Arraiá SOS Intolerante: Paçoca

Paçoca

Último post do nosso Arraiá SOS Intolerante 😦 Mas vamos fechar com chave de ouro com essa receita maravideusa de Paçoca. Paçoca é amor real-oficial! Meu deus, que coisa boa e viciante! Nada como uma paçoquinha para animar, não é mesmo? Sim, eu gosto demais de paçoca, já deu para perceber, né?! kkkk 😀 Essa receita é da minha querida amiga Formiguinha Fit, eu apenas adaptei para que rendesse mais e eu pudesse consumir, mas a criação dessa delícia é dela (ela agora também tem um perfil maravilhoso de confeitaria, vê só: formiguinha.confeiteira). Essa versão que fiz é sem glúten, leite, ovos, soja e ainda é vegana! Bora já pra receita dessa delícia!

IMG_1106b

Ingredientes

1 xícara de amendoim torrado e moído (comprei pronto, da marca Santa Helena)
½ xícara de açúcar
½ xícara de farinha de aveia sem glúten
2 colheres (sopa) beeeem cheias de pasta de amendoim integral (se for preciso, adicione mais para dar o ponto – receita aqui)
1 pitadinha de sal

Modo de fazer

No processador, junte todos os ingredientes e bata até misturar bem. Cuidado para não bater por muito tempo e ficar mole demais, como uma pasta. Deve-se bater apenas para misturar os ingredientes e deixá-los mais “fininhos”. Se preferir, pode misturar à mão, mas a paçoca ficará com um pouquinho mais de pedaços (o processador ajuda a deixar mais homogêneo), porém também funciona. Aí é só moldar as paçocas (nós usamos um aro para que todas ficassem iguais e com o formato bem certinho de paçoca rolha, mas você pode usar forminhas de silicone ou até de gelo, fazer em bolinha ou como preferir), deixar uns minutinhos na geladeira para firmar bem e, pronto, atacar!

Fica boa demais, genteeee! Paçoca viciante! E você não precisa mais pagar um absurdo na Paçoquita com aveia, já pode fazer a sua em casa… 😛 Quer deixar ainda mais parecida? Substitua o açúcar por adoçante e, voilà, igual à Paçoquita diet com aveia! 😉

IMG_1108b

Para obter farinha de aveia sem glúten eu bati os flocos de aveia até eles virarem farinha (usei da marca Jasmine – você encontra facilmente em supermercados e lojas de produtos naturais).

Quanto ao açúcar (qualquer um que você usar), é bacana liquidificá-lo bem, até virar um pó, para não ficar pedaços. Nos nossos testes, açúcar demerara ou branco deixam o sabor da paçoca MUITO parecido com original. Já o mascavo fica bem marcado, mas também bastante saboroso, se você gostar. Dá para fazer com mel/melado, mas aí aumente a quantidade de amendoim até dar ponto (serão cerca de 2 a 3 xícaras de amendoim torrado e moído, mas vá colocando as poucos e sentindo a consistência).

É isso aí, o Arraiá SOS Intolerante chegou ao fim! 😦 Mas nada de ficar triste, ano que vem tem mais! Até lá, bora fazer e refazer essas receitas o ano todo! A vida é muito curta para comermos esses quitutes apenas nas festas juninas! hahaha 🙂

Beijos, Letícia e Regina

Anúncios

Sorvete de pasta de amendoim com paçoca

032b

Oi, genteee! O verão chegou com tudo, calor, praia, sol… só me faz pensar em sorvete! Por isso preparamos para vocês uma versão deliciosa sem lactose, glúten, ovo e vegano: sorvete de pasta de amendoim com paçoca! ô combinação maravideusa!!! 😀 Sorvete é tudo de bom, né? E é bem recorrente nas mesas como sobremesa de verão. E dessa vez os intolerantes não ficarão fora, agora poderão comer um sorvetinho também. 😉 E melhor, esse é caseiro, sem aquele monte de bruxaria do sorvete industrializado, dá para comer sem medo de ser feliz. Bora aprender essa delícia!

Ingredientes014b

600 ml de leite de coco (usei da marca Ducoco)
8 colheres (sopa) de pasta de amendoim (receita aqui)
4 colheres (sopa) de melado
12 paçocas

Modo de fazer

O primeiro passo e colocar o leite de coco em um bowl e levar ao congelador por 2 horas. Depois, transfira para o processador e bata até obter uma mistura semelhante a um chantilly mole (você pode conferir com detalhes no vídeo a seguir). Em seguida, acrescente a pasta de amendoim e o melado, bata bem. Adicione as paçocas picadas e misture com uma colher. Disponha em um refratário e leve ao congelador por pelo menos 6 horas.

