Panini

IMG_2202b

Receita prática, rápida e deliciosa no ar: Panini! Sem glúten, sem lactose, sem ovo e vegan, essa maravilhosidade vai salvar seus lanchinhos. Fica saboroso demais, parece um pãozinho de queijo crocante, macio por dentro, é sem igual!!! Confiram a receita! 😉

IngredientesIMG_2203b

2 xícaras de batata-doce cozida e amassada
2 xícaras de polvilho doce
1 colher (chá) de sal
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
3 colheres (sopa) de água mineral

Modo de fazer

Junte todos os ingredientes em um bowl e misture bem, até obter uma massa homogênea. Com um rolo, abra a massa entre plásticos (só abrir um saquinho desses para congelar e abrir a massa entre o plástico; isso vai evitar que ela fique quebradiça e mais ressecada) e corte o formato que desejar (usamos um cortador quadrado). Disponha em uma fôrma untada, polvilhe orégano ou outros temperos sobre os paninis e leve-os a assar em forno preaquecido a 180 °C por cerca de 30 minutos.

Moleza de fazer, né gente? Fica muuuuuito bom! Comemos tudo na mesma hora – e olha que a receita rende bem, hein! 😀 Façam, vocês não vão se arrepender. No dia seguinte, é bacana esquentá-lo na sanduicheira ou torradeira, assim volta a ficar com a casquinha crocante.

IMG_2201b

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Anúncios

Trufa de pasta de amendoim

116b

A receita de hoje ganhou o troféu deliciosidade da vida: Trufa de pasta de amendoim! MEU DEUS, pensa numa coisa boaaaaaaaaaa!!! Apenas a melhor trufa das galáxias, macia, saborosa, sem igual. E, claro, sem glúten, sem lactose, sem ovo e vegan. ❤

Ingredientes

280 g de chocolate sem glúten/sem lactose/vegano para a “casquinha” da trufa
200 g de chocolate sem glúten/sem lactose/vegano para o recheio da trufa
5 colheres (sopa) de pasta de amendoim integral para o recheio (receita aqui)
Fôrma de trufa (usamos o tamanho médio – compramos de acetato e pagamos R$1,00 em cada)

117b

Atenção: Antes do modo de fazer, precisamos falar sobre o chocolate! Nós usamos chocolate fracionado/temperado para fazer a casquinha, compramos este aqui meio-amargo da marca Harald/Melken. É importante que o chocolate seja temperado para que a trufa não derreta fora da geladeira. Se você preferir, pode usar qualquer chocolate e temperar em casa. Ou ainda, se não quiser, basta manter sua trufa em geladeira. 😉

Modo de fazer

Comece derretendo em banho-maria ou micro-ondas o chocolate. Espalhe na forminha das trufas, cobrindo bem as bordas. Leve à geladeira e deixe até firmar. Então, faça uma segunda camada de chocolate na forminha para que a “casquinha” da sua trufa fique mais grossinha. Lembre-se de reservar uma parte desse chocolate para você fechar a trufa após ter colocado o recheio. Volte à geladeira até firmar, novamente. Enquanto isso, prepare o recheio. Derreta o chocolate do recheio também em banho-maria ou no micro-ondas, acrescente a pasta de amendoim e misture bem. Encha as trufas com o recheio e utilize o restante do chocolate separado à casquinha para fechar os bombons. Volte à geladeira para firmar. Depois é só desenformar com cuidado (eu não sou muito jeitosa e acabei cortando a forminha da trufa para conseguir tirar sem estragar o bombom) e se deliciar!

115b

Usamos duas forminhas de trufa tamanho médio, em cada uma cabiam 8, então essa receita rende 16 trufas. 😉

118b

Simplesmente maravideusa essa trufa! Hmmmm, boa demais! Já fizemos várias e várias vezes. Inclusive já substituímos a pasta de amendoim por licor e ficou incrível também (basta colocar licor a gosto junto do chocolate do recheio, aí você tira a pasta de amendoim; fomos colocando e provando o sabor do chocolate até atingir o gostinho que queríamos).

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Pastel de batata-doce com carne

126b

Oieee! Receita deliciosa e fácil de fazer: pastel!!! Já temos outras receitas de pastel aqui, como esse fritoesse assado e esse doce, mas dessa vez a massa tem base de batata-doce e fubá, leva pouquíssimos ingredientes e você pode assar ou fritar. A base dessa receita vimos no instagram da Amanda, nós alteramos algumas coisas e ficou essa gostosura. Confere que coisa mais moleza desse mundo!

