Torta de banana com cobertura de brigadeiro

IMG_4284b

Oi, genteee! Sobremesa delícia no ar: fizemos essa minitorta de banana com cobertura de brigadeiro sem glúten, sem lactose, sem ovo e vegana que ficou delicideusa! É muito fácil de fazer e não tem erro. Por aqui todo mundo amou! 😀

Ingredientes

1 xícara de bolo de banana esfarelado (nós usamos ESTE, mas pode ser qualquer um. No blog tem vários: CONFERE AQUI)
1 colher (chá) de manteiga ghee vegana (usamos a da Natural Science Veg)

1 banana-prata madura para o recheio

Modo de fazer

Misture o bolo esfarelado com a ghee até obter uma massa homogênea e forre o fundo e as laterais de uma fôrma de fundo removível (a nossa tem 12 cm de diâmetro). Aqueça a banana por 1 minuto micro-ondas, amasse-a e espalhe de recheio da torta. Leve a assar em forno preaquecido a 180 ºC por 10 minutos. Espere esfriar, cubra com brigadeiro e leve à geladeira por 4 a 6 horas.

Cobertura de brigadeiroIMG_4287b

Brigadeiro com leite condensado:

½ lata de leite condensado (de soja ou sem lactose)
1 colher (sopa) de cacau em pó

Leve numa panela, em fogo baixo, mexendo sempre até desgrudar do fundo e obter ponto de brigadeiro mais mole. Reserve.

OU

Brigadeiro sem leite condensado:

1 litro de leite de amêndoas (receita aqui)
2 colheres (sopa) de cacau em pó
4 colheres (sopa) açúcar demerara
1 colher (sopa) de manteiga ghee vegana

Junte todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até obter consistência de brigadeiro. O processo demora um pouco, o leite vai reduzir bastante e aí começará a dar liga, leva cerca de 30 minutos.

IMG_4281b

Fica simplesmente deliciosaaaaa!!! Arrependidas de termos feito no tamanho pequeno, porque devoramos tudinho! 😛

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Anúncios

Torta Charge 2

IMG_4724b

A Torta “Charge” da discórdia parte 2! kkkk Conforme o post anterior, pra intolerante aqui, a torta charge que postamos já era bem “chargezuda”, mas pra SOS Intolerante mãe não; então ela criou essa segunda versão que, de fato, é mais parecida com o chocolate. Mãe sempre tem razão… Essa belezura também é sem glúten, sem lactose, sem ovo e vegan. O que vocês acharam? Qual torta vocês acham que ficou mais parecida com o chocolate Charge???

Ingredientes (massa)

120g de farinha de arroz integral
75g de polvilho doce
70g de açúcar demerara
50 g de cacau em pó
1 colher (sopa) de farinha de linhaça de molho em 3 colheres de água por 15 min
50g de manteiga ghee vegan
1 colher (chá) de fermento químico
½ colher (chá) de sal
7 colheres (sopa) de água gelada

Modo de fazer (massa)

Em um recipiente, junte todos os ingredientes e misture, com as mãos, até obter uma massa homogênea. Envolva a massa em plástico-filme e deixe 30min na geladeira. Depois, abra a massa e forre uma fôrma de fundo removível (a nossa tem 26 cm de diâmetro). Faça furinhos com um garfo e leve a assar em forno a 200 C por 15 minutos. Reserve.

Creme branco

1 xícara de leite de amêndoas caseiro
2 colheres (sopa) de açúcar demerara
1 colher (sopa) de amido de milho
1/2 colher (chá) de essência baunilha
2 colheres (sopa) de creme de leite de soja, de arroz ou sem lactose .

Modo de fazer

Leve essa mistura (exceto creme de leite) a cozinhar em fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar. Retire do fogo e adicione o creme de leite

Caramelo

2 xícaras de açúcar demerara
1 xícara + 1/3 xícara de amendoim torrado sem casca
200 ml de leite de coco (usamos industrializado porque é mais concentrado)

Modo de fazer

Derreta o açúcar em fogo baixo. Depois que o açúcar estiver todo derretido, acrescente o leite de coco beeeeeem devagar e vá mexendo sempre pra não empelotar. O ponto é quando o caramelo escorre bem devagar da colher, não tão líquido. Depois de pronto é só acrescentar o amendoim. Deixe esfriar

Montagem: sobre a massa, derrame o creme branco, depois o caramelo e finalize com a cobertura feita com 200g de chocolate derretido misturado com 1/2 xícara de leite de coco. Leve à geladeira por umas 4h-6h antes de servir.

