Onde comer – Mac Fit

img_9815b

Oi, gente! Hoje viemos com mais um post da série Onde comer. Fazia tempo que não trazíamos uma dica dessas, né? O lugar de hoje é 100% voltado aos intolerantes e alérgicos, chama-se Mac Fit. Estava em Balneário Camboriú (Santa Catarina) e encontrei o local sem querer, acabei passando em frente e vi que tudo era sem glúten, lactose, soja e com uma pegada funcional, saudável, fit. A ideia deles foi justamente criar um fast food saudável de verdade. Resolvi jantar ali para experimentar e conto tudin para vocês.

O local abriu há pouco tempo (em dezembro de 2016), mas já está fazendo o maior sucesso. O ambiente é muito legal, amplo, espaçoso e tudo faz remeter aos fast foods que conhecemos. No cardápio há opções de hambúrguer de carne, frango orgânico, salmão e vegetariano. As batatas são assadas (nada de fritura por lá); não há refrigerante, e sim sucos naturais (deliciosos!) e sem açúcar. Há ainda opções de saladas variadas, uma inclusive com nuggets funcionais, assados, empanados com gergelim e quinoa (na próxima quero muito experimentar). E, claro, fast food de verdade deve ter milkshake e sundae! Os milkshakes são de chocolate, morango ou açaí e tem também o sundae de chocolate (com pasta de amendoim e cookies, nhami) – tudin sem glúten e lactose, os sorvetes são sorbets à base de água, deliciosos!!!img_9821b

Vamos aos escolhidos! Eu optei pelo hambúrguer de frango orgânico, que estava delicioso! Tive de tirar o queijo de búfala e a maionese funcional de parmesão por causa das minhas alergias. Acabei não me ligando na hora, mas podia ter pedido ketchup funcional. O pão é sem glúten e leite, leva poucos ingredientes, mas contém ovo (como posso consumir de vez em quando, tudo ok, mas se você for alérgico não rola). As batatas eram boas, o sabor era gostoso, mas estavam um pouco amolecidas. Quanto ao suco, que é bem grandão, estava ótimo. Pedi o de frutas vermelhas e nele tem gengibre e beterraba, além das frutas vermelhas. Todos os sucos são funcionais, o de laranja, por exemplo, tem também cenoura, linhaça etc., bem bacana!

Quanto aos preços, a gente já sabe que vão ser mais caros que o normal, mas achei bem razoáveis. Eu pedi o combo hambúrguer de frango + batata + suco e saiu R$35,00. O suco é enoooorme, a batata é muito bem servida e o hambúrguer tem tamanho padrão. Mas você pode pedir o hambúrguer sozinho, aí sairia R$25,00.

Para finalizar, escolhi o sundae de chocolate. BOM DEMAIS!!!! Eles usam um sorbet de chocolate sem leite, pasta de amendoim integral e cookies de chocolate sem glúten e lactose. É muitíssimo bem servido, vem bastante sorvete. E sai muito mais barato que os sorbets em gelaterias. Pagamos R$12,00 no sundae enorme, e geralmente pago esse valor nas gelaterias por um potinho pequeno, com pouco sorbet.

img_9830b

Resumindo: adorei o local, o atendimento foi excelente (quando questionei se havia ovo no pão a atendente foi muito atenciosa e leu a lista com os ingredientes para mim), a ideia é incrível e acho que vale muito a pena conhecer. Quero muito voltar para experimentar a salada com nuggets, os milkshakes e outros hambúrgueres.

img_9810b

Mac Fit
Avenida Brasil, esquina com a rua 2700
Balneário Camboriú
Página no Instagram

Anúncios

Verrine cookies and cream

fullsizerenderb

Oi, gente! A receita de hoje é maravideusa: verrine cookies and cream! Peeeeensa numa coisa boa demais. E que fica ainda melhor porque é insanamente fácil de fazer, não precisa ter habilidade nenhuma praticamente para preparar! hahaha É aquela sobremesa que a pessoa olha e pensa que você levou hoooooras preparando. 😉