Ingredientes

1 xícara de batata-doce cozida e amassada
2 colheres (sopa) de farinha de linhaça (usamos a dourada)
4 colheres (sopa) de fubá fino
1 colher (sopa) de manteiga ghee vegana (usamos a Veghee, da Natural Science, mas você pode usar a manteiga ghee convencional)
½ colher (chá) de fermento químico
Sal a gosto

Modo de fazer

Em um bowl, junte todos os ingredientes até obter uma massa homogênea e moldável. Abre um tanto de massa na palma da mão, num formato arredondado, recheie e feche as bordas em formato de pastel. Disponha em uma fôrma untada e leve a assar em forno a 200 ºC por cerca de 15-20 minutos. Também já fizemos na air fryer e fica delicioso: programei 180 ºC por cerca de 20 minutos.

127b

Você também pode congelar os pastéis antes de assar. É só colocar numa fôrma ou tabuleiro e levar ao freezer até endurecer bem. Depois pode colocar em potinhos ou saquinhos de congelar e guardar por até 3 meses. Eu tiro do freezer e já coloco direto na air fryer, nem espero descongelar, muuuuito prático. 😉

Esperemos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Cookies de amendoim

120b

Receita vapt-vupt por aqui! O ano voltou com tudo, já estou trabalhando desde o começo de janeiro e em breve voltam minhas aulas no doutorado, então as receitas práticas são as escolhidas do momento. E esses Cookies de amendoim sem glúten, sem lactose, sem ovo e veganos são perfeitos para levar na bolsa e matar a fome na correria do dia a dia. Deliciosos demais!!! 🙂

Ingredientes

1 e ½ xícara de farinha de arroz integral
2 colheres (sopa) de polvilho doce
1 xícara de açúcar demerara
¼ xícara de óleo vegetal
1 xícara de farinha de amendoim
2 colheres e ½ (sopa) de pasta de amendoim integral (receita aqui)
½ xícara de água
2 colheres (chá) de fermento químico
Canela a gosto (colocamos um colher de cafezinho)

Modo de fazer

Em um bowl, junte todos os ingredientes (fermento por último) e misture muito bem, até obter uma massa homogênea. Molde os cookies (fizemos bolinhas com as mãos e achatamos um pouco) e leve-os a assar em fôrma forrada com papel-manteiga em forno a 200 ºC por cerca de 20-30 minutos (como nossos cookies ficaram gordinhos, viramos na metade do tempo para assarem por igual dos dois lados). Depois de frios, derretemos uns quadradinhos de chocolate sem glúten/sem lactose e só espalhamos para fazer esse detalhe sobre os cookies.

125b

Fica bãoooo demais! A canela deu um toque especial e ficou perfeito com o amendoim. E, claro, a pasta de amendoim fecha com chave de ouro, dá maciez e um sabor sem igual. Foi aprovadíssimo por aqui (eu escondi uns para levar de lanche no dia seguinte, porque o pessoa amou tanto que acabou tudo no mesmo dia 😀 kkkkk).

121b

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Bolo de banana fácil

630b

Oi, pessoal! Sumimos por um tempo do blog por motivos de correria! 2017 foi uma loucura: trabalho, estudos, doutorado, casa… Mas estamos sempre atualizando nosso instagram (fica ligadinho por lá que sempre tem coisa nova, clica AQUI). Mas hoje voltamos com receita nova e vídeo, como vocês tanto gostam! ❤ A receita da vez é a coisa mais fácil da vida. Bolo de banana com aveia e chocolate – todinho sem glúten, leite e ovos e ainda é vegano. Moleza de preparar, leva só 4 ingredientes e dá para fazer na air fryer, nem precisa de forno. Praticidade nota mil! Além disso, não incluímos açúcar, o docinho do bolo fica por conta da banana madurinha, um espetáculo! Fez tanto sucesso aqui em casa que me vi obrigada a compartilhar no blog, mas sendo absurdamente fácil, confere só:

Ingredientes

2 bananas maduras (usei banana-prata, tamanho médio)
6 colheres (sopa) de aveia em flocos finos sem glúten (usei da marca Jasmine)
1 colher (chá) de fermento químico
Gotas de chocolate ou chocolate picado a gosto (usei 70% da Callebaut, sem glúten e sem lactose – mas você usa o de sua preferência)

Modo de fazer

Amasse as duas bananas, junte a aveia e misture bem. Incorpore o fermento à massa. Por fim, adicione o chocolate e misture. Disponha em forminhas de silicone para cupcake/muffin (renderam 6 forminhas) e leve a assar na air fryer a 180 ºC por cerca de 20 minutos (no forno elétrico demora mais ou menos esse mesmo tempo).

