e umidade. Já ficou 1 mês em perfeito estado. Quando acho que vou demorar demais para comer acabo colocando na geladeira, aí pode deixar meses.

Na geladeira ou em dias muito frios sua manteiga ira solidificar. Mas não tem problema, basta aquecê-la em banho-maria (ou até no micro-ondas) que ela volta a ficar líquida.

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Anúncios

Onde comer – Mac Fit

img_9815b

Oi, gente! Hoje viemos com mais um post da série Onde comer. Fazia tempo que não trazíamos uma dica dessas, né? O lugar de hoje é 100% voltado aos intolerantes e alérgicos, chama-se Mac Fit. Estava em Balneário Camboriú (Santa Catarina) e encontrei o local sem querer, acabei passando em frente e vi que tudo era sem glúten, lactose, soja e com uma pegada funcional, saudável, fit. A ideia deles foi justamente criar um fast food saudável de verdade. Resolvi jantar ali para experimentar e conto tudin para vocês.

O local abriu há pouco tempo (em dezembro de 2016), mas já está fazendo o maior sucesso. O ambiente é muito legal, amplo, espaçoso e tudo faz remeter aos fast foods que conhecemos. No cardápio há opções de hambúrguer de carne, frango orgânico, salmão e vegetariano. As batatas são assadas (nada de fritura por lá); não há refrigerante, e sim sucos naturais (deliciosos!) e sem açúcar. Há ainda opções de saladas variadas, uma inclusive com nuggets funcionais, assados, empanados com gergelim e quinoa (na próxima quero muito experimentar). E, claro, fast food de verdade deve ter milkshake e sundae! Os milkshakes são de chocolate, morango ou açaí e tem também o sundae de chocolate (com pasta de amendoim e cookies, nhami) – tudin sem glúten e lactose, os sorvetes são sorbets à base de água, deliciosos!!!img_9821b

Vamos aos escolhidos! Eu optei pelo hambúrguer de frango orgânico, que estava delicioso! Tive de tirar o queijo de búfala e a maionese funcional de parmesão por causa das minhas alergias. Acabei não me ligando na hora, mas podia ter pedido ketchup funcional. O pão é sem glúten e leite, leva poucos ingredientes, mas contém ovo (como posso consumir de vez em quando, tudo ok, mas se você for alérgico não rola). As batatas eram boas, o sabor era gostoso, mas estavam um pouco amolecidas. Quanto ao suco, que é bem grandão, estava ótimo. Pedi o de frutas vermelhas e nele tem gengibre e beterraba, além das frutas vermelhas. Todos os sucos são funcionais, o de laranja, por exemplo, tem também cenoura, linhaça etc., bem bacana!

Quanto aos preços, a gente já sabe que vão ser mais caros que o normal, mas achei bem razoáveis. Eu pedi o combo hambúrguer de frango + batata + suco e saiu R$35,00. O suco é enoooorme, a batata é muito bem servida e o hambúrguer tem tamanho padrão. Mas você pode pedir o hambúrguer sozinho, aí sairia R$25,00.

Para finalizar, escolhi o sundae de chocolate. BOM DEMAIS!!!! Eles usam um sorbet de chocolate sem leite, pasta de amendoim integral e cookies de chocolate sem glúten e lactose. É muitíssimo bem servido, vem bastante sorvete. E sai muito mais barato que os sorbets em gelaterias. Pagamos R$12,00 no sundae enorme, e geralmente pago esse valor nas gelaterias por um potinho pequeno, com pouco sorbet.

img_9830b

Resumindo: adorei o local, o atendimento foi excelente (quando questionei se havia ovo no pão a atendente foi muito atenciosa e leu a lista com os ingredientes para mim), a ideia é incrível e acho que vale muito a pena conhecer. Quero muito voltar para experimentar a salada com nuggets, os milkshakes e outros hambúrgueres.

img_9810b

Mac Fit
Avenida Brasil, esquina com a rua 2700
Balneário Camboriú
Página no Instagram

Biscoito de banana e aveia

029b

Oi, genteeee! Receitinha nova no ar, e dessa vez é todinha sem glúten, lactose, ovo, soja e saudável: biscoitos de aveia com banana!

