Bolo mesclado

bolo mesclado

Oi, gente! Semana começando com receita deliciosa: bolo mesclado! Sem glúten, sem lactose, sem ovo, sem soja e com opção vegan! Hmmmm, bolinho mesclado é tudo de bom, parece tanto o original, fica maravilhoso! Bem simples de fazer, os intolerantes piram!!! 😀

IngredientesIMG_6292b

2 xícaras de açúcar demerara
2 “ovos” de linhaça (receita aqui)
3 colheres (sopa) de manteiga ghee ou óleo de coco
1 vidro de leite de coco (usamos uma garrafinha de 200 ml leite de coco comprado pronto, dessa vez não foi o caseiro)
2 xícaras de farinha de arroz
½ xícara de farinha de amêndoas
½ xícara de amido de milho
1 colher (sopa) rasa de fermento químico
2 colheres (sopa) de cacau em pó ou achocolatado sem lactose

Modo de fazer

Comece batendo a manteiga ghee com o açúcar, em seguida acrescente os demais ingredientes (exceto o cacau) e bata bem até obter uma massa homogênea. Unte uma fôrma com furo no meio e polvilhe farinha de arroz, coloque a massa na fôrma, mas deixe cerca de 3 colheres (sopa) da massa ainda na batedeira para fazer a parte mesclada de chocolate. A essa massa na batedeira, adicione o cacau e misture bem. Pegue essa massa de colheradas e vá colocando na massa branca que já estava na fôrma; afunde bem para que a parte mesclada pegue o bolo de cima a baixo. Depois é só levar a assar em forno a 200 ºC por cerca de 30 minutos.

Moleza, hein gente? Basta lembrar que é preciso deixar um pouco de massa na bacia da batedeira para fazer a pasta de chocolate para mesclar o bolo, fora isso é só bater tudo e assar, bem prático! 🙂

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Anúncios

Tartelete de coco sem glúten/sem lactose

IMG_6107b

Oi, gente! A receita de hoje é sensacional: tarteletes de coco! Tortinhas fofas e deliciosas sem glúten, sem lactose, sem ovo e sem soja! Fica lindo para colocar numa mesa de doces, servir aos amigos, de sobremesa, ou comer tudo sozinho mesmo porque é bom demais! hahaha 😀 A receita é bem simples, bem simples meeeeeeesmo, sem mistério, e com poucos ingredientes, anotem aí!

Ingredientes (recheio)

100 g de coco ralado (usamos in natura)
200 ml de leite de coco (receita aqui)
200 ml de leite de arroz (receita aqui)IMG_6111b
2 colheres (sopa) de amido de milho

Modo de fazer (recheio)

Em uma panela, junte todos os ingredientes e leve-os a cozinhar em fogo baixo até engrossar e o coco ficar macio. Reserve.

Ingredientes (massa)

2 xícaras de farinha de arroz
1 xícara de amido de milho
1 xícara de fécula de batata
1 xícara de açúcar demerara
3 colheres (sopa) de manteiga ghee ou óleo de coco
2 “ovos” de linhaça (receita aqui)
½ xícara de água
½ colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer (massa)

Em uma bacia, misture todos os ingredientes (exceto a água) com as mãos. Adicione a água aos poucos, até que fique uma massa bem homogênea. Forre forminhas de tortinha/empada com a massa, fure-a com o garfo para não dar bolha e leve a assar em forno preaquecido a 200 ºC por 15 minutos. Retire, coloque o recheio e volte ao forno até dourar. Depois, decoramos com uma cerejinha (apesar de inusitada, a combinação ficou deliciosa!). Se você não as consumir no dia, armazene-as em geladeira para não azedar. Aí é só dar um esquentadinha antes de comer para a massa ficar crocante novamente.

IMG_6114b

Você pode rechear com outra coisa, se preferir. Fizemos também com geleia de acerola caseira (receita aqui) e polvilhamos chia, ficou simplesmente divino!