No vídeo a seguir você pode conferir o passo a passo detalhado:

Prontinho! Moleza de fazer, né gente??? Já fiz aqui em casa muuuuuitas vezes, faz o maior sucesso. Você pode colocar para congelar em forminhas de picolé, também já fiz e fica ótimo e a criançada adora! 😉 É uma ideia muito bacana para sobremesa nesse calorão, é tão refrescante e saboroso.

035b

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Bolo de chocolate com paçoca

img_9378b

Oi, genteeee! Quarenta e cinco dias depois vim, FINALMENTE, postar a receita do bolo que fizemos esse ano para o meu aniversário. A correria nesses últimos tempos foi enoooorme, e realmente não tive como parar para editar as fotos, escrever post etc. Qualquer tempo livre eu catava os livros para estudar, pois quis tentar a seleção para o Doutorado e foi um trabalho árduo: muito-muito-muito estudo e pouco tempo. Mas deu tudo certo, e agora já estou com mais tempo para postar no blog, ufa! 🙂

Bom, para esse ano, quis algo bem simples no bolo, mas que fosse delicioso, então nada melhor que a combinação de chocolate com paçoca, não é mesmo? Boa demais!!! Fizemos um bolo lindeuso de chocolate com paçoca e cobertura de ganache. Nhami! 😛 Além disso, queria um bolo menor, porque fiz um período de 45 dias livre de refinados ou de qualquer farinha (mesmo as “do bem”) por conta de algumas crises alérgicas que tive, então comeria o bolo apenas no dia, mas depois não poderia mais comê-lo. Fizemos um almoço em família e, como eu era a única intolerante da vez, não tinha motivo para fazer um bolo enorme, já que haveria muitas outras gostosuras (intolerantes e não intolerantes).

Dessa forma, fizemos dois bolos pequenos, em fôrmas de 14 cm de diâmetro, e colocamos um por cima do outro. Assim, o bolo ficou bem alto e deu um aspecto lindo, não ficou mirradinho e sem graça. Amei essa ideia de fazer bolos pequenos e sobrepô-los, fica lindo! 🙂

Ingredientes

2 xícaras de açúcar demerara
3 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha – receita aqui)
4 colheres (sopa) de manteiga ghee (veganos, utilizem óleo vegetal)
1 e ½ xícaras de farinha de arroz
1 xícara de fécula de batata
1 xícara de farinha de amêndoas (ou qualquer farinha de outra oleaginosa)
1 e ½ xícaras de leite de amêndoas (receita aqui)
1 colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer

Na batedeira, comece batendo o açúcar, os “ovos” de linhaça e a manteiga ghee. Assim que obtiver um creme homogêneo, acrescente os demais ingredientes (exceto fermento) e bata bem. Por fim, adicione o fermento e o incorpore à massa. Divida a massa em duas fôrmas de 14 cm de diâmetro (ou utilize apenas uma fôrma maior, nós usamos duas porque queríamos um bolo pequeno, porém bem alto) forradas com papel-manteiga e leve o bolo a assar em forno a 200 ºC por cerca de 25-30 minutos. Deixe esfriar bem. Após, corte cada bolo ao meio. Você terá quatro partes/fatias. Nós usamos apenas 3 partes do bolo, porque achamos que com as 4 o bolo ficou exageradamente alta. Reserve.

img_9374b

Recheio

Ingredientes: 300 g de chocolate sem glúten e lactose; 8 paçocas do tipo rolha e 2 colheres (sopa) de creme de leite de arroz (pode ser de soja ou sem lactose)

Modo de fazer: derreta o chocolate, adicione o creme de leite e as paçocas trituradas e misture bem.

Cobertura

Ingredientes: 300 g de chocolate sem glúten e lactose; 2 colheres (sopa) de creme de leite de arroz (pode ser de soja ou sem lactose)

Modo de fazer: derreta o chocolate, adicione o creme de leite e misture bem.

img_9389b

Bem tranquilo, né gente? Se você não quiser ter o trabalho de fazer duas massas de bolo, pode utilizar uma fôrma maior e fazer apenas um bolo. 😉 Como disse acima, nós usamos apenas três partes do bolo, já que com quatro ficou alto demais, meio que tinha de equilibrar, mas se você quiser um bolo beeeem alto, pode colocar tudo (nós comemos a última parte, só para provar e saber se estava mesmo gostosa, sabe? kkkkk).

No meio da festa, acabei me esquecendo de bater uma foto decente do bolo cortado, perdoem!!! 😦 Só temos essa que postei, mas deu para ter uma ideia de como ficaram os recheios, né? Bem simples mesmo! 🙂

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina