Trufa de pasta de amendoim

116b

A receita de hoje ganhou o troféu deliciosidade da vida: Trufa de pasta de amendoim! MEU DEUS, pensa numa coisa boaaaaaaaaaa!!! Apenas a melhor trufa das galáxias, macia, saborosa, sem igual. E, claro, sem glúten, sem lactose, sem ovo e vegan. ❤

Ingredientes

280 g de chocolate sem glúten/sem lactose/vegano para a “casquinha” da trufa
200 g de chocolate sem glúten/sem lactose/vegano para o recheio da trufa
5 colheres (sopa) de pasta de amendoim integral para o recheio (receita aqui)
Fôrma de trufa (usamos o tamanho médio – compramos de acetato e pagamos R$1,00 em cada)

117b

Atenção: Antes do modo de fazer, precisamos falar sobre o chocolate! Nós usamos chocolate fracionado/temperado para fazer a casquinha, compramos este aqui meio-amargo da marca Harald/Melken. É importante que o chocolate seja temperado para que a trufa não derreta fora da geladeira. Se você preferir, pode usar qualquer chocolate e temperar em casa. Ou ainda, se não quiser, basta manter sua trufa em geladeira. 😉

Modo de fazer

Comece derretendo em banho-maria ou micro-ondas o chocolate. Espalhe na forminha das trufas, cobrindo bem as bordas. Leve à geladeira e deixe até firmar. Então, faça uma segunda camada de chocolate na forminha para que a “casquinha” da sua trufa fique mais grossinha. Lembre-se de reservar uma parte desse chocolate para você fechar a trufa após ter colocado o recheio. Volte à geladeira até firmar, novamente. Enquanto isso, prepare o recheio. Derreta o chocolate do recheio também em banho-maria ou no micro-ondas, acrescente a pasta de amendoim e misture bem. Encha as trufas com o recheio e utilize o restante do chocolate separado à casquinha para fechar os bombons. Volte à geladeira para firmar. Depois é só desenformar com cuidado (eu não sou muito jeitosa e acabei cortando a forminha da trufa para conseguir tirar sem estragar o bombom) e se deliciar!

115b

Usamos duas forminhas de trufa tamanho médio, em cada uma cabiam 8, então essa receita rende 16 trufas. 😉

118b

Simplesmente maravideusa essa trufa! Hmmmm, boa demais! Já fizemos várias e várias vezes. Inclusive já substituímos a pasta de amendoim por licor e ficou incrível também (basta colocar licor a gosto junto do chocolate do recheio, aí você tira a pasta de amendoim; fomos colocando e provando o sabor do chocolate até atingir o gostinho que queríamos).

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Anúncios

Pasta de amendoim caseira

eb

Oi, gente! Vou compartilhar com vocês uma receita que sempre que posto nas redes sociais me pedem para fazer vídeo e explicar o passo a passo: como fazer pasta de amendoim caseira. Na verdade não é nem uma receita, apenas compartilho com vocês o modo como faço e algumas dicas para deixar o processo ainda mais rápido e prático. Eu fiz a pasta de amendoim pura, sem açúcar nem sal, algo mais saudável. Mas você pode modificá-la seu gosto, por exemplo adicionando mel, melado, canela, cacau, açúcar, sal (sim, tem gente que prefere a pasta salgada) etc. Sai muiiiiito mais em conta fazer a sua própria pasta de amendoim em casa, gente! Então bora para o passo a passo! 🙂

Ingredientesab

Amendoim torrado e moído (sem sal/sem açúcar)

Modo de fazer

Coloque no processador e bata até obter ponto de pasta. Vá parando e mexendo para que bata de forma homogênea. O processo é rápido, leva de 10 a 15 minutos. Conserve em um recipiente bem vedado em temperatura ambiente (não precisa colocar na geladeira). Só isso, fácil demais!!! Aqui, na hora de bater, você pode acrescentar o que quiser na sua pasta. Eu faço sempre pura, mas você pode adicionar o que preferir.

