Torta salgada de frango

IMG_2411b

Oi, genteee! No último sábado a mãe da intolerante inventou essa Torta salgada de frango e vocês pediram muito no instagram (segue a gente por lá, somos @sosintolerante) que viemos correndo compartilhar a receita por aqui. Essa delícia é sem glúten, sem lactose, sem ovo e a massa ainda é vegana, então você pode substituir o frango por outro recheio e deixar a receita 100% vegan. 😉

Ingredientes

1 colher (sopa) de farinha de grão-de-bico
IMG_2417b1 colher (sopa) de fécula de batata
1 colher (sopa) de polvilho doce
2 xícaras de farinha de arroz
1 xícara de batata-doce cozida e amassada
2 xícaras de água
½ xícara de óleo vegetal
2 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha – receita aqui)
Pitada de sal (cerca de 1 colher de chá)
1 colher (sopa) de fermento químico

Recheio: ½ kg de filé de peito de frango (cozido e desfiado) refogado com 1 tomate sem pele e sem casca, 1 cebola grande, sal, salsinha, cebolinha e alho-poró a gosto. Acrescente, a gosto também, extrato de tomate para dar uma encorpada. Leve ao fogo baixo em uma panela até secar um pouco e engrossar o molho.

Modo de fazer

Junte todos os ingredientes no liquidificador (exceto o fermento) e bata bem até obter uma massa homogênea. Depois, acrescente o fermento e bata apenas para incorporá-lo à massa. Espalhe metade da massa em um refratário (que deve estar untado e enfarinhado), coloque o recheio e finalize com o restante da massa. Leve a assar em forno preaquecido a 180 ºC por cerca de 20-30 minutos (até dourar).

IMG_2412b

Moleza de fazer, né gente? E fica deliciosaaaaaaaa! A torta foi 100% aprovada por aqui. Vocês precisam testar essa gostosura!

Esperamos que tenham gostado e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Anúncios

Panini

IMG_2202b

Receita prática, rápida e deliciosa no ar: Panini! Sem glúten, sem lactose, sem ovo e vegan, essa maravilhosidade vai salvar seus lanchinhos. Fica saboroso demais, parece um pãozinho de queijo crocante, macio por dentro, é sem igual!!! Confiram a receita! 😉

IngredientesIMG_2203b

2 xícaras de batata-doce cozida e amassada
2 xícaras de polvilho doce
1 colher (chá) de sal
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
3 colheres (sopa) de água mineral

Modo de fazer

Junte todos os ingredientes em um bowl e misture bem, até obter uma massa homogênea. Com um rolo, abra a massa entre plásticos (só abrir um saquinho desses para congelar e abrir a massa entre o plástico; isso vai evitar que ela fique quebradiça e mais ressecada) e corte o formato que desejar (usamos um cortador quadrado). Disponha em uma fôrma untada, polvilhe orégano ou outros temperos sobre os paninis e leve-os a assar em forno preaquecido a 180 °C por cerca de 30 minutos.

Moleza de fazer, né gente? Fica muuuuuito bom! Comemos tudo na mesma hora – e olha que a receita rende bem, hein! 😀 Façam, vocês não vão se arrepender. No dia seguinte, é bacana esquentá-lo na sanduicheira ou torradeira, assim volta a ficar com a casquinha crocante.

IMG_2201b

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Pastel de batata-doce com carne

126b

Oieee! Receita deliciosa e fácil de fazer: pastel!!! Já temos outras receitas de pastel aqui, como esse fritoesse assado e esse doce, mas dessa vez a massa tem base de batata-doce e fubá, leva pouquíssimos ingredientes e você pode assar ou fritar. A base dessa receita vimos no instagram da Amanda, nós alteramos algumas coisas e ficou essa gostosura. Confere que coisa mais moleza desse mundo!

Ingredientes

1 xícara de batata-doce cozida e amassada
2 colheres (sopa) de farinha de linhaça (usamos a dourada)
4 colheres (sopa) de fubá fino
1 colher (sopa) de manteiga ghee vegana (usamos a Veghee, da Natural Science, mas você pode usar a manteiga ghee convencional)
½ colher (chá) de fermento químico
Sal a gosto

Modo de fazer

Em um bowl, junte todos os ingredientes até obter uma massa homogênea e moldável. Abre um tanto de massa na palma da mão, num formato arredondado, recheie e feche as bordas em formato de pastel. Disponha em uma fôrma untada e leve a assar em forno a 200 ºC por cerca de 15-20 minutos. Também já fizemos na air fryer e fica delicioso: programei 180 ºC por cerca de 20 minutos.