Ingredientes

200 ml de leite de coco (um vidrinho)
1 colher (sopa) de biomassa de banana verde
50g de chocolate sem glúten e sem lactose
Cookies da sua preferência, qualquer um sem glúten e lactose

Modo de fazer

Derreta o chocolate em banho-maria, em seguida adicione o leite de coco e a biomassa e misture muito bem até que fique um creme homogêneo; deixe esfriar. No liquidificador triture os biscoitos para que fiquem em pedacinhos bem pequenos. Agora é só montar seu verrine: uma camada de biscoito, outra de creme e assim por diante. Leve para a geladeira por pelo menos 3 horas e sirva gelado.

verrineb

Molezíssima, né? Não tem erro! Essa receita rende duas taças como a da foto. O chocolate já adoça bem, mas se você quiser algo mais docinho, é só acrescentar açúcar ou melado a seu gosto.

Quanto aos cookies, vocês podem usar qualquer um que tiverem em casa. Se quiserem fazer os seus, aqui no blog temos diversas opções, só clicar AQUI e ver todos os que já ensinamos.

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

 

Fudge de pasta de amendoim com banana

img_8645b

Oi, gente! A temperatura por aqui no Sul tem variado bastante, ainda temos dias frios, mas de vez em quando faz um calorão. E quando começa o calor, começa aquela vontade de comermos algo mais leve e refrescante. Foi aí que surgiu esse fudge de pasta de amendoim com banana. Uma DELÍCIA!!! Facílimo de fazer, muito rápido e prático, além de ser bem saudável e uma ótima opção para ter no freezer para aqueles momentos em que bate a maior vontade de comer doce. Vejam só!

Ingredientes

½ xícara de pasta de amendoim sem açúcar (receita aqui)
1 banana grande ou 2 pequenas
2 colheres (sopa) de óleo de coco (ou manteiga de coco)
2 colheres (sopa) de melado (opcional)
Pitadinha de sal

Modo de fazer

Bata todos os ingredientes no processador até obter um creme homogêneo. Despeje em uma fôrma de silicone ou em uma fôrma qualquer forrada com papel-manteiga (isso ajudará a desenformar) e leve ao freezer por pelo menos 2 horas ou até firmar bem. Aí é só desenformar, cortar em pedacinhos e se deliciar.

img_8646b

Ah, uma dica, mantenha sempre no freezer quando não estiver comendo, pois por causa do óleo de coco, esse fudge derrete facilmente. A manteiga de coco dá um pouco mais de firmeza, mas também derrete com o tempo, então mantenha sempre refrigerado. 😉

Esperamos que tenham gostado dessa opção saudável de docinho para se deliciar quando bater aquela vontade de um docinho e você não quer enfiar o pé na jaca. Esse fudge fica gostoso demais, experimentem!

Beijos, Letícia e Regina

Torta fit de chocolate

FullSizeRenderb

Pensei em muitos nomes para dar a essa torta, torta dupla de chocolate, torta funcional, fit, isso ou aquilo, mas queria mesmo dizer que ela simplesmente DELICIOSA!!! E durou pouquíssimas horas aqui em casa. Fiz uma torta de chocolate com “ganache” numa versão saudável, fit, funcional, vegana e, é claro, sem glúten, nem lactose, ovo e soja. Peeeensa numa coisa boa! Esse “ganache” de cima é viciante! Geladinho, então, fica perfeito para o calorão que tem feito por aqui nesse verão. Mas chega de enrolar e vamos à receita. 🙂

Ingredientes (“ganache”)

½ xícara de óleo de coco (encontre aqui)
¼ xícara de melado (encontre aqui) ou agave ou maple syrup
½ xícara de cacau em pó
½ colher (chá) de extrato de baunilhaIMG_7386b

Modo de fazer

Coloque todos os ingredientes no liquidificador ou processador e bata muito bem, até obter uma massa lisa e homogênea. Reserve.