IMG_E4762b

Essa torta ficou tão deliciosa quanto a outra, tá difícil escolher! Mas acredito que, por ter o creme, ficou menos doce e deu uma amenizada no caramelo. O pessoal aqui adorou e se deliciou. Perceberam que não tem foto da torta inteira? Pois é, não deu tempo, todo mundo ataco! kkkkk 😀

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Torta Charge

IMG_4488b

Oi, genteee! A receita de hoje é delícia certa: Torta Charge! Essa lindeza é sem glúten, sem lactose, sem ovo e vegan! Mas, pra SOS Intolerante mãe, essa versão não é a mais perfeita, ela ainda vai fazer outra mais parecida com o tal chocolate (quem viu nossos stories no instagram acompanhou essa saga kkkk. Segue a gente por lá: sosintolerante), mas eu achei que já estava bem “chargezuda” e quis postar para vocês porque ficou simplesmente divina!!! O caramelo ficou surreal de bom, sem palavras! (L)

Ingredientes (massa)IMG_4512b

120g de farinha de arroz integral
75g de amido de milho
50g de açúcar demerara
1 “ovo” de linhaça (substituto do ovo de galinha – receita aqui)
50g de manteiga ghee (veganos, usem óleo de coco)
1 colher (chá) de fermento químico
½ colher (chá) de sal
3 colheres (sopa) de água gelada

Modo de fazer (massa)

Em um recipiente, junte todos os ingredientes e misture, com as mãos, muito bem, até obter uma massa homogênea. Envolva a massa em plástico-filme e deixe 30 minutos na geladeira. Depois, abra a massa e a disponha em uma fôrma de fundo removível (a nossa tem 26 cm de diâmetro), forrando o fundo e as bordas (tome cuidado para não deixar buracos, para que o recheio não vaze). Faça furinhos com um garfo e leve a assar em forno a 200 ºC por 15 minutos. Reserve.

IMG_4494b

Caramelo

2 xícaras de açúcar demerara
200 ml de leite de coco (usamos industrializado porque é mais concentrado)
2 colheres (sopa) manteiga ghee vegana
1 xícara + 1/3 xícara de amendoim torrado sem casca

Modo de fazer

Derreta o açúcar demerara em fogo baixo. Após todo açúcar estar derretido, comece acrescentando o leite de coco aos poucos (bem aos pouquinhos mesmo, pra não empelotar) e vá mexendo sempre. Adicione a manteiga e mexa bem. O ponto certo do caramelo vai ser quando ele escorrer mais lentamente da colher, não estando tão líquido. Desligue o fogo e acrescente o amendoim. Derrame o caramelo na sua torta e espere esfriar. Depois de frio, cubra com 200 g de chocolate derretido (derretemos no micro-ondas mesmo). Leve à geladeira até gelar bem e pronto!

Essa torta simplesmente acabou no mesmo dia!!! O povo amou e atacou. Eu salvei a tempo um pedacinho pra congelar e fazer o teste, ufa! kkkk Teste feito: pode congelar sem problemas que fica perfeita. 😀

IMG_4497b

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Trufa de pasta de amendoim

116b

A receita de hoje ganhou o troféu deliciosidade da vida: Trufa de pasta de amendoim! MEU DEUS, pensa numa coisa boaaaaaaaaaa!!! Apenas a melhor trufa das galáxias, macia, saborosa, sem igual. E, claro, sem glúten, sem lactose, sem ovo e vegan. ❤

Ingredientes

280 g de chocolate sem glúten/sem lactose/vegano para a “casquinha” da trufa
200 g de chocolate sem glúten/sem lactose/vegano para o recheio da trufa
5 colheres (sopa) de pasta de amendoim integral para o recheio (receita aqui)
Fôrma de trufa (usamos o tamanho médio – compramos de acetato e pagamos R$1,00 em cada)