127b

Você também pode congelar os pastéis antes de assar. É só colocar numa fôrma ou tabuleiro e levar ao freezer até endurecer bem. Depois pode colocar em potinhos ou saquinhos de congelar e guardar por até 3 meses. Eu tiro do freezer e já coloco direto na air fryer, nem espero descongelar, muuuuito prático. 😉

Esperemos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Torta de brigadeiro com banana

IMG_1732b

Oi, gente! Hoje vamos compartilhar com vocês apenas a melhor sobremesa da vida: Torta de brigadeiro com banana! Sim, essa é a torta mais deliciosa do mundooooo! Você vai jurar que ela tem glúten, leite, ovos. Fica simplesmente sensacional! A massa é muito parecida com a comum e o recheio, então, nem se fala! Foi 100% aprovada por TODOS! Até meu irmão, que não curte preparações sem glúten, amou tanto essa torta que repetiu o prato e disse que foi a melhor que ele já comeu. Então bora djááááá preparar essa delícia sem glúten, lactose e ovos para a sobremesa do final de semana! Ah, e se você quiser torná-la vegana, basta substituir a manteiga ghee por creme vegetal ou veghee (nunca testamos com óleo, não sabemos se dá liga na massa). 😉

Ingredientes (massa)

2 xícaras de biscoito de amendoim triturado no liquidificador você pode usar qualquer biscoito de sua preferência – receita do biscoito de amendoim aqui)
2 colheres (sopa) de manteiga ghee
1 xícara de farinha de amendoim
1 e ½ colher (sopa) de açúcar mascavo
½ colher (café) de fermento químico
3 colheres (sopa) de água

Modo de fazer (massa)

O primeiro passo, como já descrito nos ingredientes, é liquidificar bem os biscoitos até eles virarem uma farinha. Em seguida, basta misturar todos os ingredientes em um bowl e mexer com as mãos até obter uma massa homogênea. Forre o fundo e as laterais de uma fôrma de fundo removível (a nossa tem 26 cm de diâmetro) com a massa (faça furinhos com o garfo para não estufar na hora de assar) e leve a assar em forno preaquecido a 180 ºC por cerca de 20-30 minutos. Espere esfriar.

IMG_1733b

Recheio

  • Primeira parte:

1 lata de leite condensado de soja
2 colheres (sopa) de achocolatado em pó sem leite (usamos o 50% da Nestlé, Dois Frades)

Faça um brigadeiro comum. Basta juntar esses dois ingredientes em uma panela e levar ao fogo baixo, mexendo sempre, até obter consistência de brigadeiro. Reserve.

* Se você não puder consumir soja, faça um brigadeiro a partir do leite vegetal, já ensinamos AQUI.

  • Segunda parte:

½ xícara de açúcar demerara
4 bananas caturras (cortadas em rodelinhas)
½ xícara de água
1 colher (café) canela em pó

Caramele o açúcar em uma panela. Quando já estiver caramelizado, adicione a água e deixe ferver até desmanchar todo o açúcar. Então, coloque as bananas cortadas em rodelas e a canela e deixe cozinhar até que absorvam o líquido e este fique mais grosso e consistente.

Montagem

Após a massa assada e fria, comece a montar sua torta. Para isso, basta recheá-la com o brigadeiro e decorar com as rodelas de banana caramelizadas. Leve à geladeira por pelo menos 6 horas e sirva gelada.

 

IMG_1741b

Prontinho!!! Parece complicado de fazer, mas não é não! Quis deixar o passo a passo bem explicadinho para ficar bem claro para todos, mas é basicamente fazer a massa da torta, rechear com o brigadeiro e com as rodelinhas de banana caramelizadas. Moleza!!! 🙂

Essa torta pode ser congelada, mas após descongelar deve-se consumir logo, se não a banana fica esquisita. Confesso que comi congelada mesmo porque ficou DELICIOSA assim. Não fica dura, o brigadeiro continua mais mole e fica perfeito e geladinho para comer, bom demais. Fica a dica de uma sobremesa incrível para se refrescar no verão 😉

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Pãozinho recheado com chocolate

IMG_1128b

Receita pura gostosura no ar: pãozinho recheado com chocolate!!! Muitamô e deliciosidade sem glúten, leite, ovos e vegan. ❤ A gente chamou de “pão”, mas não tem fermento biológico, na verdade é uma massinha, mais consistente/durinha, como se fosse uma massinha de empadão ou biscoito, sabe? O nome ficou “pão” só pelo formato mesmo. Zero criatividade em nome, sim… kkk 😛 Mas o importante é que a receita ficou boa demais, então bora prepará-la!

