Broa de amendoim com chocolate

052b

Semana começando com feriado à vista, amanhã é terça-feira de Carnaval, então que tal preparar esses biscoitos para curtir o feriadão com um snack saudável, sem glúten, lactose, ovo, soja e delicioso?! Bora aprender a fazer nossas broas de amendoim com chocolate. A broa é famosa aqui na minha família, receita de Vó, mas para quem não conhece ela é feita basicamente fubá, ou polvilho ou fécula de mandioca; então nós pegamos a receita da Vovó e adaptamos às intolerâncias. O resultado foi uma broa incrivelmente saborosa!!!

Ah, nessa receita nós usamos medidores para fazer uma medida bem precisa de todos os ingredientes. Então, se você tiver medidores culinários em casa, pode colocar no uso! 😉

Ingredientes055b

1 e ½ xícaras de farinha de arroz
1 xícara de farinha de amendoim
½ xícara de farinha de amaranto
½ xícara de polvilho doce
1 xícara de açúcar mascavo
2 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha – receita aqui)
2 colheres (sopa) de manteiga ghee (veganos, substituam por creme vegetal)
1 pitada de sal
5 colheres (sopa) de água gelada
1 colher (sobremesa) de fermento químico

100 g de chocolate sem glúten/lactose para cobertura

Modo de fazer

Misture todos os ingredientes muito bem até obter uma massa homogênea. Enrole em plástico-filme e leve à geladeira por 30 minutos. Molde os biscoitos e leve-os a assar em uma fôrma forrada com papel-manteiga em forno preaquecido a 180-200 ˚C por cerca de 20 minutos. Enquanto espera esfriar, prepare a cobertura de chocolate; para isso, basta derreter o chocolate no micro-ondas ou em banho-maria. Aí é só passar todas as broas no chocolate e dispô-las em uma fôrma forrada com papel-manteiga. Leve cerca de 10 minutos à geladeira para firmar o chocolate e já está pronto para consumo.

No vídeo a seguir mostramos com mais detalhe o modo de preparar essa receita:

Que delícia, né gente? Esses biscoitos ficam mais firmes, não é aquele tipo macio, não; é mais durinho, crocante. Ah, e essa receita rende bastante, como vocês podem ver pelas fotos (acabei me esquecendo de contar :/), vale super a pena fazê-la. 🙂

057b

Essa broa com um café é a combinação perfeita!

063b

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Anúncios

Biscoito recheado – Goiabinha

033b

Oi, genteee!!! Receita saindo do forno para o blog: biscoito recheado de goiabada. Que ficou apenas IDÊNTICO ao biscoito Enroladinho Goiabinha, da Piraquê (este aqui). Nossa ideia era justamente fazer esse biscoito Goiabinha, porque eu adorava quando era mais nova, queria comer sempre. A mãe da intolerante lembrou e resolvemos criar a nossa versão; depois de muitos e muitos testes chegamos a essa receita, que ficou muuuuuuuuito parecida. Então, confiram a nossa “Goiabinha”. 🙂

Antes de começar, temos uma dica quanto à farinha de amêndoas. Nessa receita você deve prepará-la para que fique com o sabor igual ao biscoito da Piraquê, então fará o seguinte: leve a farinha de amêndoas crua em uma frigideira até “amorenar” um pouquinho (mas é bem pouco, só para ficar mais moreninha mesmo), vá mexendo para não torrar. Espere esfriar e adicione uma colher de açúcar de baunilha em pó (usamos este aqui – você encontra em supermercados ou lojas de confeitaria). Mexa bem.

Ingredientes030b

1 xícara de farinha de arroz
½ xícara de farinha de amêndoas (leia o texto acima sobre a farinha!!!)
½ xícara de polvilho doce
½ xícara de açúcar demerara
2 colheres (sopa) de manteiga ghee (veganos, substituam por creme vegetal que dará certo)
½ colher (sopa) de fermento
½ xícara de leite vegetal (usamos leite de arroz – receita aqui)

Modo de fazer

Misture todos os ingredientes até obter uma massa homogênea. Enrole em plástico-filme e leve à geladeira por 30 minutos. Abra um disco da massa, recheie com um cubinho de goiabada e feche com mais um disco de massa. Aperte bem para cobrir as laterais. (Você pode conferir o passo a passo detalhado no vídeo a seguir.) Leve a assar em uma fôrma forrada com papel-manteiga em forno preaquecido a 180-200 ˚C por cerca de 15 a 20 minutos.