Ingredientes

1 xícara de farinha de aveia sem glúten028b
1 xícara + 1 colher (sopa) de aveia em flocos sem glúten
2 bananas amassadas (3/4 de xícara)
4 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1 colher (sobremesa) de manteiga ghee ou óleo de coco
1 colher (chá) de canela em pó
1 colher (chá) de fermento químico
Pitadinha de sal

Modo de fazer

Misture muito bem todos os ingredientes até obter uma massa homogênea. Modele em bolinhas e leve a assar em uma fôrma forrada com papel-manteiga (que também estará untado) em forno a 200 ˚C por 20-30 minutos.

Nós gravamos essa receita em vídeo mostrando o passo a passo detalhado, o ponto da massa etc. Confiram aqui:

Bem simples de fazer, né pessoal? Não tem erro! É uma ideia super bacana para o lanche da tarde ou para um snack gostoso. Eu gosto de levar num potinho para comer no intervalo do trabalho ou das minhas aulas, mata a fome sem enfiar o pé na jaca. 🙂

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Nuggets de frango com batata-doce

img_9298b

Oi, gente! A receita de hoje é especial para começar a semana saudável, com nuggets de frango e batata-doce. 😀 Estou fazendo uma dietinha, então essa foi uma delícia criada pela mãe da intolerante usando o que posso consumir e transformando em algo diferente, para não ficar na mesmice. AMEI!!! Os nuggets foram de frango e batata-doce porque assim já inclui a proteína e o carboidrato necessários de um jeito que deu um novo sabor ao tradicional frango com batata-doce das dietas. Mesmo com a batata-doce, achamos que ficou tão parecido com os nuggets que resolvemos chamar dessa forma. Mas em breve faremos a receita de nuggets só de frango, sem a batata, aguardem! 😉

Ingredientesimg_9305b

2 e ½ xícaras de batata-doce (cozida e amassada)
½ quilo de filé de peito de frango (cozido, temperado a gosto e desfiado bem miudinho)
½ colher (sopa) de azeite de oliva
Sal, salsinha e cebolinha (e outros temperos) a gosto
Farinha de linhaça para empanar

Modo de fazer

Em um recipiente, junte todos os ingredientes e misture bem, até obter uma massa homogênea. Modele os nuggets e passe-os na farinha de linhaça. Leve-os a assar em uma fôrma untada em forno a 200 ºC por cerca de 15 a 20 minutos ou até dourar (é rápido, pois o frango e a batata já estão cozidos).

Moleza de fazer, né gente? Minha mãe sempre desfia o frango na mão, é o jeito que ela prefere, mas quem, assim como eu, tiver preguiça de ficar desfiando, pode processá-lo ou bater no liquidificador para deixar em pedaços bem pequenos. Ou ainda você pode cozinhá-lo na panela de pressão para desfiar na panela mesmo, como mostramos AQUI.

img_9300b

Se você não gostar de batata-doce, pode usar a inglesa sem problemas ou até mesmo misturar um pouco de cada (já fizemos misturando, usamos a proporção 1 xícara de batata-inglesa e 2 e 1/2 de batata-doce, deu super certo). 😉

Se você preparar um molho, pode servir os nuggets de aperitivo, tenho certeza de que farão o maior sucesso entre os adultos e as crianças. Fica bom demais, genteee!

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Bombom de coco e chocolate

Biscoito de cocob

Oiiie! Receitinha doce na área! Não sabia como nomear, então escolhi bombom de coco com chocolate. Não tem farinhas, é bem natural, usando poucos ingredientes e todos do bem. Claro, tudin sem glúten, lactose, ovo, soja e ainda vegan. Ficou um doce, maravilhoso, super saudável e perfeito para passar a lombriga louca de comer doce.

Ingredientes

1 xícara de coco chips/em fitas
1 colher (sopa) de melado
2 colheres (sopa) de óleo de coco
30g de chocolate amargo (sem glúten e sem lactose) para cobertura

Modo de fazer

Junte todos os ingredientes (exceto o chocolate) no liquidificador ou processador de alimentos e bata muito bem, até obter uma mistura homogênea. Faça bolinhas com essa mistura e achate-as um pouquinho. Disponha em um recipiente forrado com papel-manteiga e leve ao congelador por 1 hora. Derreta o chocolate e passe nos bombons, um a um. Coloque-os novamente no prato com papel-manteiga e volte ao freezer por mais 30 min. Aí é só se deliciar com seus bombons de coco chips e chocolate!