Ingredientes

1 “ovo” de linhaça (substituto do ovo de galinha – receita aqui)IMG_1141b
1 xícara de leite de arroz (receita aqui)
3 colheres (sopa) de óleo de girassol
1 xícara de polvilho doce
½ xícara de farinha de amêndoas
3 xícaras de farinha de arroz
1 colher (sopa) de fermento químico
1 colher (chá) de bicarbonato
Cerca de 100 g de chocolate sem glúten/leite em pedaços (usamos o amargo da marca Harald/Melken)

Modo de fazer

Junte todos os ingredientes (exceto o chocolate) em um bowl, com as mãos, misture muito bem até obter uma massa homogênea. Pegue pequenas porções, abra na mão e recheie com um pedaço de chocolate; molde no formato de bisnaguinha (ou como preferir), disponha em uma fôrma forrada com papel-manteiga, untada e enfarinhada com farinha de arroz e leve a assar em forno a 200 ºC (que já deve estar preaquecido) por cerca de 25-30 minutos. Depois de assados, fizemos alguns risquinhos com chocolate derretido sobre os pãezinhos, apenas para “enfeitar”.

IMG_1138b

Uma dica é comê-lo quentinho, porque assim o chocolate do recheio fica bem derretido. Sempre que íamos comer esquentávamos alguns segundinhos no micro-ondas, recomendo, fica perfeito. 😉

IMG_1139b

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

 

Muffin de legumes

IMG_1064b

Vamos começar a semana com tudo? Então bora preparar esse Muffin de legumes delicioso e muito saudável. Ah, e claro, sem glúten, leite, ovos e vegano! ❤ É uma ideia muito bacana de preparar para o almoço ou até mesmo para comer de lanche, já que é muito prático, só colocar num potinho e levar pra lá e pra cá, perfeito para um lanchinho. 😉

IngredientesIMG_1074b

2 “ovos” de linhaça (substitutos do ovo de galinha – receita aqui)
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 xícara de farinha de amaranto
½ xícara de aveia sem glúten (usamos a linha Suply da marca Jasmine)
1 xícara de leite de arroz (receita aqui)
1 colher (sopa) de fermento químico
1 colher (chá) de sal
1 xícara de cenoura ralada
2 xícaras de abobrinha em cubinhos
Temperos a gosto (usamos salsinha, cebolinha, alho-poró e cebola)

Modo de fazer

Comece refogando a cebola e o alho-poró. Acrescente a abobrinha, deixe cozinhar por uns minutinhos e adicione a cenoura ralada. Cozinhe até os legumes estarem macios. Reserve.

Em um recipiente, coloque o ovo de linhaça, o leite de arroz, o azeite de oliva e mexa bem. Em seguida, acrescente as farinhas e os legumes refogados. Mexa até obter uma massa homogênea. Por último, adicione o fermento químico. Coloque em forminhas de muffin/cupcake e leve a assar em forno a 200 ºC (que já deve estar preaquecido) por cerca de 20-25 minutos.

IMG_1077b

Peeeeeensa num muffin salgado delícia!!! Ele fica com a casquinha “crocantinha” e bem fofinho e molhadinho por dentro, bom demais! É uma boa ideia para quem que comer legumes de forma diferente, principalmente nesse frio do inverno, que dá zero vontade de comer salada gelada. Fica a dica aí para vocês 😉

IMG_1073b

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Rissoles de carne

061b

Oi, gente! Bora começar a semana com uma receita maravideusa: rissoles de carne! Isso mesmo, festa que é festa precisa de salgadinho, e os intolerantes também merecem uma festa compleeeeta, com tudo que temos direito! Esses rissoles são sem glúten, sem lactose, sem ovo e sem soja. Além disso, são assados, deliciosamente crocantes e saudáveis. 🙂

Ingredientes

½ litro de caldo de carne (retirado do cozimento da carne)065b
½ colher (sopa) de manteiga ghee
250 g de inhame cozido e amassado (você deve pesar a quantidade depois de cozinhar e amassar)
225 g de farinha de arroz

Fubá fino para empanar (ou farinha de linhaça dourada)

*Não adicionamos sal à massa porque o caldo de carne já estava salgado. Além disso, o recheio também já continha sal. Mas, se você quiser, pode adicionar mais sal a gosto.