Preparamos um vídeo mostrando todo o passo a passo da nossa Goiabinha:

Nessa receita a farinha de amêndoas preparada é o que dá o sabor idêntico ao biscoito da Piraquê. É cara? Sim, muito. Mas vai só 1/2 xícara, é bem pouco e faz a maior diferença. Você pode substituir por outra farinha de oleaginosa, mas o sabor não vai ficar igual, ok? Vale a pena testar, já que você precisará de tão pouca farinha. 😉

034b

Essa receita rendeu 7 biscoitos porque nós fizemos beeeem grandões (no vídeo dá para ver bem porque comparei com o tamanho da minha mão, é quase o tamanho da palma da mão), mas você pode fazer menorzinho que renderá mais.

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Biscoito de banana e aveia

029b

Oi, genteeee! Receitinha nova no ar, e dessa vez é todinha sem glúten, lactose, ovo, soja e saudável: biscoitos de aveia com banana!

Ingredientes

1 xícara de farinha de aveia sem glúten028b
1 xícara + 1 colher (sopa) de aveia em flocos sem glúten
2 bananas amassadas (3/4 de xícara)
4 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1 colher (sobremesa) de manteiga ghee ou óleo de coco
1 colher (chá) de canela em pó
1 colher (chá) de fermento químico
Pitadinha de sal

Modo de fazer

Misture muito bem todos os ingredientes até obter uma massa homogênea. Modele em bolinhas e leve a assar em uma fôrma forrada com papel-manteiga (que também estará untado) em forno a 200 ˚C por 20-30 minutos.

Nós gravamos essa receita em vídeo mostrando o passo a passo detalhado, o ponto da massa etc. Confiram aqui:

Bem simples de fazer, né pessoal? Não tem erro! É uma ideia super bacana para o lanche da tarde ou para um snack gostoso. Eu gosto de levar num potinho para comer no intervalo do trabalho ou das minhas aulas, mata a fome sem enfiar o pé na jaca. 🙂

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Torta gelada de amendoim

image2b

Oi, genteee! Receita deliciosa no ar: torta gelada de amendoim, banana e cobertura de chocolate!!! É sem farinhas refinadas, glúten, lactose, ovo e ainda é vegan, muito saudável e saborosa. ❤ Fiz essa torta na terça-feira, para receber uma amiga. Ela foi minha super cobaia do dia! hahaha E, sim, foi aprovadíssima, ela AMOU. Meus pais também provaram e aprovaram. Gostaram tanto que tiver de correr e dividir logo essa delícia com vocês. É muito rápida de fazer, prática e barata, com ingredientes simples e fáceis de encontrar. Bora aprender!!! 🙂

Base

1 xícara de farinha de amendoim (bati o amendoim no liquidificador até virar farinha)
2 colheres (sopa) de pasta de amendoim sem açúcar e sem sal (receita aqui)
1 colher (sobremesa) de melado

Misture tudo muito bem até obter uma massa homogênea e moldável (se necessário, acrescente um pouquinho de leite vegetal ou água para dar liga). Forre o fundo de uma fôrma de 16 cm de diâmetro (sim, é uma fôrma pequena; se não tiver, pode fazer em várias forminhas de cupcake/muffin), que deve estar forrada com papel-manteiga tanto no fundo quanto nas laterais (se a fôrma for de silicone não será necessário o papel-manteiga, a minha é de alumínio, então coloquei para não grudar na hora de desenformar), aperte bem até cobrir toda a base.

Recheioimage1b

2 bananas médias congeladas
4 colheres (sopa) de pasta de amendoim sem açúcar e sem sal (receita aqui)
1 colher (sobremesa) de melado
60 ml de leite de coco (ou outro leite vegetal)

No processador, junto todos os ingredientes e bata até obter um creme homogêneo. Despeje sobre a base e leve ao congelador até firmar.

Cobertura

90 g de chocolate sem glúten e sem lactose (usei 70% cacau)
2 colheres (sopa) de leite de coco

Derreta o chocolate e acrescente o leite de coco. Misture bem e cubra a torta. Volte ao congelador até que firme bem. Retire do congelador cerca de 20 a 30 minutos antes de consumir, para que fique na consistência ideal e não congelada demais.

image5b

Nem sei o que falar, fica realmente muito maravilhosa!!! Nessa foto acima dá para ver bem as três camadas, nhami! É uma ideia bem bacana para matar a vontade de comer um doce saboroso e diferente sem enfiar o pé na jaca. Além disso, como você deve mantê-la no congelador, ela dura bastante, não corre o risco de você atacar e comer tudo no mesmo dia. #quemnunca? hahaha Equilíbrio, meu povo! 😉 Façam, experimentem e contem pra gente o que acharam.

Beijos, Letícia e Regina