Ingredientes (“massa”)

1 xícara de coco ralado sem açúcar
2 ½ xícaras de farinha de amêndoas (ou de qualquer outra oleaginosa)
¼ xícara de cacau em pó 100%
½ xícara de melado (encontre aqui) ou agave, maple syrup etc.
½ xícara de óleo de coco (encontre aqui)
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Modo de fazer

Coloque o coco ralado e a farinha de amendoim no processador e bata por uns 30 segundos. Em seguida, adicione os demais ingredientes e processe até obter uma massa homogênea. Coloque em uma fôrma de fundo removível (a minha tinha o tamanho aproximado de um pão de hambúrguer, não é grandona) e leve ao freezer por 20 minutos. Coloque a cobertura por cima e volte ao freezer por mais 30 minutos. Retire apenas na hora de servir.

Atente para o seu extrato ou essência de baunilha, pois geralmente contém água. A água e o óleo (nesse caso, de coco) não se misturam, então sua massa e sua cobertura podem ficar com uma consistência mais aguada. Mas não tem problema, depois que congela fica com aspecto normal. Meu primeiro teste foi com extrato de baunilha puro que continha água e ficou ótimo depois que congelou. De qualquer modo, a baunilha é opcional, você pode fazer sem se preferir.

IMG_7384b

Apenas façam, façam, façam! Taí uma ideia boa para matar aquela vontade de doce sem enfiar o pé na jaca ou para uma torta lindeusa para arrasar no final de semana. Corre que hoje ainda é quinta e dá tempo de adquirir os ingredientes de que você precisa. 😉

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Pasta de amendoim caseira

eb

Oi, gente! Vou compartilhar com vocês uma receita que sempre que posto nas redes sociais me pedem para fazer vídeo e explicar o passo a passo: como fazer pasta de amendoim caseira. Na verdade não é nem uma receita, apenas compartilho com vocês o modo como faço e algumas dicas para deixar o processo ainda mais rápido e prático. Eu fiz a pasta de amendoim pura, sem açúcar nem sal, algo mais saudável. Mas você pode modificá-la seu gosto, por exemplo adicionando mel, melado, canela, cacau, açúcar, sal (sim, tem gente que prefere a pasta salgada) etc. Sai muiiiiito mais em conta fazer a sua própria pasta de amendoim em casa, gente! Então bora para o passo a passo! 🙂

Ingredientesab

Amendoim torrado e moído (sem sal/sem açúcar)

Modo de fazer

Coloque no processador e bata até obter ponto de pasta. Vá parando e mexendo para que bata de forma homogênea. O processo é rápido, leva de 10 a 15 minutos. Conserve em um recipiente bem vedado em temperatura ambiente (não precisa colocar na geladeira). Só isso, fácil demais!!! Aqui, na hora de bater, você pode acrescentar o que quiser na sua pasta. Eu faço sempre pura, mas você pode adicionar o que preferir.

Dica: compre já o amendoim torrado e moído (eu uso o da marca Santa Helena, pago R$11,75 no pacote de 1,05 kg), isso facilitará muito a sua vida – e a vida útil do seu processador hahaha :D. Anteriormente já fiz com o amendoim torrado e granulado, que é bem pequeno e também torna o processo rápido. Dá para fazer com o amendoim inteiro, claro, mas demora muuuuito mais, você tem de parar para não superaquecer o processador e queimá-lo (conheço pessoas que queimaram o processador fazendo pasta de amendoim).