Dica: compre já o amendoim torrado e moído (eu uso o da marca Santa Helena, pago R$11,75 no pacote de 1,05 kg), isso facilitará muito a sua vida – e a vida útil do seu processador hahaha :D. Anteriormente já fiz com o amendoim torrado e granulado, que é bem pequeno e também torna o processo rápido. Dá para fazer com o amendoim inteiro, claro, mas demora muuuuito mais, você tem de parar para não superaquecer o processador e queimá-lo (conheço pessoas que queimaram o processador fazendo pasta de amendoim).

No vídeo mostro o passo a passo completo de como preparar a pasta de amendoim caseira e falo mais dicas:

Moleza, né gente? Vale muito a pena fazer em casa, é facílimo e barato! Eu adoro comer com banana ou biscoito de arroz, às vezes como até pura de sobremesa, hmmm que delícia! 🙂

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Arroz doce funcional vegano

026b

Oi, gente! Hoje tem mais um post superespecial no blog. Essa receita foi criada pelo time de nutricionistas da Natue especialmente para o SOS Intolerante. Eles já criaram outras duas receitas para o nosso blog, vocês já viram? Patê de ervilhas e Crepioca gourmet. Hoje eles criaram mais uma receita; nós fizemos, aprovamos e viemos compartilhar com vocês: arroz doce funcional sem lactose. Essa receita tem muitos ingredientes “do bem”, é vegano, sem lactose, sem ovo, sem glúten. Também é feita apenas com o leite de coco e com biomassa de banana verde, ingrediente coringa na cozinha funcional, que além de dar cremosidade, substituindo o leite condensado e o creme de leite, oferece diversos benefícios ao nosso organismo. A biomassa de banana verde contém carboidratos que não são digeridos e atuam como fibras prebióticas no intestino, aumentando as bactérias boas da nossa flora intestinal. Além disso, por ser uma receita rica em fibras, proporciona sensação de saciedade e contém valor calórico bem menor do que a receita tradicional. Bacana, não é mesmo? A Natue arrasou na receita, vejam só!

Ingredientes023b

1,5 L de leite de coco

1/3 xícara (chá) de biomassa de banana verde (polpa) (encontre aqui)

5 colheres (sopa) de açúcar mascavo (encontre aqui)

1 xícara de arroz integral (encontre aqui)

Especiarias a gosto (sugestão: 5 cravos, 1 canela em pau ou 1 colher (chá) de canela em pó e meia fava de baunilha fresca ou 1 colher (chá) de extrato de baunilha)

Modo de fazer

Bata no liquidificador o leite de coco, a biomassa e o açúcar. Leve a mistura em uma panela média (com borda alta) com o arroz e as especiarias e deixe cozinhar em fogo médio/alto, mexendo de vez em quando para não grudar. Quando ferver, abaixe mais o fogo, deixe a panela semitampada e deixe cozinhar por cerca de 30 minutos, até o arroz ficar macio e o doce apurar. Mexa de vez em quando, assim o amido do arroz irá se soltar, garantindo uma sobremesa mais cremosa. Lembre-se de tampar (parcialmente) a panela todas as vezes que mexer. Depois de pronto, transfira o arroz doce para uma travessa e salpique canela em pó. Sirva morno ou gelado.

Rendimento: 6 porções

Gravamos em vídeo o passo a passo do arroz doce, confiram:

Muito bacana, não é mesmo? Fica muito cremoso e saboroso, nem parece que é sem leite condensado. Foi muito aprovado, agora no inverno é um doce perfeito, o clima pede esse arroz doce quentinho e saudável. Muito obrigada mais uma vez à Natue, nós adoramos a receita.

Beijos, Letícia e Regina

Mousse vegana de manga

015b

Oi, gente! Já deu pra perceber que estamos na vibe de mousse ultimamente, né? Claro que são mousses modificadas, afinal são muitas restrições e fica complicado seguir a receita original. A mousse de manga de hoje é muuuuuuito saborosa, é vegana, sem glúten, sem lactose, sem ovo e sem soja. Fica tão, mas tão gostosa e é tão simples que você vai querer fazer todo dia. Você vai precisar de apenas quatro ingredientes. Não acredita? Confere aí!025b

Ingredientes

1 manga picada (se estiver congelada, a mousse fica ainda mais cremosa)
50 ml de leite de coco
2 colheres (sopa) de suco de limão
2 colheres (sopa) de açúcar demerara

Modo de fazer

Bata todos os ingredientes no processador ou no liquidificador e sirva em tacinhas. Por cima, decore com coco ralado sem açúcar.