Muito fácil de fazer, né gente? Não tem desculpa! Nada de comer tortinhas cheias de glúten e ovo por aí, bora colocar a mão na massa e fazer uma zero alergia/intolerância! 😉

Beijos, Letícia e Regina

Macaron de limão sem glúten/sem lactose

015b

Hoje tem uma receita superespecial no blog: Macaron de limão! E esta é a receita original, hein, diretamente da França para o SOS Intolerante. Minha tia Zélia, que mora na França e também é do time dos intolerantes, criou essa versão de macaron e topou compartilhar aqui no blog a receita. Ela também já compartilhou conosco a receita de macaron de morango, clica AQUI para conferir. Nessa versão, a massa é sem glúten, sem leite e sem soja, eba! Eu já experimentei os macarons dela antes da minha intolerância e posso afirmar: são os melhores!!! Quem já experimentou os famosos da Ladurée e experimenta esses comprova como são iguaizinhos. A receita é bem precisa e sensível, mas seguindo o passo a passo você vai ter um macaron delicioso!

002b

Ingredientes (massa)

80g de clara (dividas pela metade, separe 40g em cada recipiente)
100g de farinha de amêndoas
100g de açúcar de confeiteiro
120g de açúcar (você usará separado 100g e depois mais 20g)
35ml de água
Corante em pó para alimentos na cor verde

utensilios

Modo de fazer (massa)

Separe as claras 3 dias antes de fazer o macaron em dois recipientes com 40g em cada e guarde-as em geladeira. Tire-as da geladeira apenas meia hora antes de utilizar.

Misture a farinha de amêndoas com o açúcar de confeiteiro e passe no processador de alimentos ou numa peneira fina.

amendoa com acucar

Bata 40g de clara em neve com 20g de açúcar. Faça uma calda com os outros 100g de açúcar e mais 35ml de água bem quente (no fogo, até atingir 118 oC). Misture essa calda quente na clara batida com açúcar e continue a bater até esfriar (cerca de 45 oC). Nesse ponto, adicione o corante em pó. Aqui teremos um suspiro.

ponto do suspiro

Adicione os outros 40g de claras com a mistura de farinha de amêndoas e açúcar de confeiteiro e mexa bem. E, por fim, incorpore aos poucos essa mistura ao suspiro até que fique homogêneo; vá mexendo com uma espátula até que a mistura caia como uma “fita”.

mistura suspiro amendoa e acucar confeit

Disponha num saco de confeiteiro com bico liso número 4 e faça os macarons em fôrma forrada com papel-manteiga (você pode marcar o tamanho dos macarons com a abertura de um copo, trace com lápis várias “bolinhas”, assim todos os seus macarons ficarão do mesmo tamanho ou mesmo no Google você encontra moldes prontos, minha tia sempre procura por gabarit pour macaron, você vai encontrar vários).

forma

Deixe os macarons secarem por 30 minutos e depois asse-os em forno preaquecido a 140-150 oC por cerca de 15 minutos (após 7 minutos de cozimento, abra a porta do forno para sair o vapor). Tire-os do forno e coloque-os para esfriar (sem a fôrma, mas ainda com o papel-manteiga) numa superfície úmida.

acabaram de sair do forno

Ingredientes (recheio)

100g de chocolate sem lactose/sem glúten (na receita original vai chocolate branco, caso você possa consumir leite, pode fazer com ele)
100g de creme de leite (sem lactose, de arroz ou de soja)
½ colher (café) de mel
4-5 gostas de essência de limão
Raspas de limão
Corante verde (bem clarinho)

Modo de fazer (recheio)

Faça o recheio um dia antes e deixe na geladeira por pelo menos 12h antes de rechear os macarons.

1) Derreta o chocolate em banho-maria;

2) Esquente o creme de leite com o mel;

3) Misture o creme de leite e mel com o chocolate aos poucos;

4) Adicione o corante, a essência e as raspas de limão;

5) Mexa bem e conserve em geladeira.