Modo de fazer

Em uma panela, junte o caldo de carne, a manteiga ghe e o inhame e deixe ferver essa mistura. Após ferver, adicione a farinha de arroz aos poucos, mexendo sempre até desgrudar do fundo da panela. Desligue o fogo e deixe esfriar bem para conseguir modelar seus rissoles. Abra a massa entre plásticos (evita quebrar) com um rolo de macarrão. Usamos um pires redondo para cortar e medir o tamanho (assim todos os rissoles ficam iguais), recheamos com uma porção de carne, fechamos no meio e apertamos bem as pontas, para não abrir (veja esse passo a passo no vídeo a seguir). Passamos cada rissole no fubá fino (caso não esteja grudando, umedeça o rissole com um pouco de água) e levamos a assar em forma forrada com papel-manteiga e untada (para garantir bem que não vá grudar nadinha) em forno preaquecido a 180 ˚C por cerca de 20-30 min.

Recheio: cerca de 200 g de carne moída, que refogamos com 1 cebola, 1 tomate; temperamos com salsinha, cebolinha, pimenta moída e sal a gosto. Enquanto estiver cozinhando, retire 1/2 litro da água do cozimento dessa carne. Depois de retirar o caldo da carne, deixe secar bem. Reserve.

Rendimento: 20 rissoles

No vídeo a seguir vocês podem conferir a receita completa e o passo a passo detalhado:

Fica bom demais, genteeee! Nós optamos por assar, mas você pode fritar ou utilizar a air fryer, também funciona e fica ótimo.

058b

Se quiser congelá-los, faça com os rissoles crus; depois é só descongelar e assar/fritar. Duram cerca de 3 meses congelados.

E para a festa completa, temos mais outras receitas de salgadinhos (só clicar em cada um para conferir as receitas):
Coxinha
Pastel frito de carne
Pastel assado de frango 
Rissoles de fubá/angu
Quibe frito
Empadinha de frango

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Pão tipo Sírio – Flatbread

067b

Oiii, gente! Receita nova e superbacana no ar: pãozinho tipo Sírio/Árabe, o famoso flatbread dos gringos, só que numa versão sem glúten, leite, ovos, soja e fermento biológico!!! 100% própria para os intolerantes, uebaaaa! 🙂 Além disso, é vegano e muuuuuito saudável. Leva pouquíssimos ingredientes e é fácil demais de fazer. Confere só:

Ingredientes 069b

2 xícaras de farinha de aveia sem glúten*
1 e ½ xícaras de leite vegetal (usamos leite de arroz – receita aqui)
Sal a gosto (usamos 1 colher de chá, ficou bem suave)
1 colher (chá) cheia de fermento químico

Modo de fazer

Em um bowl, junte todos os ingredientes e misture bem até obter uma massa homogênea. Espalhe em uma frigideira untada e leve a cozinhar em fogo baixo até dourar dos dois lados.

*Se você não encontrar farinha de aveia sem glúten, basta triturar no liquidificador a aveia sem glúten até que ela vire farinha. 😉

Gravamos essa receita em vídeo mostrando o passo a passo detalhado:

Essa receita rende 4 pães tipo Sírio.

Você pode armazenar em geladeira por até 5 dias ou congelar (eu congelei em saquinhos plásticos próprios para freezer); na hora de consumir basta aquecer seu pãozinho em uma frigideira que ele volta a ficar delicioso, macio e fofinho como novo.

071b

E, claro, se você puder consumir glúten, pode fazer com aveia comum. Seu pão Sírio, além de muuuuito prático, vai ficar super baratinho. Fica a dica, hein! 🙂

Esperamos que tenham gostado de mais essa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina

Crepe francês

img_8960b

Bom dia, intolerantes queridos! Hoje tem uma receita especialíssima no blog: Crepe Francês! Isso mesmo, esse crepe maravideuso numa versão sem glúten, lactose, ovo, soja e vegano! 😀 Peeeensa numa receita boa, minha gente! É muito simples de fazer, não tem erro. Nossa versão é do crepe doce e, quanto ao recheio, nós demos a sugestão de pasta de amendoim de “chocolate branco” (no final do post explicamos sobre ela) e pasta de amendoim com chocolate, paçoca esfarelada e finalizamos com chocolate. Tem como não amar??? ❤ hahahaha Mas o recheio fica a seu gosto, pode ser morango com chocolate, só de frutas, de geleia, coco ralado, como você preferir.

Ingredientesimg_8957b

4 xícaras de leite de coco caseiro (receita aqui)
1 “ovo” de linhaça (substituto do ovo de galinha – receita aqui)
2 xícaras bem cheias de farinha de arroz
1 colher (sopa) de amido de milho
1 colher (sopa) de povlilho doce
1 colher (chá) de fermento químico
1 pitadinha de sal
1 colher (sopa) de óleo de girassol
1/2 xícara de açúcar demerara

img_8948b* Dividimos a massa em duas e, em uma metade, acrescentamos 2 colheres (sopa) de cacau em pó. Assim temos também uma massa de “chocolate”.