117b

Atenção: Antes do modo de fazer, precisamos falar sobre o chocolate! Nós usamos chocolate fracionado/temperado para fazer a casquinha, compramos este aqui meio-amargo da marca Harald/Melken. É importante que o chocolate seja temperado para que a trufa não derreta fora da geladeira. Se você preferir, pode usar qualquer chocolate e temperar em casa. Ou ainda, se não quiser, basta manter sua trufa em geladeira. 😉

Modo de fazer

Comece derretendo em banho-maria ou micro-ondas o chocolate. Espalhe na forminha das trufas, cobrindo bem as bordas. Leve à geladeira e deixe até firmar. Então, faça uma segunda camada de chocolate na forminha para que a “casquinha” da sua trufa fique mais grossinha. Lembre-se de reservar uma parte desse chocolate para você fechar a trufa após ter colocado o recheio. Volte à geladeira até firmar, novamente. Enquanto isso, prepare o recheio. Derreta o chocolate do recheio também em banho-maria ou no micro-ondas, acrescente a pasta de amendoim e misture bem. Encha as trufas com o recheio e utilize o restante do chocolate separado à casquinha para fechar os bombons. Volte à geladeira para firmar. Depois é só desenformar com cuidado (eu não sou muito jeitosa e acabei cortando a forminha da trufa para conseguir tirar sem estragar o bombom) e se deliciar!

115b

Usamos duas forminhas de trufa tamanho médio, em cada uma cabiam 8, então essa receita rende 16 trufas. 😉

118b

Simplesmente maravideusa essa trufa! Hmmmm, boa demais! Já fizemos várias e várias vezes. Inclusive já substituímos a pasta de amendoim por licor e ficou incrível também (basta colocar licor a gosto junto do chocolate do recheio, aí você tira a pasta de amendoim; fomos colocando e provando o sabor do chocolate até atingir o gostinho que queríamos).

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Pasta de amendoim caseira

eb

Oi, gente! Vou compartilhar com vocês uma receita que sempre que posto nas redes sociais me pedem para fazer vídeo e explicar o passo a passo: como fazer pasta de amendoim caseira. Na verdade não é nem uma receita, apenas compartilho com vocês o modo como faço e algumas dicas para deixar o processo ainda mais rápido e prático. Eu fiz a pasta de amendoim pura, sem açúcar nem sal, algo mais saudável. Mas você pode modificá-la seu gosto, por exemplo adicionando mel, melado, canela, cacau, açúcar, sal (sim, tem gente que prefere a pasta salgada) etc. Sai muiiiiito mais em conta fazer a sua própria pasta de amendoim em casa, gente! Então bora para o passo a passo! 🙂

Ingredientesab

Amendoim torrado e moído (sem sal/sem açúcar)

Modo de fazer

Coloque no processador e bata até obter ponto de pasta. Vá parando e mexendo para que bata de forma homogênea. O processo é rápido, leva de 10 a 15 minutos. Conserve em um recipiente bem vedado em temperatura ambiente (não precisa colocar na geladeira). Só isso, fácil demais!!! Aqui, na hora de bater, você pode acrescentar o que quiser na sua pasta. Eu faço sempre pura, mas você pode adicionar o que preferir.

Dica: compre já o amendoim torrado e moído (eu uso o da marca Santa Helena, pago R$11,75 no pacote de 1,05 kg), isso facilitará muito a sua vida – e a vida útil do seu processador hahaha :D. Anteriormente já fiz com o amendoim torrado e granulado, que é bem pequeno e também torna o processo rápido. Dá para fazer com o amendoim inteiro, claro, mas demora muuuuito mais, você tem de parar para não superaquecer o processador e queimá-lo (conheço pessoas que queimaram o processador fazendo pasta de amendoim).