Recheie os macarons e os deixe na geladeira por 12h (deixe-os em uma fôrma, pote ou caixinha aberta, sem tampa. Apenas no dia seguinte você pode fechar a tampa e conserve seus macarons prontos sempre em geladeira durante o consumo).

Prontinho! São muitos passos, mas não é algo muito difícil, são apenas alguns detalhes que fazem a diferença no final. Uma vez que você faz, pega a prática e depois não para (impossível parar depois que você experimenta essa receita incrível!).

Esperamos que tenham gostado dessa delícia! E ainda temos de compartilhar com vocês a receita do macaron de amendoim, hmmmmmm, bom demais! 😉

Beijos, Letícia e Regina

Biscoito de cacau

IMG_6138b

Oi, genteee! A receita de hoje é simplesmente DELICIOSA! Esses dias, conversando com minha mãe sobre quais receitas deveríamos fazer para o blog, nos demos conta de que não há nenhuma receita de biscoito de chocolate/cacau. E, poxa, biscoito de chocolate é tudo de bom! Foi então que surgiu o nosso biscoito de cacau sem glúten, sem lactose, sem ovo, sem soja e com opção vegana. Ficou muito saboroso, com gostinho de chocolate, e confesso que comi e me veio à memória o sabor do biscoito Bono de chocolate. Hmmmmm, achei que o gosto é igual ao da Bono, só que sem o recheio. Sério, bom demais!!! Anotem essa receita que ficou show!

Ingredientes

2 xícaras de farinha de arroz (integral ou branca)IMG_6141b
½ xícara de cacau em pó
1 xícara de farinha de amêndoas
1 xícara de açúcar mascavo
1 “ovo” de linhaça (receita aqui)
1 colher (sobremesa) de fermento químico
2 colheres (sopa) de manteiga ghee (ou óleo de coco para veganos)
1 xícara de leite vegetal (usamos o de arroz, receita aqui)
1 colher (café) de canela em pó
1 colher (café) de extrato (ou essência) de baunilha

Modo de fazer

Em uma bacia, junte todos os ingredientes e misture muito bem, com as mãos, até obter uma massa homogênea. Molde os biscoitinhos como desejar e leve-os a assar em forno preaquecido a 200 ºC por cerca de 20 minutos. Deixe esfriar sobre uma grade culinária – se você não tiver, pode usar a grade do forno (frio, claro) ou um descanso de panela de inox vazado (tipo esse). Aí é só se deliciar!

Moleza de fazer, né gente? Basta misturar tudo, moldar os biscoitos e assar. Simples, rápido e prático! E o sabor é dos deuses!!! Fizemos um tantão de vezes já, melhor biscoito da vida, Bono perdeu esse disputa! hahahaha 😀

Esperamos que tenham gostado, até a próxima!

IMG_6139b

Beijos, Letícia e Regina

Chipas veganas

004b

Oi, gente! A receita de hoje é do tempo da Vovó: chipas veganas! Vocês sabem que é isso? Chipa é um “biscoito” tradicional da culinária paraguaia, semelhante ao pão de queijo, e em seu preparo vai polvilho, óleo vegetal ou azeite de oliva, queijo ralado, ovos e sal. As chipas são confeccionadas sempre em forma de “ferradura”. E ficam simplesmente divinassss! A receita original era do caderno de receitas da minha vó, mas a mãe da intolerante resolveu adaptar para o blog, numa versão sem glúten, sem leite e sem ovos, ficou sensacional!