Modo de fazer

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata bem, até que a massa esteja homogênea. Leve a cozinhar em uma panquequeira ou frigideira. Se sua frigideira não for muito boa na antiaderência, unte-a para que o crepe não grupe. Asse bem dos dois lados, como se faz com panqueca.

Para o recheio, nos crepes de chocolate usamos pasta de amendoim de chocolate branco (sem glúten, lactose, ovo, soja, vegan), paçoca esfarelada e decoramos com chocolate sem glúten/lactose. Para a massa branca, recheamos com pasta de amendoim integral (receita aqui) que foi mistura com chocolate derretido (a gosto), uma paçoca esfarelada e chocolate para decorar. (O processo do recheio foi todo mostrado no vídeo.)

Rendimento: 13 crepes

img_8949b

Confiram no vídeo o passo a passo de como preparar essa delícia:

A pasta de amendoim de chocolate branco não vende no Brasil (infelizmente), mas é maravideusa, sem nadica de glúten, lactose, ovo, soja e ainda é vegana. Se você tiver interesse, pode utilizar os serviços do Envio4Brasil, como expliquei NESTE POST. 😉 Vale a pena, tanto essa de chocolate branco como a de chocolate amargo, que também é deliciosa. Simplesmente as melhores pastas que já comi na vida. Além de serem próprias para as minhas intolerância, ainda tem uma pegada mais natural e é adoçada, por exemplo, com melado. Pra mim é perfeito, porque existem muitas pastas de amendoim bacanas e saudáveis, mas que utilizam adoçantes e eu não posso consumir nenhum tipo de adoçante.

img_8953b

Esperamos que tenham gostado muito dessa receita! Ela está entre as nossas queridinhas, ficou simplesmente idêntica à receita original, sabor indescritível, boa demais!!! Sem palavras para essa maravilhosidade! ❤

Beijos, Letícia e Regina

Enroladinho de frango

022b

Oi, gente! Hoje tem uma receita bem diferente e saborosa no blog: enroladinho de frango! Hmmm, só de lembrar já dá água na boca. Fizemos uma massinha muito saborosa, sem glúten, lactose, ovo e soja, e recheamos com frango e queijo vegano. E nada de fritura, levamos para o forno e assamos essa delícia. Ficou muito gostoso e é uma ótima ideia para servir de aperitivo, como entrada em festas ou até para comer em casa mesmo! 😀 Confiram só!

Ingredientes024b

1 ½ xícaras de farinha de arroz
½ xícara de polvilho doce
½ xícara de fécula de batata
½ xícara de farinha de grão-de-bico
1 “ovo” de linhaça (substituto do ovo de galinha – receita aqui)
1 colher (chá) de sal
3 colheres (sopa) de óleo vegetal
1 colher (sopa) de fermento químico
1 ½ xícaras de leite de arroz (receita aqui)

Modo de fazer

Numa tigela, misture todos os ingredientes muito bem, com as mãos, até obter uma massa homogênea. Abra a massa com auxílio do rolo até uma espessura de cerca de 2 cm. Coloque o recheio e enrole (como se fosse rocambole). Corte pedaços na espessura de 2 dedos e disponha em uma fôrma untada. Leve a assar em forno a 200 ºC por 30 minutos. Em vez de assar, você pode congelar. Para isso, basta dispor em uma fôrma e levar ao congelador até endurecer bem. Depois pode colocar em saquinhos próprios para alimentos e assar quando quiser. Nós congelamos metade e fomos assando aos poucos, fica gostoso igual feito na hora.

Recheio: ½ kg de filé de peito de frango (cozido e desfiado) refogado com 1 tomate sem pele e sem casca, 1 cebola grande, sal, salsinha e cebolinha a gosto. Acrescente, a gosto também, extrato de tomate para dar uma encorpada. Leve ao fogo baixo em uma panela e deixe secar bem o líquido, o recheio deve ficar bem sequinho para não ficar escorrendo do enroladinho. Fica como recheio de empadinha, sabe?

No vídeo a seguir demonstramos todo o passo a passo da receita com mais detalhes:

Muito bacana, né gente? Uma opção fácil e bem diferente para um aperitivo ou lanchinho. Para o recheio, nós optamos por frango refogado, mas você pode rechear como preferir e com base no seu paladar. 😉

028b

Esperamos que tenham gostado dessa receita e até a próxima!

Beijos, Letícia e Regina