629b

Dica: Em dois bolinhos resolvi testar colocar geleia para ver como ficava e o resultado foi muito positivo: bolinho ainda mais molhadinho, aprovado! Vocês podem ver no vídeo a seguir, em que consta também o passo a passo da receita:

Esperamos que vocês tenham gostado dessa receita e até a próxima! 🙂

Beijos, Letícia e Regina

Arraiá SOS Intolerante: Paçoca

Paçoca

Último post do nosso Arraiá SOS Intolerante 😦 Mas vamos fechar com chave de ouro com essa receita maravideusa de Paçoca. Paçoca é amor real-oficial! Meu deus, que coisa boa e viciante! Nada como uma paçoquinha para animar, não é mesmo? Sim, eu gosto demais de paçoca, já deu para perceber, né?! kkkk 😀 Essa receita é da minha querida amiga Formiguinha Fit, eu apenas adaptei para que rendesse mais e eu pudesse consumir, mas a criação dessa delícia é dela (ela agora também tem um perfil maravilhoso de confeitaria, vê só: formiguinha.confeiteira). Essa versão que fiz é sem glúten, leite, ovos, soja e ainda é vegana! Bora já pra receita dessa delícia!

IMG_1106b

Ingredientes

1 xícara de amendoim torrado e moído (comprei pronto, da marca Santa Helena)
½ xícara de açúcar
½ xícara de farinha de aveia sem glúten
2 colheres (sopa) beeeem cheias de pasta de amendoim integral (se for preciso, adicione mais para dar o ponto – receita aqui)
1 pitadinha de sal

Modo de fazer

No processador, junte todos os ingredientes e bata até misturar bem. Cuidado para não bater por muito tempo e ficar mole demais, como uma pasta. Deve-se bater apenas para misturar os ingredientes e deixá-los mais “fininhos”. Se preferir, pode misturar à mão, mas a paçoca ficará com um pouquinho mais de pedaços (o processador ajuda a deixar mais homogêneo), porém também funciona. Aí é só moldar as paçocas (nós usamos um aro para que todas ficassem iguais e com o formato bem certinho de paçoca rolha, mas você pode usar forminhas de silicone ou até de gelo, fazer em bolinha ou como preferir), deixar uns minutinhos na geladeira para firmar bem e, pronto, atacar!

Fica boa demais, genteeee! Paçoca viciante! E você não precisa mais pagar um absurdo na Paçoquita com aveia, já pode fazer a sua em casa… 😛 Quer deixar ainda mais parecida? Substitua o açúcar por adoçante e, voilà, igual à Paçoquita diet com aveia! 😉

IMG_1108b

Para obter farinha de aveia sem glúten eu bati os flocos de aveia até eles virarem farinha (usei da marca Jasmine – você encontra facilmente em supermercados e lojas de produtos naturais).

Quanto ao açúcar (qualquer um que você usar), é bacana liquidificá-lo bem, até virar um pó, para não ficar pedaços. Nos nossos testes, açúcar demerara ou branco deixam o sabor da paçoca MUITO parecido com original. Já o mascavo fica bem marcado, mas também bastante saboroso, se você gostar. Dá para fazer com mel/melado, mas aí aumente a quantidade de amendoim até dar ponto (serão cerca de 2 a 3 xícaras de amendoim torrado e moído, mas vá colocando as poucos e sentindo a consistência).

É isso aí, o Arraiá SOS Intolerante chegou ao fim! 😦 Mas nada de ficar triste, ano que vem tem mais! Até lá, bora fazer e refazer essas receitas o ano todo! A vida é muito curta para comermos esses quitutes apenas nas festas juninas! hahaha 🙂

Beijos, Letícia e Regina

Arraiá SOS Intolerante: Amendoim doce tipo Praliné

Amendoim doce

Êta que esse Arraiá SOS Intolerante tá bom demais, genteee! Hoje tem a receita mais viciante da vida: amendoim doce tipo praliné! Esse é aquele amendoim que você começa a comer e não consegue parar mais, muuuuuuito viciante e delicioso!!! Ele leva só 3 ingredientes, é facílimo de preparar e fica crocante e saboroso demais. Além disso, é totalmente livre de glúten, leite, ovos, soja e ainda é vegano. Corre preparar!!! 🙂

IMG_1096b

Ingredientes

1 xícara de açúcar demerara
1 xícara de amendoim (cru ou torrado, com ou sem pele)
½ xícara de água

Modo de fazer

Coloque todos os ingredientes numa panela, em fogo alto, e mexa sem parar, até começar a borbulhar. Quando ferver e borbulhar, abaixe o fogo e continue mexendo até secar todo o açúcar (ele vai começar a virar pó). Quando isso acontecer, desligue o fogo e continue mexendo para desgrudar todo açúcar; então, volte ao fogo baixo para derreter o açúcar que ficou solto na panela e para que ele “grude” no amendoim. Deixe no fogo até secar o açúcar, depois despeje em uma fôrma antiaderente e deixe esfriar bem. Prontin!