029b

Sim, só isso! Perfeito demais, minha gente! Pouco ingrediente, prática, rápida e, como sempre digo, suja pouca louça! 😀 Ainda não acreditou? Confere no vídeo aí embaixo como eu fiz a mousse de manga e comprove! 😉

E aí? Bora fazer para o final de semana? Fica simplesmente delicioso! Ah, rende duas taças pequenas ou uma grande, então se você quiser fazer bastante, basta dobrar ou triplicar a receita.

020b

Beijos, Letícia e Regina

Quiche de legumes vegana e sem glúten

032b

Oi, gente! Hoje tem #segundasemcarne no blog com uma receita simplesmente deliciosa: quiche de legumes! Tudo sem leite, sem ovo, sem lactose, sem soja, sem glúten! Essa é uma versão de quiche, claro, já que a quiche de verdade leva muito ovo, glúten, lactose. Nós adaptamos e criamos uma receita vegana e muito saborosa. Já esteve nos almoços de domingo diversas vezes, foi 100% aprovada e hoje compartilhamos com vocês essa maravilha. Fizemos também essa receita sem a massa, seguindo o mesmo passo a passo apenas com os legumes e fazendo legumes cozidos deliciosos! Acho que essa receita tá no meu Top 5 de receitas deliciosas para intolerantes, huuuuuum ADORO! Ah, e o recheio você faz da sua preferência, aqui demos apenas uma sugestão, mas você pode fazer com outros legumes ou carne, frango, tofu, fica a seu critério! Separei a receita por partes (massa, recheio, montagem) para facilitar, confiram! 🙂

Ingredientes (massa)045b

1 xícara de farinha de arroz (branca ou integral)
1 xícara de farinha de grão-de-bico
1/2 xícara de farinha de trigo sarraceno (é sem glúten)
1 colher (café) de sal
4 colher (sopa) de azeite de oliva extravirgem
1/2 colher (café) de fermento químico
1 xícara de água gelada

Modo de fazer (massa)

Coloque todos os ingredientes numa tigela, a água vá acrescentando aos poucos por último, e mexa muito bem a massa com as mãos até que fique lisa, homogênea e não grude nas mãos. Deixe-a descansando por 30 minutos na geladeira. Molde a massa numa fôrma de fundo removível; não deixe nem muito fino nem muito grosso, se não não irá assar igualmente toda a quiche, procure forrar toda a sua fôrma de modo igual.

Ingredientes (recheio)040b

2 berinjelas pequenas cortadas em rodelas
1 colher (sopa) de sal grosso
2 colheres (sopa) de vinagre de álcool
Água (cerca de 1 litro)
2 abobrinhas pequenas cortadas em rodelas
3 cebolas-roxas pequenas fatiadas
1 tomate grande fatiado
Azeite de oliva extravirgem
Temperos a gosto

Modo de fazer (recheio)

Deixe as berinjelas fatiadas de molho na água com o sal grosso e o vinagre por 30 minutos. Escorra a água e seque as berinjelas com papel-toalha. Leve a berinjela a assar em fôrma untada com azeite de oliva, por cima polvilhe temperos a gosto (usamos orégano e pimenta), em forno a 250 °C por 10 minutos. Cubra a fôrma com papel-alumínio. Depois, tire a berinjela do forno e, na mesma fôrma, disponha as abobrinhas fatiadas. Adicione mais uma pitada de sal e um fiozinho de azeite de olive. Volte ao forno por mais 20 minutos (fôrma coberta com papel-alumínio). Num wok ou numa frigideira grande, frite o tomate, a cebola-roxa e um punhado de alho-poró com 1 colher (sopa) de azeite de oliva e temperos (usamos sal, pimenta e orégano); deixe cozinhar até que fiquem bem macios, quase desmanchando.