Ingredientes

1 ½ xícara de batata (inglesa ou doce) – reserve a água do cozimento006b
5 colheres (sopa) de azeite de oliva
5 colheres (sopa) de água mineral
½ xícara de polvilho doce
1 xícara de polvilho azedo
2 colheres (sopa) de fubá
1 colher (café) de sal
1 colher (sopa) de chia (opcional)

Modo de fazer

Comece escaldando o fubá com o polvilho azedo da seguinte forma: coloque ambos em um recipiente e vá adicionando a água do cozimento da batata ainda quente (de 4 a 5 colheres de sopa) até que essa mistura adquira consistência de mingau. Em seguida, amassa as batatas cozidas e acrescente o restante dos ingredientes, mexendo bem até que vire uma massa bem homogênea. Faça formato de “ferradura” (formato de chipas) ou bolinhas (tipo pão de queijo) e leve a assar em forno preaquecido a 200 ºC por cerca de 25-30 minutos).
Dica: Você pode congelar! Para isso, basta moldar as chipas e levá-las, em uma fôrma, para o congelador. Depois que já estiverem endurecidas, é só colocar em saquinhos ou potes. Pode ficar congelada por até 3 meses.

É bem simples e prático de fazer e é algo bacana de ter no freezer para servir aos amigos ou para comer quando bater aquela vontade de pão de queijo. A criançada adora, é tudo de bom! 🙂

 Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

003b

Beijos, Letícia e Regina

Novidade: NatueBox

Oi, gente! Hoje o post é apenas para contar uma novidade, uma suuuuuper novidade!

imagem2

A Natue, que é parceira aqui do SOS Intolerante, está com uma promoção incrível na NatueBox. Recebi o e-mail com essa promoção e precisei compartilhar com vocês aqui no blog.

Mas, peraí, o que é a NatueBox?
É uma caixinha que você recebe mensalmente, com produtos muito bem selecionados pela equipe de nutricionistas da Natue. É uma equipe incrível que, inclusive, cria muitas receitas aqui para o nosso blog, como vocês têm acompanhado.

Essa caixinha é cheia de vantagens, olha só:imagem

-ótimo pra quem quer sair da rotina;
snacks saudáveis para comer durante o dia;
-novos produtos a cada mês;
-livrinhos de receitas práticas e saudáveis;
-cancelamento grátis;
-sem taxa de adesão;
-frete grátis.

E a promoção?

A Natue, junto com a Visa, está com uma promoção imperdível!
Somente nesse mês de Agosto, a primeira assinatura Natuebox feita com o cartão visa será de R$89,90 por apenas R$9,90, com frete incluso. Isso mesmo, você vai pagar somente R$9,90 pela sua primeira caixinha! Não é demais??? Essa promoção tá imperdível!

Os produtos que vêm na NatueBox são muito bacanas, como vocês podem ver na imagem do início do post. Alimentos selecionados e que podem ser consumidos por muitos intolerantes – e também por quem busca uma alimentação saudável. 🙂

No vídeo a seguir vocês poderão entender direitinho como funciona a NatueBox.

Corre que dá tempo de participar, a promoção vai até o final do mês de agosto! 😉

Esperamos que tenham gostado dessa dica!

Beijos, Letícia e Regina

Bisnaguinha doce

001b

Hoje tem pão no SOS Intolerante, ebaaaa! 🙂 E é pão sem glúten, sem lactose, sem ovo, sem soja e sem fermento biológico!!! Dessa vez saiu do forno um pão bisnaguinha doce. Ficou simplesmente deliciosa! Pra que comprar aquelas bisnaguinhas cheias de glúten, ovo e leite do mercado (chora, Seven Boys 😛 ) se você pode fazer a sua em casa e não passar mal depois? Rá, o SOS Intolerante vai te ensinar a fazer um pão bisnaguinha divino, anota aí!

Ingredientes

½ xícara de farinha de arroz

½ xícara de farinha de arroz integral005b

½ xícara de fécula de batata

½ xícara de amido de milho

1 ½ xícara de açúcar mascavo

1 pitada de sal

1 colher (café) de goma xantana

½ xícara de óleo + 1 colher (sopa) de manteiga ghee (que deixa bem cremoso) ou usar tudo de ghee

2 “ovos” de linhaça (receita aqui)

1 xícara de leite vegetal (usamos o de arroz, receita aqui)

1 colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer

Coloque todos os ingredientes, menos as farinhas, em uma bacia e misture bem. Vá acrescentando as farinhas aos poucos e misturando com as mãos até que a massa fique homogênea. Molde os pães em formato de bisnaguinha (ou outro que você preferir) e leve-os a assar em forno preaquecido a 200 ºC por 25-30 minutos.