IMG_1095b

Moleza, né pessoal? Fica uma delíciaaaa! Essa receita é a mais simples, a base, mas você ainda pode acrescentar canela e/ou cacau em pó, por exemplo, e dar um saborzinho a mais ao seu amendoim doce! 😉 Nós já testamos com amendoim cru, torrado com e sem a pele; funcionou com todos e ficou saborosíssimo! O amendoim nós torramos em casa mesmo porque achamos que fica mais saboroso, mas você pode já comprar pronto se preferir.

Esperamos que tenham gostado de mais esse post do nosso Arraiá! Calma que ainda tem mais 😉

Beijos, Letícia e Regina

Arraiá SOS Intolerante: Pé de moleque

Pe de moleque

O Arraiá SOS Intolerante começouuuuu! Serão quatro receitas bem simples e deliciosas para você preparar na sua Festa Junina/Julina ou quando quiser – porque essas gostosuras se encaixam em qualquer ocasião! 😉 Nossa Festa Junina está um pouco atrasada devido à correria do semestre, dando conta de trabalho, doutorado e casa. Mas como muita gente faz essa festa em julho, resolvemos compartilhar essas delícias com vocês. ❤

Começamos hoje com o nosso Pé de moleque, que é uma receita que meu pai faz há anos aqui em casa. Totalmente sem glúten, leite, ovo e soja! Uma delícia, só leva ingredientes simples e fica totalmente DELICIOSO! Bora aprender a preparar!

IMG_1102b

Ingredientes

2 e ½ xícaras de açúcar mascavo
2 xícaras de amendoim torrado e sem pele
1 xícara de água

Modo de fazer

Coloque a água e o açúcar em uma panela e leve ao fogo. Deixe ferver até formar espuma, então adicione o amendoim e mexa até começar a desgrudar da panela. Despeje em forminhas individuais levemente untadas (usamos forminhas de silicone próprias para muffin) ou também pode despejar no granito, esperar esfriar e cortar em pedacinhos.

IMG_1098b

Muiiiiiito fácil de fazer, né gente? Leva pouquíssimos ingredientes e tudo muito simples e fácil de achar. Você pode fazer com outros tipos de açúcar ou também com rapadura, que fica uma delícia!

Esperamos que tenham gostado e até o próximo post do Arraiá SOS Intolerante! 🙂

Beijos, Letícia e Regina

Muffin de banana

IMG_0108b

Oi, genteeee! O frio chegou ao Sul do Brasil e de brinde trouxe ainda muuuuita chuva; ou seja, clima perfeito para um bolinho no café da tarde, não é mesmo? Nesse tempo o nosso corpo pede uma comfort food bem quentinha e saborosa. Então bora aprender a fazer esse Muffin de banana sem glúten, lactose, ovo e soja (é também vegano) para se deliciar na hora do lanche. 🙂

IngredientesIMG_0103b

1 xícara de açúcar mascavo
2 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha – receita aqui)
2 colheres (sopa) de óleo de girassol (ou outro vegetal)
1 e ½ xícara de leite de arroz (receita aqui)
1 colher (cafezinho) de canela
1 e ½ xícara de aveia sem glúten em flocos finos
1 xícara de farinha de amendoim
1 xícara de farinha de arroz integral
4 bananas médias picadas (usamos banana-branca)
1 colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer

Na batedeira, coloque o açúcar, o óleo e os “ovos” de linhaça e bata bem. Em seguida, acrescente o leite de arroz e as farinhas e misture bem, ainda na batedeira. Acrescente as bananas picadas e, por fim, o fermento e misture com uma colher até incorporar à massa. Disponha em forminhas de muffin/cupcake e leve a assar em forno preaquecido a 180 ˚C por cerca de 25 minutos.

IMG_0105b

Prontin! Moleza de fazer, né gente? E fica bom demais!!!!