No vídeo mostro o passo a passo completo de como preparar a pasta de amendoim caseira e falo mais dicas:

Moleza, né gente? Vale muito a pena fazer em casa, é facílimo e barato! Eu adoro comer com banana ou biscoito de arroz, às vezes como até pura de sobremesa, hmmm que delícia! 🙂

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Brownie raw

026b

Oi, gente! Semana começando com receita fit no blog: brownie raw! Simplesmente o melhor brownie da vidaaa!!! E o mais fácil de fazer! Com apenas quatro ingredientes, não vai ao forno (por isso, raw), é sem glúten, sem lactose, sem ovo, sem soja, sem fermento, zero açúcar, vegano e funcional. Melhor impossível! Essa receita é para que todos possam comer sem enfiar o pé na jaca. Tudo de bom!!! Confiram como prepará-la! 😉

Ingredientes019b

3 xícaras de tâmaras sem caroço
½ xícara de cacau em pó sem açúcar
1 ¼ de xícara de farinha de amendoim
1 colher (chá) de extrato (ou essência) de baunilha

Modo de fazer

O primeiro passo é deixar as tâmaras de molho em água mineral por 4 horas. Depois desse tempo, escorra a água das tâmaras e processe-as sozinhas, quando adquirir uma consistência de pasta, adicione os demais ingredientes e processe bem, até obter uma massa homogênea (vejam o ponto no vídeo abaixo). Forre uma fôrma (pequena, a que usei tem um palmo de largura e três dedos de altura) com papel-manteiga e coloque a massa na fôrma, espalhando muito bem. Leve ao congelador por 1 hora ou deixe na geladeira por pelo menos 4 horas. Aí é só desenformar, cortar em pedacinhos, polvilhar cacau em pó por cima e está pronto para servir.

Confiram o passo a passo da receita no vídeo que preparamos:

Muito fácil, né gente?? Essa receita tem tudo a ver com o verão/calor, esse brownie geladinho fica simplesmente incrível!!!

018b

Ah, muita gente me pergunta se pode substituir a tâmara por outra fruta seca. Pode sim, porém a tâmara tem um sabor muito neutro quando usada em receitas, então o que prevalece é o gosto do cacau, da baunilha e da farinha de amendoim. A tâmara ajuda mais a dar a liga necessária, sem deixar gosto residual. Mas se você quiser pode usar qualquer outra fruta seca de sua preferência.

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Cookies com pasta de amendoim

IMG_6700b

Oi, genteee! A receita de hoje é deliciosaaaaa demaissss: peanut butter cookie, o famoso cookie com pasta de amendoim!!! Pasta de amendoim é vida, agora imagina maravilhosos cookies com pasta de amendoim. Apenas juntamos uma coisa incrível com outra mais incrível ainda. E o melhor: tudinho sem glúten, sem lactose, sem ovo, sem soja e vegano! Quer mais? É facílimo de fazer, daquelas receitas em que você juntas tudo, mistura e leva a assar. Corre anotar que essa é top!

Ingredientes

1 “ovo” de chia (uma colher de sopa de chia de molho em três colheres de sopa de água mineral por 20 minutos)IMG_6703b
6 colheres (sopa) cheias de pasta de amendoim natural (sem açúcar)
6 colheres (sopa) de açúcar de coco
1 colher (sopa) de cacau
1 colher (café) de sal
¾ xícara de fécula de batata
½ xícara de farinha de arroz
1 colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer

Comece misturando o “ovo” de chia, a pasta de amendoim e o açúcar de coco. Em seguida, adicione os demais ingredientes e misture bem, até que vire uma massa homogênea. Molde os cookies e leve a assar em fôrma forrada com papel-manteiga em forno preaquecido a 180 ºC por 10-15 minutos.

Prontinho! Aí é só se deliciar com seus cookies fofinhos, macios e muuuuuito saborosos! E sem enfiar o pé na jaca, né? Receita boa e saudável, nham! 🙂

IMG_6702b

PS: Alguém percebeu que estamos num caso de amor com a fitinha quadriculada? Ela tá marcando presença em todas as receitas! hahahaha 😀

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Farofa.la – Snacks saudáveis

f1

Oi, genteee! O post de hoje é uma dica maravilhosa para quem curte snacks, mas não quer fugir da dieta ou opta por uma alimentação saudável. Semana passada recebemos uma caixinha recheada de delícias da Farofa.la (quem nos segue no SnapChat viu em primeira mão, segue lá, somos sosintolerante 😉 ). Nós simplesmente nos apaixonamos!!! Recebemos a caixa Gluten Free, que também era sem lactose e vinha ainda com snacks veganos.