Moleza de fazer, né gente? E fica muuuuuuito gostoso! Eu adoro pão doce, essa receita fez a minha alegria, já que eu nem me lembrava há quanto tempo não comia um pãozinho doce. As crianças piraram nessa bisnaguinha, boa demais!!! 🙂

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Almôndegas de frango

IMG_6158b

Oi, gente! A receita de hoje é tudo de bom, ela foi preparara pelo time de nutricionistas da Natue especialmente para o SOS Intolerante: almôndegas de frango com molho vermelho. Numa versão suuuupersaudável e sem glúten, sem lactose, sem ovo! Eu simplesmente AMEI! E é facílimo de preparar, não tem erro nem muitos passos, moleza! Aqui em casa, eu e meu marido temos o hábito de consumir bastante carne branca, como o frango, mas às vezes enjoa comer apenas frango grelhado ou desfiado. Essa receita de almôndega nos salvou. Fizemos no jantar de sábado e ficou maravilhoso! Para acompanhar, preparamos uma massa da Tivva (encontre aqui), que é sem glúten, sem ovo, vegana e só com ingredientes do bem. Ficou uma jantinha bem gostosa e sem pesar na consciência. 🙂 O pessoal da Natue mandou muito bem nessa receita, confiram!

IngredientesIMG_6160b

250 gramas de frango moído
2 colheres (sopa) de farelo de aveia sem glúten (usei a da Monama, encontre aqui)
Sal a gosto (usei o sal rosa)
Pimenta a gosto (opcional, usei a pimenta-branca)
Orégano a gosto (opcional)
5 tomates
½ cebola

Modo de preparo

O primeiro passo é moer o frango. Eu sempre opto por moer o frango em casa, e não comprar o frango “pronto” moído, acho que em casa fica bem limpinho e sem pele/gorduras. Eu moí o frango cru no processador, mas tem gente que tritura, aos poucos, no liquidificador mesmo (eu já fiz e dá certo). Em uma vasilha, amasse o frango moído com um garfo e acrescente os demais ingredientes (com exceção do tomate e da cebola). Misture tudo muito bem e faça pequenas bolinhas em formato de almôndegas. Leve-as a assar em uma fôrma untada por cerca de 30 minutos em forno a 180 ºC. Enquanto as almôndegas assam, é hora de fazer o molho. Basta refogar a cebola até ficar douradinha, adicionar os tomates picados sem semente e deixar amolecer. Quando o tomate estiver bem molinho, eu os esmago, na panela mesmo, com o martelo de bife (se você tiver um mixer, pode usar para triturar tudo). Eu gosto de deixar com pedacinhos, mas se você não gostar é só bater no liquidificador. Aí é só servir suas almôndegas com molho, prontinho!

Tudo de bom, né gente? Eu simplesmente AMEI o farelo de aveia da Monana, que incrível, já estou bolando várias receitinhas sensacionais para usá-lo, fiquem ligadinhos! 😉

IMG_6163b

A Natue mandou muito bem na receita, não é? Você encontra todos os ingredientes (e muitos outros) por lá. Sim, a loja é muito confiável e eu sempre faço compras no site. Inclusive, mês comprei SEIS pacotes de farinha de coco e duas caixas de biomassa porque estavam numa promoção incrível (quem nos segue no SnapChat conferiu em primeira mão as minhas comprinhas da Natue; segue a gente no Snapchat: sosintolerante). E já já tem mais, vou ter que dar um spoiler, porque a próxima receita é top: vai ter peixe! 😉 Não percam!!!