No vídeo mostro o passo a passo completo de como preparar a pasta de amendoim caseira e falo mais dicas:

Moleza, né gente? Vale muito a pena fazer em casa, é facílimo e barato! Eu adoro comer com banana ou biscoito de arroz, às vezes como até pura de sobremesa, hmmm que delícia! 🙂

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Arroz doce funcional vegano

026b

Oi, gente! Hoje tem mais um post superespecial no blog. Essa receita foi criada pelo time de nutricionistas da Natue especialmente para o SOS Intolerante. Eles já criaram outras duas receitas para o nosso blog, vocês já viram? Patê de ervilhas e Crepioca gourmet. Hoje eles criaram mais uma receita; nós fizemos, aprovamos e viemos compartilhar com vocês: arroz doce funcional sem lactose. Essa receita tem muitos ingredientes “do bem”, é vegano, sem lactose, sem ovo, sem glúten. Também é feita apenas com o leite de coco e com biomassa de banana verde, ingrediente coringa na cozinha funcional, que além de dar cremosidade, substituindo o leite condensado e o creme de leite, oferece diversos benefícios ao nosso organismo. A biomassa de banana verde contém carboidratos que não são digeridos e atuam como fibras prebióticas no intestino, aumentando as bactérias boas da nossa flora intestinal. Além disso, por ser uma receita rica em fibras, proporciona sensação de saciedade e contém valor calórico bem menor do que a receita tradicional. Bacana, não é mesmo? A Natue arrasou na receita, vejam só!

Ingredientes023b

1,5 L de leite de coco

1/3 xícara (chá) de biomassa de banana verde (polpa) (encontre aqui)

5 colheres (sopa) de açúcar mascavo (encontre aqui)

1 xícara de arroz integral (encontre aqui)

Especiarias a gosto (sugestão: 5 cravos, 1 canela em pau ou 1 colher (chá) de canela em pó e meia fava de baunilha fresca ou 1 colher (chá) de extrato de baunilha)

Modo de fazer

Bata no liquidificador o leite de coco, a biomassa e o açúcar. Leve a mistura em uma panela média (com borda alta) com o arroz e as especiarias e deixe cozinhar em fogo médio/alto, mexendo de vez em quando para não grudar. Quando ferver, abaixe mais o fogo, deixe a panela semitampada e deixe cozinhar por cerca de 30 minutos, até o arroz ficar macio e o doce apurar. Mexa de vez em quando, assim o amido do arroz irá se soltar, garantindo uma sobremesa mais cremosa. Lembre-se de tampar (parcialmente) a panela todas as vezes que mexer. Depois de pronto, transfira o arroz doce para uma travessa e salpique canela em pó. Sirva morno ou gelado.

Rendimento: 6 porções

Gravamos em vídeo o passo a passo do arroz doce, confiram:

Muito bacana, não é mesmo? Fica muito cremoso e saboroso, nem parece que é sem leite condensado. Foi muito aprovado, agora no inverno é um doce perfeito, o clima pede esse arroz doce quentinho e saudável. Muito obrigada mais uma vez à Natue, nós adoramos a receita.

Beijos, Letícia e Regina

Mousse vegana de manga

015b

Oi, gente! Já deu pra perceber que estamos na vibe de mousse ultimamente, né? Claro que são mousses modificadas, afinal são muitas restrições e fica complicado seguir a receita original. A mousse de manga de hoje é muuuuuuito saborosa, é vegana, sem glúten, sem lactose, sem ovo e sem soja. Fica tão, mas tão gostosa e é tão simples que você vai querer fazer todo dia. Você vai precisar de apenas quatro ingredientes. Não acredita? Confere aí!025b

Ingredientes

1 manga picada (se estiver congelada, a mousse fica ainda mais cremosa)
50 ml de leite de coco
2 colheres (sopa) de suco de limão
2 colheres (sopa) de açúcar demerara

Modo de fazer

Bata todos os ingredientes no processador ou no liquidificador e sirva em tacinhas. Por cima, decore com coco ralado sem açúcar.

029b

Sim, só isso! Perfeito demais, minha gente! Pouco ingrediente, prática, rápida e, como sempre digo, suja pouca louça! 😀 Ainda não acreditou? Confere no vídeo aí embaixo como eu fiz a mousse de manga e comprove! 😉

E aí? Bora fazer para o final de semana? Fica simplesmente delicioso! Ah, rende duas taças pequenas ou uma grande, então se você quiser fazer bastante, basta dobrar ou triplicar a receita.