IMG_7861b

Ah, as fitas de coco eu comprei numa loja de produtos naturas, já prontinhas assim. Mas você pode fazer em casa: basta “fatiar” o coco in natura com um descascador de legumes, fazendo essas fitas, e levar a assar em uma fôrma forra com papel-alumínio em forno baixo por cerca de 15 minutos (não sobreponha as fitas, coloque uma ao lado da outra). Fica uma delícia!!! Mas acho que dá um trabalhinho, então sempre acabo comprando pronta em lojas que vendam por quilo, acho que vale a pena porque me dá preguicinha de fazer. hehehe 😀

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Lasanha de abobrinha

078b

Oi, gente! Bora começar a semana fazendo uma segunda sem carne? Vai ficar facílimo com essa lasanha maravideusa! A massa foi substituída por fatias de abobrinha, huuuum, amo-amo-amo! Aí é só preparar um molho bem gostoso (optamos pelo molho vermelho) e rechear como preferir (nós usamos queijo vegano da marca Superbom). Gente, fica boa demais essa “lasanha”, e é tão fácil de fazer, confere só! 😉

Ingredientes096b

2 abobrinhas médias fatiadas bem finas
250g de queijo vegano

Molho vermelho: 1 cebola, 1 tomate sem pele e sem semente, alho a gosto, 1 colher (sopa) de extrato de tomate e temperos a gosto (sal, pimenta, salsinha, cebolinha e alho-poró).

Modo de fazer

Comece pelo molho vermelho: basta refogar a cebola e o alho em azeite de oliva até dourar bem, aí acrescente o tomate, deixe murchar um pouco e então adicione os demais ingredientes. Coloque água e deixe apurar até obter mais consistência e sabor suave.

Na sequência, fatie as abobrinhas em tiras bem fininhas (usamos um fatiador de queijo para isso). Em seguida, leve as fatias de abobrinha em uma frigideira untada com azeite de oliva, em fogo baixo, e dê uma selada nelas para que fiquem mais sequinhas e saborosas. Aí é só montar sua lasanha: comece com uma camada de molho (para que ela não grude no refratário), uma camada de abobrinha, uma camada de molho, uma camada de queijo vegano; abobrinha-molho-queijo e vá intercalando até finalizar o refratário. Então, leve ao forno médio por 20-30 minutos para esquentar e gratinar o queijo vegano.

080b

Sem palavras para descrever essa delícia, boa demais!!! Fica um prato bem diferente e muito saboroso! É uma refeição super bacana, com pouco carbo, mas se você quiser acrescentar um carboidrato, sugiro um arroz, combina perfeitamenteee, dupla deliciosa! hahaha ❤

097b

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Panqueca proteica

IMG_4319b

Hoje tem um super Fique Fit no blog com a participação do marido, Marcel, e da nossa amigona do coração, Eviilyn. Ambos compartilham várias dicas fit e bacanas no instagram, vocês precisam conferir: @dicasfitdomarcel e @formiguinha_fit. E hoje eles se juntaram para preparar uma receita especial para o SOS Intolerante: Panqueca proteica. E a panqueca foi recheada com a nossa deliciosa manteiga vegana de castanha-de-caju (receita aqui). É suuuuuuper fácil de fazer, moleza, e fica um charme. Eles montaram quase um Naked Cake Proteico, de tão lindo que ficou! Confiram…

Ingredientes

2 claras
3 colheres (sopa) de quinoa
1 colher (sopa) de chia
1 colher (sopa) de cacau 100%
2 colheres (sopa) de farinha de coco
1 colher (sopa) de mel

Modo de fazer

Em um recipiente, misture muito bem todos os ingredientes com um fouet ou um garfo, até que fique uma massa homogênea. Leve a assar em uma panquequeira ou frigideira untada com óleo de coco, asse bem dos dois lados. Depois, a montagem fica a seu critério, nós cortamos em quadrados e recheamos com a manteiga vegana de castanha-de-caju. Basta intercalar fatias da panqueca com recheio e pronto, aí está sua panqueca proteica lindona.

Vejam só o vídeo com o passo a passo rapidinho dessa receita que os dois gravaram para o nosso blog, eba!

Bacana, né gente? Fica aí uma excelente ideia de pré-treino para vocês, bem simples e rápida de fazer. Esperamos que tenham gostado, nosso agradecimento mais que especial ao Marcel e à Evillyn!

Beijos, Letícia e Regina

Palitinho de ervas finas (vegano e sem glúten)

042b

Oi, gente! Hoje tem uma receita bem bacana para vocês: palitos de ervas finas sem glúten, sem lactose, sem ovo, sem soja. Ficam deliciosos, é uma opção para servir para os amigos como petisco, alguma entradinha etc. Usamos algumas farinhas diferentes e “do bem” para deixar os palitinhos numa versão mais saudável para comer sem medo de ser feliz. 🙂 Nesse dia tivemos a companhia da nossa amiga querida, a Evillyn, nossa @formiguinha_fit; ela estava tímida e não quis aparecer no vídeo, mas também colocou a mão na massa conosco.