Beijos, Letícia e Regina

Torta de legumes e Coxinha

035b

Chegamos ao último post do 1 ano de aniversário do SOS Intolerante, foi uma semana repleta de gostosuras com ideias para festinha de intolerantes. Nós ficamos muito animadas pensando e repensando nessa festa, fizemos algo simples, no pouco tempo que tivemos devido à correria dos nossos trabalhos, mas saiu algo delicioso e cheio de amor! ❤ Esperamos muito que vocês tenham curtido essa festa! 🙂 Mas bora para as últimas receitas do dia: torta fria e coxinha!

042b

Opa, como assim, eu li torta fria? ISSO MESMO!!! E é sem glúten, sem leite, sem ovos! Rááááá, intolerantes em ação com as ideias mais bacanas! 😉 Ficou simplesmente sensacional!!! Eu estou com restrição ao fermento biológico e mais muuuuitos outros alimentos, porém posso escolher um desses alimentos para consumir no máximo uma vez por semana, e esse foi o dia escolhido, com toda certeza! Comi só um pedacinho, infelizmente não posso comer como eu gostaria, mas deu para matar a vontade de torta fria. Gente, sério, fica igualzinha à original. E essa maionese foi descoberta do meu irmão, ela é vegana e idêntica à maionese comum. Vejam a receita com todas as dicas!

Ingredientes Torta Fria

1 a 2 pacotes de pão (usamos o pão branco de fôrma da Schär, que é sem glúten, sem leite e sem ovos)1

2 potes de maionese vegana (nós usamos a maionese vegana Vegetale, esta AQUI, encontramos em supermercados aqui da nossa cidade, é muito gostosa, mas você pode usar a receita caseira que ensinamos AQUI)

2 cenouras raladas

1 xícara de ervilhas

300g de frango desfiado e refogado

1/3 xícara de leite de arroz (apenas para umedecer o pão)

Modo de fazer Torta Fria

Comece tirando a casca do seu pão e fazendo uma camada dele no refratário em que irá servir. Umedeça essa camada com leite de arroz para que a torta fique bem molhadinha, cobra com a maionese vegana e monte o recheio a seu gosto. Fizemos assim, de baixo para cima: pão, cenoura ralada, pão, frango, pão, ervilha, pão, cenoura, pão, frango, pão. Lembrando que a cada camada de pão nós a umedecíamos com leite de arroz e passávamos maionese. Por cima, finalizamos com maionese sobre toda a torta fria e decoramos com tomate, ervilha e salsinha.

Suuuuperfácil de fazer e fica show de bola! A galera amou e se deliciou! 🙂

E agora a nossa estrela da festa: COXINHA!

045b

Sem glúten, sem lactose e sem ovo, ela brilhou absoluta. Até os paladares mais chatos para “comidas de intolerante” simplesmente amaram essa coxinha. Essa receita já apareceu aqui, mas vou colocar novamente para quem perdeu. Ela é muito gostosa, dá um trabalho ficar moldando as coxinhas, mas vale muuuuuuuuito a pena!

Ingredientes (massa)

½ litro caldo do frango que você vai usar para o recheio (não é caldo pronto)

1 colher de sopa margarina sem lactose ou ghee

Sal a gosto

250g de batatas cozidas e amassadas

230 g de farinha de arroz

Temperos a gosto

Modo de fazer (massa)

Numa panela coloque o caldo do cozimento do frango, a margarina sem lactose ou ghee, o sal, as batatas amassadas e temperos a gosto; leve ao fogo e deixe ferver. Aos poucos vá acrescentando a farinha de arroz, sempre mexendo até desgrudar da panela. Coloque num refratário e deixe esfriar. Quando já fria, comece a sovar a massa (se necessário, adicione um pouquinho mais de farinha de arroz). Agora é hora de moldar suas coxinhas: abra um punhado da massa na palma da mão, fazendo um círculo. Coloque um pouco do recheio no centro da massa, feche e modele na forma de coxinha (molhe as mãos com água, não grudará e facilitará para moldar). Depois, passe as coxinhas na farinha de rosca sem glúten ou pelo fubá. Você pode congelar, assar ou fritar as suas coxinhas.