Bom, vamos começar pela explicação. A Farofa.la é uma caixa mensal de snacks saudáveis. Todo mês você recebe na sua casa uma caixinha com 10 snacks variados. Você ainda pode escolher a caixa que mais se encaixa com o que você prefere: Gluten Free, Zero Lactose, Vegana, Mega Snackbox, Giga Snackbox ou a Avulsa. São muitas opções, para todos os gostos! 🙂 Você também pode escolher os snacks que quer ganhar, assim não tem erro, perfeito!!!

f2Na minha caixinha vieram os seguintes snacks: Biju de Coco, Telhinhas de amaranto, Top nachos, Chips refrescantes e Dadinhos de amendoim. Todos foram absolutamente aprovados pela família toda!!! São bem crocantes, fresquinhos e saborosos, provando que produtos saudáveis também são incrivelmente bons. Os meus favoritos foram os Dadinhos da amendoim (perfeição, amei!), o Top nachos (delicioso demais) e os Chips refrescantes (viciante!!!).

A proposta da Farofa.la é incrível, só produtos de qualidade, e tudo sem conservantes artificiais, sem corantes artificiais, sem adoçantes artificiais, sem aromas artificiais, sem açúcar refinado e sem gordura hidrogenada!

E tem mais! A embalagem é sensacional!!! Vem em pacote fofíssimo, com lacre tipo ziploc, que conserva seus sancks por muito tempo. Você come uma porção e pode guardá-los na própria embalagem, perfeito para levar para todos os lugares, deixar na bolsa, no escritório. Amei essa praticidade!

Viramos fã assumidas da Farofa.la! E, não, eles não estão nos pagando por este post. Estamos escrevendo por conta f3própria, porque coisa boa a gente precisa divulgar! Empresas assim merecem todo nosso respeito, pois elas nos oferecem produtos reais, comida de verdade, sem aquele monte de porcarias que muita indústria alimentícia coloca nos alimentos e nos vende na maior enganação.

E os leitores do SOS Intolerante ganham 15% desconto, basta usar o cupom SOSI9999 na sua compra. Maravilha, né? 🙂

No site vocês encontram todas as informações necessárias com mais detalhes, qualquer dúvida é só mandar e-mail, conversar via chat ou ligar, eles são muito simpáticos e vão lhe ajudar no que for preciso. 🙂

Ah, vale ressaltar que os snacks são isentos de glúten, porém são feitos em local onde também se faz snack com glúten, então pode haver contaminação cruzada. Por isso, se você for celíaco, fique atento.

Esperamos que tenham gostado dessa dica!

Beijos, Letícia e Regina

PS: Este post não é um publi remunerado, nós não recebemos nenhum valor monetário da marca, apenas ganhamos os produtos da própria Farofa.la e estamos compartilhando a nossa opinião verdadeira com vocês.

Brigadeiro com leite de coco caseiro

IMG_5803b

Oi, lindezos(as)! Hoje a receita é em comemoração ao aniversário da intolerante, que será no sábado (dia 10/10), e fica lindo para você fazer em uma festinha de aniversário: brigadeiro de copinho! Este foi feito com leite de coco caseiro (receita aqui), é vegano, sem glúten, sem lactose e delicioso! E ainda é uma versão mais saudável, usando apenas ingredientes do bem e sem gordices. 😉 Não tem erro, só juntar tudo e levar em fogo para cozinhar. É preciso ser muque para mexer, porque demora um tanto até reduzir e adquirir ponto de brigadeiro. Mas a espera vale a pena, fica incrível!!!