048b

Montando a quiche

Sobre a massa já moldada na fôrma de fundo removível, comece espalhando uma camada de molho de tomate por todo o fundo da quiche para que fique bem molhadinha. Nós fizemos o nosso molho com 1 cebola branca, 1 tomate, 1 colher (café) de sal e 1 colher (sopa) de extrato de tomate, mas você pode usar molho pronto se preferir. Em seguida coloque os legumes e finalize com temperos a gosto e um fiozinho de azeite de olive. Leve a assar por 20 minutos em forno a 250 °C e está pronta a sua quiche.

Para que vocês não fiquem com nenhuma dúvida, resolvemos filmar o passo a passo da receita para que vocês pudessem ver de pertinho como fizemos. Assim facilita bastante, vejam só:

E aí, quem ficou com água na boca? Só de fazer o post já me deu vontade de comer essa quiche deliciosa novamente! Os legumes ficam saborosos DEMAIS, é incrível, e a massa fica macia, nada quebradiça ou esfarelenta, boa demais. Nós até congelamos para testar e fica ok! Depois de descongelada, a massa dá uma leve ressecada, normal, mas continua saborosíssima. 🙂

Beijos, Letícia e Regina

Patê de abobrinha vegano

060b

Oi, gente! Como passaram de feriado? Muita comilança? Por aqui foi muito tranquilo, zero chocolate, Páscoa clean! Se eu senti vontade? Até senti, mas o fato de não passar mal pelo resto da semana faz passar qualquer vontade de comer chocolate. Mas ganhei umas balinhas, doce de banana, barrinha de alfarroba e creme de avelã de alfarroba (que eu estou curiosíssima para testar, depois conto para vocês).

Bom, mas como muita gente acaba enfiando o pé na jaca no feriado – ainda mais sendo feriado de Páscoa -, a receita por aqui é leve. Leve, saborosa e facílima de fazer: patê de abobrinha! No post anterior ensinamos a preparar abobrinha recheada, agora você vai utilizar a polpa que não usou na receita anterior, afinal, nada de desperdícios, vamos aproveitar tudinho e transformar em uma opção deliciosa de aperitivo.

Ingredientes061b

1 cebola
Polpa de uma abobrinha grande
1/2 colher (chá) de sal
1/2 colher (chá) de pimenta branca moída
1 colher (chá) de alho-poró desidratado
1 colher (chá) de orégano
1 colher (sobremesa) de mostarda
1 colher (sopa) de cebolinha
1 colher (spbremesa) azeite de oliva extravirgem

Modo de fazer

Refogue a cebola com um fio de azeite de oliva extravirgem, em seguida acrescente a polpa da abobrinha, e deixe cozinhar até que seque o caldo que a abobrinha soltará e fique bem molinha. Depois, bata os ingredientes no liquificador com a mostarda, o azeite e a cebolinha para que adquira consistência de patê. Leve à geladeira para firmar e retire na hora de servir.

Assista ao passo a passo dessa receita no vídeo que preparamos para vocês:

Fácil demais, não é mesmo? E fica deliciosa! Você pode servir com bolachas de arroz, torradas sem glúten, minicenouras etc. É uma opção bem legal de aperitivo para servir para amigos e familiares! Esperamos que tenham gostado!

Beijos, Letícia e Regina

Salada colorida

009b

O post de hoje é especial para a #segundasemcarne e tem uma convidada muito importante, minha sobrinha Júlia. ❤ Ela quis criar uma receita especial para o SOS Intolerante e resolveu reproduzir para vocês a salada que ela faz para o jantar na casa dela, com ovo cozido, mas dessa vez na versão própria para intolerantes e veganos. Ficou linda, bem colorida, e deliciosa! A Ju tem 7 anos e adora ajudar na cozinha. A salada foi totalmente criação dela e ela fez tudo sozinha. Muito legal, né? Ela mesma se serve sozinha nas refeições e recheia o prato de saladas variadas, come de tudo, lindo de se ver. No próximo post a Ju vai fazer biscoitos de amendoim sem glúten, sem lactose, sem ovo e sem soja, aguardem!!! 🙂

Ingredientes012b

1 bandeja de tomate-cereja

1 pacote de minicenouras

1 xícara de milho

1 xícara de ervilha

Alface

Rúcula

Modo de fazer

Comece pela alface, faça uma “caminha” para os demais ingredientes. Depois, adicione o milho, a ervilha, meia bandeja do tomate-cereja, minicenouras e folhas de rúcula. Finalize com o restante do tomate-cereja. Se você não for intolerante, pode colocar pedacinhos de ovo cozido e queijo ralado.

A Ju fez um vídeo para vocês conferirem como ela prepara essa super salada colorida! Vejam só, ela não é demais?

A salada ficou lindona, nossa chef Juju arrasou na produção! Ela já foi convocada para preparar muitas receitas para o SOS Intolerante, todo mundo provou e aprovou!

Beijos, Letícia, Regina e Júlia

Empadinha de frango sem glúten, sem lactose e sem ovo

sos de ferias

Hoje começa o Especial de Verão do SOS Intolerante! Ebaaa! Com várias receitinhas bacanas e que têm a cara das férias. Temos recebido muitos e-mails de mães com filhos intolerantes/alérgicos, então preparamos um especial com diversas receitas bem interessantes e práticas para se fazer nessas férias, a criançada vai adorar – e os adultos também, tem receita para todos os gostos. Então bora conferir o SOS Intolerante durante todo o mês de janeiro e ver as receitas que preparamos para o nosso Especial de Verão. 😉

120b

A primeira receita é nada mais nada menos que Empadinha! Isso mesmo, criamos uma receita mara de empadinha sem glúten, sem lactose e sem ovo. A massa dessa empada é vegana, então você pode adaptar o recheio ao seu gosto; nós fizemos de frango. Fica muuuuito parecida com a empada original, incrível! Confiram a receita:

Ingredientes118b

½ kg de farinha de arroz

1 “ovo” de linhaça (receita aqui)

3 colheres (sopa) de gordura vegetal

2 colher (sopa) de margarina (usamos a Becel azul, sem lactose)

2 colheres (sopa) de óleo

8 colheres (sopa) de água gelada

1 colher (café) de fermento químico

1 colher (café) de sal

Modo de fazer

Em uma tigela, adicione todos os ingredientes e, com as mãos, misture bem a massa, até que fique homogênea. Deixe a massa descansando por 10 minutos. Modele a base das empadinhas com as mãos e coloque em forminhas próprias para empadas (você pode usar forminhas de cupcake). Após ter a base de todas as empadas, adicione o recheio (fizemos frango). Para as “tampinhas”, que irão fechar suas empadas, abra porções da massa com o auxílio de um rolo de macarrão. Importante: você deve abrir a massa entre um plástico (usamos saquinhos plásticos) para que ela não fique seca e quebradiça. Meça o tamanho necessário e corte as “tampinhas” da empada. Depois é só colocar na base da empada, apertando bem as bordas para que grude na base. Dica: para que a empada fique douradinha por cima, pincele café preto sem açúcar já frio (se você puder consumir ovo, pincele gema normalmente). Leve a assar em forno médio por 40 minutos.

Rendimento: 22 empadinhas.

Se você quiser, pode congelar as empadas, depois basta colocá-las no forno ou micro-ondas para esquentar novamente.

No vídeo é possível ver com detalhes o passo a passo dessa receita, vejam só:

Agora a festa já tá quase pronta, já tem pastel (receita aqui), empadinha e logo logo virá a receita de coxinha. Quem foi que disse que intolerante não come de tudo? o SOS Intolerante está aqui para provar que isso é tudo lorota. A gente come de tudo, sim, e com muito mais saúde! Fiquem de olho que em janeiro nosso Especial de Verão estará repleto de receitas deliciosas.

Beijos, Letícia e Regina

Torta de maçã sem glúten e sem lactose

070b

Hoje tem uma receita top no blog: torta de maçã. Linda e gostosa demais, gente. Tortas são demais! Ela é sem glúten, sem lactose, sem ovo, vegana e tudo de bom! É uma excelente opção para fazer nas festas de final de ano, seja Natal, Ano Novo, confraternização de amigos, trabalho, família, qualquer ocasião vai ser uma ótima escolha para essa torta maravilhosa.