020b

Beijos, Letícia e Regina

Quiche de legumes vegana e sem glúten

032b

Oi, gente! Hoje tem #segundasemcarne no blog com uma receita simplesmente deliciosa: quiche de legumes! Tudo sem leite, sem ovo, sem lactose, sem soja, sem glúten! Essa é uma versão de quiche, claro, já que a quiche de verdade leva muito ovo, glúten, lactose. Nós adaptamos e criamos uma receita vegana e muito saborosa. Já esteve nos almoços de domingo diversas vezes, foi 100% aprovada e hoje compartilhamos com vocês essa maravilha. Fizemos também essa receita sem a massa, seguindo o mesmo passo a passo apenas com os legumes e fazendo legumes cozidos deliciosos! Acho que essa receita tá no meu Top 5 de receitas deliciosas para intolerantes, huuuuuum ADORO! Ah, e o recheio você faz da sua preferência, aqui demos apenas uma sugestão, mas você pode fazer com outros legumes ou carne, frango, tofu, fica a seu critério! Separei a receita por partes (massa, recheio, montagem) para facilitar, confiram! 🙂

Ingredientes (massa)045b

1 xícara de farinha de arroz (branca ou integral)
1 xícara de farinha de grão-de-bico
1/2 xícara de farinha de trigo sarraceno (é sem glúten)
1 colher (café) de sal
4 colher (sopa) de azeite de oliva extravirgem
1/2 colher (café) de fermento químico
1 xícara de água gelada

Modo de fazer (massa)

Coloque todos os ingredientes numa tigela, a água vá acrescentando aos poucos por último, e mexa muito bem a massa com as mãos até que fique lisa, homogênea e não grude nas mãos. Deixe-a descansando por 30 minutos na geladeira. Molde a massa numa fôrma de fundo removível; não deixe nem muito fino nem muito grosso, se não não irá assar igualmente toda a quiche, procure forrar toda a sua fôrma de modo igual.

Ingredientes (recheio)040b

2 berinjelas pequenas cortadas em rodelas
1 colher (sopa) de sal grosso
2 colheres (sopa) de vinagre de álcool
Água (cerca de 1 litro)
2 abobrinhas pequenas cortadas em rodelas
3 cebolas-roxas pequenas fatiadas
1 tomate grande fatiado
Azeite de oliva extravirgem
Temperos a gosto

Modo de fazer (recheio)

Deixe as berinjelas fatiadas de molho na água com o sal grosso e o vinagre por 30 minutos. Escorra a água e seque as berinjelas com papel-toalha. Leve a berinjela a assar em fôrma untada com azeite de oliva, por cima polvilhe temperos a gosto (usamos orégano e pimenta), em forno a 250 °C por 10 minutos. Cubra a fôrma com papel-alumínio. Depois, tire a berinjela do forno e, na mesma fôrma, disponha as abobrinhas fatiadas. Adicione mais uma pitada de sal e um fiozinho de azeite de olive. Volte ao forno por mais 20 minutos (fôrma coberta com papel-alumínio). Num wok ou numa frigideira grande, frite o tomate, a cebola-roxa e um punhado de alho-poró com 1 colher (sopa) de azeite de oliva e temperos (usamos sal, pimenta e orégano); deixe cozinhar até que fiquem bem macios, quase desmanchando.

048b

Montando a quiche

Sobre a massa já moldada na fôrma de fundo removível, comece espalhando uma camada de molho de tomate por todo o fundo da quiche para que fique bem molhadinha. Nós fizemos o nosso molho com 1 cebola branca, 1 tomate, 1 colher (café) de sal e 1 colher (sopa) de extrato de tomate, mas você pode usar molho pronto se preferir. Em seguida coloque os legumes e finalize com temperos a gosto e um fiozinho de azeite de olive. Leve a assar por 20 minutos em forno a 250 °C e está pronta a sua quiche.