Quanto à aveia, nós usamos a da marca Jasmine, que tem uma linha que alimentos sem glúten chamada Suply. Você encontra facilmente em supermercados e o preço não é abusivo, tenho comprado sempre dessa.

Esse bolo é maravideuso, você ainda pode polvilhar uma mistura de açúcar de canela por cima, fica tudibão! Se quiser, também pode congelá-lo, mas na hora de consumir é bom esquentar uns segundinhos no micro-ondas, pois o congelamento resseca um pouco a massa e ao esquentar ele volta a ficar fofinho e macio como feito na hora. 😉

IMG_0110b

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima! 🙂

Beijos, Letícia e Regina

Bolinho tipo Ana Maria (chocolate recheado com pasta de amendoim)

IMG_0409b

Oieee! Receita nova marideusa no ar! Bolinho tipo Ana Maria – sabor chocolate com recheio de pasta de amendoim! Isso mesmo, fizemos aquele bolinho recheado que vende no supermercado e ficou megaparecido, porém numa versão muuuuuuuuuito mais saudável, além de ser sem glúten, leite e ovos – ainda pode ser vegano, é só substituir a manteiga ghee por creme/óleo vegetal. Nós procuramos fazê-lo mais saudável mesmo, ele não é tão doce, e o recheio é sem açúcar (a pasta de amendoim usada é 100% integral).

A grande característica desses bolinhos Ana Maria é serem muuuuito macios e fofinhos (além de serem cheios de açúcar, gordura hidrogenada e ter um monte de ingrediente que a gente nem sabe o que é, ops), então criamos uma receita de bolo extremamente fofo. Acertamos em cheio, esse quesito ficou IGUALZINHO!!! É o bolinho mais macio do mundo, você jura que tem glúten. ❤

O recheio você pode fazer como preferir. A gente AMA pasta de amendoim, então bolo de chocolate com pasta de amendoim foi a nossa combinação perfeita. Mas você adapta ao seu paladar, é claro. 😉

IMG_0421b

Para dar o formato mais parecido possível, usamos forminhas de papel/papelão (como estas) de 10 cm de comprimento X 7 cm de largura. Você encontra em lojas de embalagens, de artigos para festa ou lojas que vendem fôrmas/panelas (eu encontrei numa loja de fôrmas no Mercado Público da minha cidade), mas pode usar forminha de cupcake também, sem problemas.

IngredientesIMG_0410b

2 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha – receita aqui)
1 xícara de farinha de arroz
½ xícara de fécula de batata
½ xícara de polvilho doce
1 xícara de açúcar demerara
2 colheres (sopa) de manteiga ghee
½ xícara de cacau em pó
1 xícara de leite vegetal
1 colher (sopa) de fermento químico

Pasta de amendoim integral para rechear (receita aqui)

Modo de fazer

Comece batendo, na batedeira, o açúcar, os “ovos” de linhaça e a manteiga ghee. Após obter um creme homogêneo, acrescente as farinhas, o leite e, por último, o fermento químico. Coloque nas forminhas e adicione, com auxílio de uma colher de chá, a pasta de amendoim como recheio (vá colocando uma “faixa” apenas no meio e afundando um pouco com a colher). Leve a assar em forno a 180 ºC por cerca de 20 minutos. Espere esfriar bem para desenformar.

Rendimento: 11 bolinhos.

O bolinho fica super macio por pelo menos 5 dias – foi o máximo que consegui guardar para testar, o pessoal queria devorar tudo -, mas acho que dura bem por uma semana. Ele também pode ser congelado, porém depois de descongelar ele resseca um pouco, aí é só você aquecer uns segundinhos no micro-ondas que ele volta a ficar bem macio e fofinho como novo. 🙂

IMG_0423b

Uma dica é não exagerar demais no recheio. Como vocês podem ver nas fotos, em alguns nós colocamos muuuuita pasta de amendoim, e acabou aparecendo do outro lado do bolo (quase vazando); em outros colocamos a quantidade ideal para ficar só de recheio mesmo. É só colocar, afundar de leve com a colher e pronto. Mas colocar muito também não é problema, afinal, recheio nunca é demais! hahaha 😀

Moleza de fazer, né gente? Nada de complicação, é muito prático. Depois é só se deliciar com essas gostosuras!!! 🙂 Nós ainda vamos fazer outro numa versão, digamos, menos saudável para deixar o sabor mais parecido com o industrializado. Também será sem leite, glúten e ovo, porém queremos fazer com cobertura de chocolate e com um recheio mais doce. Aguardem! hehehe

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina