Escondidinho de aipim com linguiça

FullSizeRender[3]b

Oi, genteee! A receita de hoje é novinha em folha, fizemos ontem para o almoço e ficou tão delícia que hoje mesmo já viemos compartilhar com vocês: escondidinho de aipim recheado com linguiça. Resolvemos fazer um escondidinho diferente, fugindo do clássico frango ou da carne seca, dessa vez recheamos com linguiça Blumenau e Paio. Ficou simplesmente DELICIOSO!!! A linguiça Blumenau é muito comum aqui em Santa Catarina, ela é bem mais suave e deu um toque especial, mas se você não encontrar pode substituí-la pela calabresa. Claro que é tudinho sem glúten, sem lactose, sem ovo e sem soja! 😉 Essa receita é ótima para fazer e servir de entrada em petit casseroles (como as da foto), fica uma fofura! ^^ E o melhor: facérrima de fazer! Nada de complicações, confiram só!

IngredientesFullSizeRender[4]b

1 kg de aipim/mandioca/macaxeira (cozido e amassado)
½ xícara de leite vegetal (usamos o de arroz – receita aqui)
1 colher (sopa) de manteiga ghee ou azeite de oliva
330g de Paio
500g de linguiça Blumenau
2 xícaras de água
2 cebolas
2 tomates
3 colheres (sopa) de molho de tomate
Sal e temperos a gosto

FullSizeRender[1]bModo de fazer

Em uma panela, faça um purê com o aipim amassado, o leite de arroz e a manteiga ghee ou azeite de oliva. Mexa até incorporar bem.

Para o recheio, comece cozinhando as linguiças: coloque em um panela com água e deixe ferver; então desligue e descarte toda a água do cozimento para retirar um pouco da gordura que elas soltarão. Deixe-as esfriar, retire a pele e corte-as em cubinhos pequenos. Em seguida, refogue as linguiças com  a água, as cebolas, os tomates, os temperos e o molho de tomate. Deixe refogar bem, por cerca de 20min, até diminuir quase metade do volume.

Aí é só montar o seu escondidinho: uma camada do purê de aipim, recheio (se quiser, pode adicionar queijo sem lactose no recheio) e mais uma camada do purê. Leve ao forno a 200 ºC por cerca de 30 minutos, sirva em seguida.

Fica bom demais, gente! Façam em casa que todos vão adorar – por aqui todo mundo amou! 🙂

Ah, uma dica importante é olhar a lista de ingredientes das linguiças que vocês irão comprar, algumas contêm glúten e/ou leite, então fiquem bem atentos.

FullSizeRender[2]b

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Rocambole de carne recheado com linguiça calabresa

030b

Oi, gente!!! Hoje tem receita deliciosa no blog, essa é mais uma daquelas fáceis de fazer e que impressionam o pessoal: rocambole de carne moída recheado com linguiça calabresa. Huuuum, fica divino! Esse rocambole com batatas salteadas na manteiga ghee fica uma combinação simplesmente perfeita! O rocambole fica muito macio, muito mesmo; foi até difícil conseguir cortar uma fatia pra foto de tão macio que estava! Fica a dica para preparar no final de semana para família, amigos, namorado(a). Vejam só como é bacana!

Ingredientes

1 kg de carne moída (usamos patinho)

1 xícara de farinha de rosca sem glúten (receita aqui)

1 xícara de leite de arroz (receita aqui)028b

1 cebola-roxa ralada e frita

2 colheres (sopa) de tempo verde

1 colher (chá) de sal

1 colher (chá) de pimenta-branca

2 colheres (sopa) de molho de tomate

3 colheres (sopa) de farinha de arroz

Modo de fazer

Deixe a farinha de rosca de molho no leite de arroz, quando absorver bem, misture com a carne e os demais ingredientes até que fiquem bem homogêneos. Forre uma tábua de carne com papel alumínio e disponha seu rocambole por toda a tábua (isso auxiliará na hora de enrolar).  Acrescente, bem no meio, o seu recheio já frio.. Depois, basta enrolar com a ajuda do papel alumínio (veja o processo no vídeo abaixo). Coloque em um refratário untado e polvilhado com farinha de rosca e leve a assar em forno preaquecido a 200 oC por 30-40 minutos.

Recheio

240 g de linguiça tipo Calabresa

1 cebola-roxa

1 tomate

Doure a cebola-roxa e logo em seguida acrescente o tomate, deixe refogar bem e, por fim, adicione a linguiça em fogo baixo. Deixe esfriando para rechear o rocambole.

Confiram no vídeo o processo de montagem e o rocambole prontinho:

Delícia, né gente? Esse vale a pena testar e experimentar!

Beijos, Letícia e Regina