Para que vocês não fiquem com nenhuma dúvida, resolvemos filmar o passo a passo da receita para que vocês pudessem ver de pertinho como fizemos. Assim facilita bastante, vejam só:

E aí, quem ficou com água na boca? Só de fazer o post já me deu vontade de comer essa quiche deliciosa novamente! Os legumes ficam saborosos DEMAIS, é incrível, e a massa fica macia, nada quebradiça ou esfarelenta, boa demais. Nós até congelamos para testar e fica ok! Depois de descongelada, a massa dá uma leve ressecada, normal, mas continua saborosíssima. 🙂

Beijos, Letícia e Regina

Patê de abobrinha vegano

060b

Oi, gente! Como passaram de feriado? Muita comilança? Por aqui foi muito tranquilo, zero chocolate, Páscoa clean! Se eu senti vontade? Até senti, mas o fato de não passar mal pelo resto da semana faz passar qualquer vontade de comer chocolate. Mas ganhei umas balinhas, doce de banana, barrinha de alfarroba e creme de avelã de alfarroba (que eu estou curiosíssima para testar, depois conto para vocês).

Bom, mas como muita gente acaba enfiando o pé na jaca no feriado – ainda mais sendo feriado de Páscoa -, a receita por aqui é leve. Leve, saborosa e facílima de fazer: patê de abobrinha! No post anterior ensinamos a preparar abobrinha recheada, agora você vai utilizar a polpa que não usou na receita anterior, afinal, nada de desperdícios, vamos aproveitar tudinho e transformar em uma opção deliciosa de aperitivo.

Ingredientes061b

1 cebola
Polpa de uma abobrinha grande
1/2 colher (chá) de sal
1/2 colher (chá) de pimenta branca moída
1 colher (chá) de alho-poró desidratado
1 colher (chá) de orégano
1 colher (sobremesa) de mostarda
1 colher (sopa) de cebolinha
1 colher (spbremesa) azeite de oliva extravirgem

Modo de fazer

Refogue a cebola com um fio de azeite de oliva extravirgem, em seguida acrescente a polpa da abobrinha, e deixe cozinhar até que seque o caldo que a abobrinha soltará e fique bem molinha. Depois, bata os ingredientes no liquificador com a mostarda, o azeite e a cebolinha para que adquira consistência de patê. Leve à geladeira para firmar e retire na hora de servir.

Assista ao passo a passo dessa receita no vídeo que preparamos para vocês:

Fácil demais, não é mesmo? E fica deliciosa! Você pode servir com bolachas de arroz, torradas sem glúten, minicenouras etc. É uma opção bem legal de aperitivo para servir para amigos e familiares! Esperamos que tenham gostado!

Beijos, Letícia e Regina

Salada colorida

009b

O post de hoje é especial para a #segundasemcarne e tem uma convidada muito importante, minha sobrinha Júlia. ❤ Ela quis criar uma receita especial para o SOS Intolerante e resolveu reproduzir para vocês a salada que ela faz para o jantar na casa dela, com ovo cozido, mas dessa vez na versão própria para intolerantes e veganos. Ficou linda, bem colorida, e deliciosa! A Ju tem 7 anos e adora ajudar na cozinha. A salada foi totalmente criação dela e ela fez tudo sozinha. Muito legal, né? Ela mesma se serve sozinha nas refeições e recheia o prato de saladas variadas, come de tudo, lindo de se ver. No próximo post a Ju vai fazer biscoitos de amendoim sem glúten, sem lactose, sem ovo e sem soja, aguardem!!! 🙂

Ingredientes012b

1 bandeja de tomate-cereja

1 pacote de minicenouras

1 xícara de milho

1 xícara de ervilha

Alface

Rúcula

Modo de fazer

Comece pela alface, faça uma “caminha” para os demais ingredientes. Depois, adicione o milho, a ervilha, meia bandeja do tomate-cereja, minicenouras e folhas de rúcula. Finalize com o restante do tomate-cereja. Se você não for intolerante, pode colocar pedacinhos de ovo cozido e queijo ralado.

A Ju fez um vídeo para vocês conferirem como ela prepara essa super salada colorida! Vejam só, ela não é demais?

A salada ficou lindona, nossa chef Juju arrasou na produção! Ela já foi convocada para preparar muitas receitas para o SOS Intolerante, todo mundo provou e aprovou!

Beijos, Letícia, Regina e Júlia