Ingredientes massa

2 ½ xícaras de farinha preparada para massas amanteigadas (receita aqui)

½ xícara de açúcar068b

2 “ovos” de linhaça (receita aqui)

4 colheres de margarina sem lactose

1 colher (sobremesa) de fermento para bolo

1 pitada de sal

2 colheres (sopa) de leite de arroz gelado (receita aqui)

2 maçãs médias

Ingredientes recheio

1 lata de leite condensado de soja

Suco de 3 limões espremidos e coados

Em um recipiente, vá misturando o leite condensado com o suco de limão até que fique um creme bem homogêneo

Modo de fazer

Antes de iniciar a massa, fatie as maçãs e por cima esprema o suco de 1 limão para que não escureça.

Numa bacia, adicione todos os ingredientes da massa e mexa com as mãos até que fique bem homogênea. Vá abrindo a massa com as mãos e dispondo numa forma para torta ou de fundo removível; faça uns furinhos na massa para que não dê bolhas e leve a assar em forno a 180 oC por cerca de 20 minutos para preassar. Adicione o recheio. Escorra o suco de limão das maçãs da cobertura e as distribua sobre a torta. Polvilhe açúcar com canela por toda a torta e a leve novamente ao forno para terminar de assar (cerca de 25 minutos).

Confiram no vídeo como preparamos essa tora de maçã deliciosa:

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita. Não se esqueçam de comentar o que acharam e nos contarem se fizerem essa torta.

Beijos, Letícia e Regina

Pão de forma (sem glúten, sem leite, sem ovo, vegano)

012bMais uma receitinha de pão sem glúten, sem leite e sem ovo (pãozinho vegano, oba) no blog. Esse, diferente do anterior (receita aqui), é um pouco mais tranquilo de fazer, a massa não é tão sensível. Ele tem alguns diferenciais, você vai ter de preparar uma farinha especial para essa receita, mas é bem tranquila de fazer, com ingredientes básicos. Fica parecendo mesmo um pão de forma, desses comuns que a gente compra no supermercado, nem parece sem glúten. Além disso, fica muito fofinho ainda nos dias seguintes, não precisa esquentar, bom demais. Ah, pode congelar, depois de descongelado é bom mantê-lo em geladeira (apesar de assim acabar dando uma ressecadinha no pão, basta colocar alguns segundos no micro-ondas ou na sanduicheira que ele volta a ficar bem macio).

Antes de iniciar, você deve fazer uma farinha preparada para pão, que nada mais é que a junção de várias farinhas específicas, confiram:

Ingredientes da farinha preparada para pão

2 xícaras de farinha de arroz011b

1 xícara de fécula de batata

1 xícara de creme de arroz

2 colheres (sopa) de goma xantana

Ingredientes do pão

1 ½ xícara de água

1 envelope de fermento de pão

3 colheres (sopa) de açúcar

1 ½ xícara de farinha preparada para pão

1 ¼ xícara de farinha de arroz (pode ser farinha de arroz integral)

½ xícara de óleo

½ colher (chá) de sal

½ colher (chá) de melhorador de farinha

Modo de fazer

Unte uma fôrma 22 X 11 cm e a polvilhe com farinha de arroz. Em uma tigela, inicialmente coloque apenas ½ xícara da água morna, o fermento, o açúcar e 2 colheres (sopa) da farinha preparada para pão. Misture e deixe crescer por 15 minutos até formar uma “esponja”. Coloque o restante da farinha preparada, a farinha de arroz, o restante da água, o óleo, o sal e o melhorador de farinha. Bata até obter uma massa cremosa e grossa. Transfira para a forma de pão e deixe crescer novamente por 15 minutos. Preaqueça o forno a 200o por 10 minutos e asse por 50 minutos ou até dourar.

Prontinho, só isso. Mais simples, não é mesmo? E fica uma delícia! Se fizerem, contem o que acharam. Não fizemos vídeo dessa receita, mas se vocês acharem necessário e que irá ajudar, escrevam nos comentários que nós gravaremos para vocês.

Beijos, Letícia e Regina