Ingredientes

2 “ovos” de linhaça (receita aqui)

1 colher (sopa) de fermento químico048b

1 colher (chá) de sal

4 colheres (sopa) de azeite de oliva extravirgem

50g de fécula de batata

100g de farinha de grão-de-bico

100g de farinha de arroz integral

4 colheres (sopa) de água

1 colher (sopa) de ervas finas (usamos alho-poró, orégano e alecrim, todos desidratados)

Sal grosso e ervas finas para decorar

Modo de fazer

Numa tigela, bata os ovos com o azeite de oliva usando um fouet ou um garfo. Depois, a essa mistura acrescente os demais ingredientes e mexa bem até que fique uma massa homogênea.  Faça tirinhas/cobrinhas finas com a massa e corte do tamanho desejado. Passe os palitos no sal grosso e ervas finas e disponha-os em uma fôrma forrada com papel-manteiga untado com azeite de oliva. Leve a assar em forno preaquecido a 200 oC por 20 minutos.

049b

Confiram o vídeo com o passo a passo da receita:

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita. Por aqui ela foi aprovada por todos, acabou no mesmo dia! hahaha 😀

Beijos, Letícia e Regina

Charuto de repolho recheado com carne

053bb

Hoje tem uma receita bem bacana e diferente para o Especial de Verão do blog: charuto de repolho recheado com carne moída. Fica muito semelhante a uma panqueca, porém trocamos a massa por folhas de repolho, deixando o prato bem mais leve e menos calórico. Quer comer repolho e não sabe como? Está aí um jeito ótimo de começar, fica delicioso, nem parece aquele repolho sem graça! Recomendo mesmo, fica bom demais!

Ingredientes050c

Folhas de repolho (quantas você desejar fazer)

Carne moída para o recheio

Molho vermelho

Farinha de rosca (receita aqui)

Modo de fazer

Cozinhe as folhas do repolho até que fiquem al dente (não deixe cozinhar demais, pois depois elas vão voltar ao forno), recheie com carne moída e enrole-as, fazendo como se fosse uma panqueca. Disponha num refratário, cuba com molho vermelho e polvilhe farinha de rosca sem glúten (dá aquele aspecto de queijo ralado). Leve ao forno a 180 °C por cerca de 25 minutos (apenas para esquentar, pois todos os ingredientes já estão cozidos).

Só isso, simples, não é mesmo? Fizemos um vídeo bem curtinho apenas para mostrar com mais detalhes o passo a passo para vocês:

Espero que tenham gostado! E aguardam o último post do Especial de Verão nessa sexta, já adianto que será uma receita deliciosa!!!

Beijos, Letícia e Regina

Suflê de cenoura

058b

Hoje trazemos uma receita sensacional: suflê de cenoura. Um receita vegana, sem glúten, sem lactose e muito saborosa. Esse suflê é uma ótima ideia para crianças ou quem quer começar a comer cenoura, fica com o sabor sutil, nada muito agressivo ao paladar, muito bacana. Ele fica bem fofinho, quase um purê, bom demais!!! E o melhor, muito prático e rápido de fazer.

Ingredientes060b

4 cenouras

1 cebola média

1 tomate

1 tablete de caldo de legumes sem glúten

1 copo de leite de arroz (receita aqui)

1 colher (sopa) de amido de milho

1 colher (sopa) margarina sem lactose

1 “ovo” de linhaça (receita aqui)

Modo de fazer

Refogue as cenouras com a cebola picada, o tomate picado e o caldo de legumes. Não deixe secar todo o caldo, deixe molhadinho. Adicione esse refogado no liquidificador com os “ovos” de linhaça, o amido de milho, o leite de arroz e a margarina sem lactose. Bata bem e disponha em um refratário já untado e polvilhado (opcional) com farinha de rosca sem glúten (receita aqui). Leve o suflê a assar em forno preaquecido a 180 oC até que fique dourado (de 25 a 30 minutos).

Prontinho, já pode servi-lo. Prático, não é mesmo? Filmamos o passo a passo bem rapidinho para vocês conferirem essa delícia:

Bom demais, né? Não deixem de nos contar o que acharam dessa receita.

064b

Beijos, Letícia e Regina