IngredientesIMG_5805b

1 litro de leite de coco caseiro (receita aqui)
3 colheres (sopa) de cacau em pó 100% (sem açúcar)
4 colheres (sopa) de açúcar de coco
1 colher (sopa) de óleo de coco

Modo de fazer

Em uma panela, junte todos os ingredientes e leve a fogo baixo, mexendo sempre. O leite reduzirá mais da metade e irá engrossar, dando ponto de brigadeiro, mais grossinho. Cuidado para não deixar líquido demais. O processo leva cerca de 35-40 minutos. Para finalizar, polvilhe coco ralado por cima.

Se quiser, pode adicionar coco ralado no brigadeiro enquanto estiver no fogo, também fica ótimo!

Moleza, né gente? É muito simples, só precisa de paciência porque demora. Então bora chamar a mãe, o pai, irmãos, namorado(a) para ajudar a mexer e se deliciar com esse brigadeiro! 😀

IMG_5807b

Beijos, Letícia e Regina

Almôndegas de frango

IMG_6158b

Oi, gente! A receita de hoje é tudo de bom, ela foi preparara pelo time de nutricionistas da Natue especialmente para o SOS Intolerante: almôndegas de frango com molho vermelho. Numa versão suuuupersaudável e sem glúten, sem lactose, sem ovo! Eu simplesmente AMEI! E é facílimo de preparar, não tem erro nem muitos passos, moleza! Aqui em casa, eu e meu marido temos o hábito de consumir bastante carne branca, como o frango, mas às vezes enjoa comer apenas frango grelhado ou desfiado. Essa receita de almôndega nos salvou. Fizemos no jantar de sábado e ficou maravilhoso! Para acompanhar, preparamos uma massa da Tivva (encontre aqui), que é sem glúten, sem ovo, vegana e só com ingredientes do bem. Ficou uma jantinha bem gostosa e sem pesar na consciência. 🙂 O pessoal da Natue mandou muito bem nessa receita, confiram!

IngredientesIMG_6160b

250 gramas de frango moído
2 colheres (sopa) de farelo de aveia sem glúten (usei a da Monama, encontre aqui)
Sal a gosto (usei o sal rosa)
Pimenta a gosto (opcional, usei a pimenta-branca)
Orégano a gosto (opcional)
5 tomates
½ cebola

Modo de preparo

O primeiro passo é moer o frango. Eu sempre opto por moer o frango em casa, e não comprar o frango “pronto” moído, acho que em casa fica bem limpinho e sem pele/gorduras. Eu moí o frango cru no processador, mas tem gente que tritura, aos poucos, no liquidificador mesmo (eu já fiz e dá certo). Em uma vasilha, amasse o frango moído com um garfo e acrescente os demais ingredientes (com exceção do tomate e da cebola). Misture tudo muito bem e faça pequenas bolinhas em formato de almôndegas. Leve-as a assar em uma fôrma untada por cerca de 30 minutos em forno a 180 ºC. Enquanto as almôndegas assam, é hora de fazer o molho. Basta refogar a cebola até ficar douradinha, adicionar os tomates picados sem semente e deixar amolecer. Quando o tomate estiver bem molinho, eu os esmago, na panela mesmo, com o martelo de bife (se você tiver um mixer, pode usar para triturar tudo). Eu gosto de deixar com pedacinhos, mas se você não gostar é só bater no liquidificador. Aí é só servir suas almôndegas com molho, prontinho!

Tudo de bom, né gente? Eu simplesmente AMEI o farelo de aveia da Monana, que incrível, já estou bolando várias receitinhas sensacionais para usá-lo, fiquem ligadinhos! 😉

IMG_6163b

A Natue mandou muito bem na receita, não é? Você encontra todos os ingredientes (e muitos outros) por lá. Sim, a loja é muito confiável e eu sempre faço compras no site. Inclusive, mês comprei SEIS pacotes de farinha de coco e duas caixas de biomassa porque estavam numa promoção incrível (quem nos segue no SnapChat conferiu em primeira mão as minhas comprinhas da Natue; segue a gente no Snapchat: sosintolerante). E já já tem mais, vou ter que dar um spoiler, porque a próxima receita é top: vai ter peixe! 😉 Não percam!!!

Beijos, Letícia e Regina