Ingredientes (recheio)

200 g frango (usamos apenas o filé de peito)coxinha 011b

1 litro de água para cozinhar

Sal a gosto

Azeite a gosto para refogar

1 cebola picada

1 tomate sem pele e sem sementes

1 caldo de frango sem glúten

1 colher (sopa) de tempero verde

Modo de fazer (recheio)

Cozinhe o frango com sal e o desfie. Reserve ½ litro do caldo do cozimento desse frango para usar na massa. Numa panela refogue a cebola, o tomate, o tempero verde e o caldo de frango.

Redimento: 15 coxinhas médias.

Bom demais, né gente? Confiram o vídeo com o passo a passo dessa receita:

Tudo de bom, né gente? Infelizmente nossa semana de aniversário do blog chegou ao fim, mas gostaríamos mais uma vez de agradecer o carinho de todos vocês nesse 1 ano conosco! É por todos os intolerantes esfomeados nesse Brasil que fazemos o SOS Intolerante, é como eu sempre digo: Intolerantes unidos jamais passarão fome! 😀 hahaha

Beijos, Letícia e Regina

Docinhos de copinho (beijinho e brigadeiro)

Hoje é dia do quê? De mais post para o especial de 1 ano do SOS Intolerante! Ebaaaaaa! 🙂

035b

E para hoje temos duas receitas divônicas e que fizeram o maior sucesso na festa do blog: beijinho e brigadeiro de copinho. Ficaram liiiiindos demais! E tão, mas tão deliciosos, que eu congelei para não comer tudo, porém comia congelado mesmo porque não conseguia resistir! hahahahaha 😀  Aliás, fica a dica, ele não congela inteiramente, fica apenas beeem consistente, geladinho, uma delícia! Todos esses docinhos são sem glúten, sem lactose, sem soja e veganos. A parte triste é: nós não lembramos de tirar fotos dos docinhos separadamente, temos apenas essas fotos deles na mesa. 😦 Mas não poderíamos deixar de compartilhar com vocês, mesmo com essa foto ruinzinha, porque ficaram bons demais. Mas vamos logo às receitas!

docinhos

Ingredientes Beijinho

1/2 litro de leite de coco

1/2 litro de leite de arroz (usamos o sabor coco da RisoVita, mas você pode usar leite de arroz natural – tem receita AQUI – ou até mesmo água)

8 colheres (sopa) de coco ralado

6 colheres (sopa) de açúcar demerara

1 colher (sopa) de óleo de coco (ou manteiga ghee)

Ingredientes Brigadeiro

1 litro de leite de arroz

3 colheres (sopa) de cacau em pó

1 caixa de creme de leite de arroz (é opcional, colocamos para ficar mais cremoso, já que seria servido em copinhos – usamos o da IsolaBio)

5 colheres (sopa) de açúcar demerara

2 colheres (sopa) de óleo de coco, creme vegetal ou manteiga ghee

Modo de fazer – para ambos os docinhos

Em uma panela média a grande, leve todos os ingredientes a fogo baixo e deixe cozinhar, mexendo sempre, por uns 40 minutos. O processo é muito simples, porém lento, demora até dar o ponto necessário. Você vai ver que o leite vai reduzir bastante, mais que a metade. Aí é só colocar nos copinhos e servir.

Rendimento: 10 copinhos de beijinho e 10 de brigadeiro.

Apesar de demorar, vale muito a pena fazer. Se você quiser enrolar, aí tem que deixar cozinhar ainda mais tempo. Quando faço com manteiga ghee (numa versão não vegana) e sem o creme de leite, acho que o brigadeiro fica muuuito parecido com o original. É uma das coisas que não parece ser de intolerante. Não sei se é porque faz 3 anos que não como brigadeiro, mas eu comi jurando que era brigadeiro normal, bom demais! hahahaha Chamem a família para ajudar a mexer a panela e bora experimentar esses doces maravilhosos, genteee! 😀

Fiquem de olho que amanhã ainda tem mais receita, e serão duas, hein! Não podem perder!!!

054b

Beijos, Letícia e Regina